Publicidade

Estudo Bíblico: Desastres naturais e a Bíblia

Estudo Bíblico: Desastres naturais e a Bíblia

Por que existem furacões, terremotos, tsunamis, tornados, inundações, doenças, COVID-19, pandemia etc. em todo o mundo? Por que tanto sofrimento?

Este é um argumento fundamental levantado pelo ateu: Se Deus é bom e amoroso, por que ele cria ou permite o mal e o sofrimento no mundo?

Devemos estar prontos para dar uma resposta (apologética) pela esperança dentro de nós (1 Pedro 3:15)

E quanto ao sofrimento resultante de forças físicas e naturais? O livre arbítrio pode explicar a presença do mal moral (sofrimento) no mundo, mas como explicamos o sofrimento que vem dos desastres naturais?

Todos os males físicos naturais (sofrimento) são, em última análise, a consequência do pecado (uma decisão de livre arbítrio de Adão e Eva): o pecado distorceu o mundo físico natural

Por que desastres naturais?

Primeiro, há a regularidade da lei natural sem a qual haveria caos (Gênesis 1: 1; 8:22)

Em segundo lugar, existe a liberdade da vontade do homem (Gn 2-3)

Terceiro, existe o princípio da dor que leva ao bem (Jó 23:10; Jo. 9: 3)

Quarto, existe o princípio da interdependência da vida (Êxodo 20: 5)

Sofrimento Físico e Humanidade

Algum sofrimento físico chega a nós direta ou indiretamente por nossas próprias escolhas

Algum sofrimento físico chega a nós direta ou indiretamente por causa das escolhas livres de outros

Algum sofrimento físico chega a nós como subproduto de outras boas atividades

Desastres naturais e nossa terra

No início, toda a criação era boa (Gênesis 1:31; Tia. 1:17)

A terra foi amaldiçoada após o pecado (Gênesis 3:17; Rom. 8: 19-20); o pecado foi punido com um dilúvio que, por sua vez, alterou a terra (Gênesis 6-7; 2 Pedro 3: 6)

Os desastres naturais podem ter começado após o dilúvio devido às mudanças de clima / temperatura / superfície da terra (Gênesis 7:11; Salmos 104: 6-10)

Desastres naturais e nosso planeta

Deus criou uma terra para ser habitada

Primeiro, Deus criou uma terra governada por leis naturais (gravidade, inércia, etc.); as mesmas leis naturais governam as condições geológicas / meteorológicas

Em segundo lugar, os desastres naturais podem ser um subproduto de algo que é bom (chuva [inundação, afogamento] ou quente / frio [tornados], fogo [queimando], terra [vulcões]); fenômeno natural pode ter subprodutos que são bons (relâmpagos, vulcões)

Terceiro, as leis naturais são invioláveis ​​e não seletivas: todos devem obedecê-las ou sofrer as consequências (Lucas 13: 5)

Quarto, as leis naturais não são arbitrariamente suspensas por Deus porque isso levaria a (1) a ruptura da regularidade da lei natural e (2) a remoção da responsabilidade da escolha do livre-arbítrio humano

Desastres naturais, incluindo terremotos e vulcões, podem ter um efeito positivo na Terra

Algumas pessoas ignoram os avisos da natureza e são prejudicadas por desastres naturais

Alguns "atos de Deus" como inundações e incêndios florestais são realmente "atos do homem"

Deus controla os elementos da natureza (Deuteronômio 11:17; Jó 9: 5-6; 37: 11-14; 38: 34-38; Salmos 42: 7; 89: 8-9; 107: 25-26; 148: 8; Isa. 50: 2; Zac. 10: 1; Mt. 5:45; At. 14:17)

Deus sustenta os elementos da natureza (Colossenses 1:17; Hebreus 1: 3)

Deus se preocupa com seu mundo natural (Lucas 12: 6-7)

Desastres naturais e castigos

Muitos, como Pat Robertson, ficam em apuros quando continuam gravados dizendo que um desastre específico é uma punição específica de Deus por um pecado específico

É verdade que desastres naturais têm sido usados ​​nos tempos bíblicos como punição pelo pecado (Mt 24: 7; Ap 6,8-9,16)

Desastres “naturais” milagrosos foram usados ​​por Deus como punição (Gên. 19; Ex. 7-11; Nm. 16; 1 K. 17; Jonas 1)

Muitos desastres naturais hoje podem ser a atividade direta de Deus em punir um povo (Jó 37:13; Tia. 5:17; Amós 4: 7-8), ou podem ser obra de Satanás (Jó 1: 13-19 )

Visto que não temos profetas inspirados para interpretar os desastres naturais de hoje como obra de Deus ou de Satanás, devemos ter cuidado ao atribuir esses desastres a eles como formas de punição; podemos dizer talvez , mas nada mais

Desastres Naturais e Humanidade

Temos a oportunidade de ajudar os outros (Pv 19:17; 21:13; 28:27)

Temos a oportunidade de nos voltar para Deus e nos tornar uma pessoa melhor (Jó 23:10)

Somos lembrados da fragilidade e brevidade da vida, e que este mundo não é nossa casa; não haverá sofrimento devido a desastres naturais no céu (Heb. 11: 13-16; Tia. 4:14; Ap. 21: 3-4)

Estudo Bíblico: Desastres naturais e a Bíblia


Deus, desastres naturais e sofrimento

Aqueles que sugerem que Deus não criou o melhor mundo possível precisam nos dizer como melhorariam o mundo que temos. Deixe que eles nos digam!

Precisamos lembrar que o conhecimento do homem é limitado (Isa. 55: 8-9; Prov. 14:12; Rom. 11: 33-36)

Precisamos lembrar que a concepção do homem sobre o que é "bom" é muitas vezes errada

Deus nos dá o melhor mundo possível para viver


Fonte: 1


Versões Bíblicas consultadas ou citadas: Almeida Revista e Atuzalizada ARA-SBB, Almeida Revista e Corrigida ARC-SBB, Bíblia Livre (BLIVRE), Tradução livre do Inglês e outras citadas no texto.



👉 Cursos Indicados:




Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe

Autor
Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Boas Novas - FATEP.


0 comentários:
 

Pesquisar
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Didaske - Estudos Bíblicos OnLine

1 e 2 Reis 1 e 2 Crônicas 1 e 2 Pedro 1 e 2 Samuel 2 Timóteo Atos Daniel Eclesiastes Efésios Esdras Êxodo Filipenses Gênesis Hebreus Isaías Jeremias Jó João Jonas Josué Lucas Malaquias Mateus Números Provérbios Salmos Sofonias Zacarias