21 temas para pregar na igreja sobre milagres de Jesus

21 temas para pregar na igreja sobre milagres de Jesus


1. O Leproso curado (Mateus 8: 2-4)
2. Servo do capitão do exército romano, paralisado - gentio curado (Mateus 8: 5-13)
3. Jesus também cura febre alta (Mateus 8: 14-15)
4. Pessoas possuídas por demônios - demônios fugiram; doente curado (Mateus 8:16)
5. Demônios afogados (Mateus 8: 28-32)6. Menino paralisado - pulou, curou (Mateus 9: 2-7)
7. Ressurreição (Mateus 9: 18-26)
8. Dois cegos - a visão voltou (Mateus 9: 27-31)
9. Endemoninhado volta a falar (Mateus 9: 32-33)
10. Alimentando 5000. (Mateus 14: 14-21)
11. Caminhando sobre a água (Mateus 14: 23-33)
12. Humildade e milagre. (Mateus 15: 22-28)
13. Alimentando uma multidão (Mateus 15: 32-38)
14. Jesus acalma tempestades (Marcos 4: 35-41)
15. Toca pela fé em Jesus (Marcos 5: 24-34)
16. Homem com hanseníase avançada curado (Lucas 5: 12-14)
17. Paralítico curado (Lucas 5: 18-25)
18. Mão curada e deformada no sábado, enfurecendo os fariseus (Lucas 6: 6-11)
19. Expulsar muitos demônios; curou todos que O tocaram (Lucas 6: 18-19)
20. Filho único da viúva - ressuscitado da procissão fúnebre (Lucas 7: 11-15)
21. Cego é curado (Lucas 18: 35-43

21 temas para pregar na igreja sobre milagres de Jesus


  • Pregar na igreja criando consciência na Palavra , apresentando a Mensagem às pessoas)
  • Pregar na igreja é oferecer aquisição de conhecimento e entendimento dos mistérios das escrituras)
  • Pregar na igreja é entender que pela fé as pessoas devem ser levadas a acreditar que Cristo é o caminho
  • Pregar na igreja é inspirar e oferecer um convite para as pessoas receberem a Cristo )
  • Pregar na igreja é a aplicação dos princípios bíblicos a fim de preparar as pessoas para o próximo de Deus


Pregação sobre Missões: Chamados para Servir!

Somos convocados para missões

O que a Bíblia diz?
II Coríntios 3: 6 "Ele nos tornou ministros de uma nova aliança"
Todos somos chamados a ser um “ministro”
II Coríntios 4: 1 e 7 Nosso tesouro neste corpo é compartilhar o amor de Jesus

Onde você serve? Encontre a sua forma de servir

  • O homem sábio viu a importância de ganhar almas Provérbios 11:30
  • A igreja de Jerusalém era evangelisticamente zelosa Atos 5:42 Atos 8: 4
  • A igreja de Antioquia era voltada para a missão Atos 13: 1-3


1. Dons Espirituais que quem é chamado para missões deve manifestar

Deus deu a você habilidades especiais que devem ser usadas na edificação da família da igreja e no alcance do mundo com o amor de Cristo.

1. Fale o evangelho: “Pregue as boas novas a toda a criação”. Marcos 16:15
2. Sirva o evangelho: “O que você fez por um dos menores irmãos meus, você fez por mim”. Mateus 25:40

  • Pregação, Evangelismo, Missões, Apóstolo
  • Ensino, Incentivo, Sabedoria, Discernimento, Conhecimento
  • Serviço, Misericórdia, Hospitalidade, Pastoreio, Doação
  • Música, Artes e Ofícios, Intercessão, Cura, Milagres
  • Liderança, Administração, Fé

2. Em qual área você é chamado para missões?

Deus lhe deu uma paixão única por atividades, assuntos e circunstâncias particulares. Ele lhe deu um coração pelas coisas sobre as quais você se sente profundamente, para ajudá-lo a definir como e onde Ele quer que você o sirva.

  • Crianças, Adultos, Casados, Solteiros, Idosos, Adolescentes,
  • Missões no exterior, missões no centro da cidade, etc

3. Habilidades para missões

Você tem habilidades que você pode usar de maneiras específicas
Habilidades vocacionais

  • Carpintaria, mecânico, colocação de tijolos, agricultura, etc

Habilidades naturais

  • Arte, Música, Canto
Pregação sobre Missões: Chamados para Servir!


4. Personalidade de quem é chamado para missões

Deus quer sua personalidade no ministério!

  • Extrovertido / Introvertido - Obtemos energia de estar com pessoas ou ficar sozinho?
  • Pensador / Feeler - como tomamos decisões, usando fatos objetivos ou intuição?
  • Que tipo de tarefas nós preferimos - rotina (previsível) ou variedade?
  • Auto-controlado / auto-expressivo - somos mais abertos ou controlados em nossos humores, palavras e reações.
  • Em relação a outras pessoas - somos mais cooperativos ou competitivos?


5.Experiências pessoais no trabalho com missões

Deus colocou uma infinidade de experiências em sua vida para ajudar a moldá-lo para o ministério. Ele pode, e usará, as experiências de seu passado para ajudar a curar as mágoas dos outros em Sua igreja e em sua comunidade.
Criação, doenças, lutas familiares, lutas internas
Tudo e qualquer coisa que você estiver disposto a dar!

Conclusão

Saia do lugar

  • A melhor maneira de encontrar sua FORMA é experimentar.
  • Vá em uma viagem missionária
  • Voluntário para um comitê
  • Cante no coro
  • Distribuir boletins
  • Cozinhar uma refeição

--Col. 1: 5, 6, “a palavra da verdade do evangelho, 6 que veio a você, como também em todo o mundo…”
--Col. 1:23, “... o evangelho que você ouviu, que foi pregado a toda criatura debaixo do céu …”

13 dicas para interpretar a Bíblia com sabedoria



13 regras de interpretação bíblica


A Hermenêutica é o ramo da teologia que lida com os princípios da exegese ou interpretação bíblica

Interpretar significa entender o significado certo ou pretendido de uma determinada palavra ou frase ou texto. É o processo de leitura e obtenção do significado pretendido pelo autor de uma palavra, frase ou texto bíblico e como isso se aplica à situação atual do leitor. Não se trata de buscar algum significado "único"

1 - Interpretar a Bíblia à luz do contexto

Um versículo das Escrituras que parece ter um significado pode ser visto como significando outra coisa quando o contexto é lido.
Exemplo: Colossenses 2:21 - “Não manuseie! Não prove! Não toque! ” Parece ser um bom texto de proibição, como contra o alcoolismo, o fumo, etc. Mas qual é o contexto? Citação de alguns preceitos negativos ( legalismo ) que os professores legalistas estavam usando.

2 - Interpretar a Bíblia em harmonia com o ensino de toda a Bíblia

A Bíblia não se contradiz ; portanto, quando um texto pode ter dois significados, o que deve ser tomado é aquele que está em harmonia com o ensino do corpo das Escrituras.
Exemplo: Lucas 14:26 - “Se alguém vem a mim e não odeia pai e mãe, esposa e filhos, irmãos e irmãs - sim, até a própria vida - ele não pode ser meu discípulo.”
Devemos realmente odiar nossos parentes próximos? O grande corpo das Escrituras ensina amor ; portanto, a palavra "ódio" deve ser tomada figurativamente como uma hipérbole . O significado, então, é que o discípulo deve estar disposto a abandonar totalmente os laços domésticos para atender ao chamado para o serviço.

3 - Interpretar a Bíblia com base na mensagem

Em Apocalipse, por exemplo, simbolismos eram facilmente compreendidos. A mensagem geral geralmente é clara a partir do contexto. Concentre-se mais na mensagem geral do que no significado de cada símbolo usado. Consulte o dicionário e comentários respeitáveis ​​da Bíblia, onde necessário.

4 - Interpretar a Bíblia em harmonia com a sã doutrina sistemática

As doutrinas são formadas após consultar todo o ensino da Bíblia sobre um assunto.
Você não pode estabelecer uma doutrina com apenas um único versículo das Escrituras que seja contrário à doutrina bíblica bem estabelecida.

5 - Interpretar a Bíblia literalmente ou metaforicamente conforme o texto

A Bíblia foi escrita na linguagem das pessoas comuns e para leitores comuns.
Em muitos os casos em que uma narrativa bíblica é alegorizada, a aplicação forçada é inferior à aplicação real e literal.

6 - Interpretar a Bíblia com os idiomas originais como ajuda para interpretação

Palavras de cautela :
Não tente fazer traduções independentes de palavras ou passagens dos textos grego e hebraico, a menos que tenha estudado a gramática desses idiomas.
Tenha cuidado com a fonte de quem você cita as palavras originais, que podem ser boatos.
A menos que a situação o exija, não cite negligentemente passagens em grego ou hebraico para congregação.

13 dicas para interpretar a Bíblia com sabedoria

7 - Interpretar a Bíblia com em Parábolas

Uma parábola é uma história comum destinada a comunicar uma verdade espiritual ou moral. Geralmente, emprega um evento específico no passado para uma situação atual sem comparação direta e óbvia.

8 - Interpretar a Bíblia com outros tradutores

Use várias versões aceitas da Bíblia ao tentar interpretar um texto
Não é correto afirmar que apenas uma versão ou tradução da Bíblia está correta

9 - Interpretar a Bíblia com base nas narrativas

As narrativas simplesmente dizem o que aconteceu e não o que deveria ter acontecido
Para interpretar uma narrativa, procure a história completa para obter o enredo, o cenário, os personagens, a autoria, o público, o tema e o estilo (linguagem, expressões, palavras, etc.)

10 - Interpretar a Bíblia com passagens paralelas

A Escritura é melhor interpretada pela Escritura
Comparar passagens paralelas pode ajudar a resolver problemas sobre se os aplicativos são apenas locais e temporais ou são universais e para sempre

11 - Interpretar a Bíblia com bons comentários do tipo crítico e exegético

Comentários devocionais são úteis para sugerir pontos para elaboração, mas raramente dão muita atenção à interpretação.
Escritores de bons comentários exegéticos são estudiosos cuidadosos da Bíblia, conhecedores da teologia e das línguas originais, mas não são infalíveis.
Não seja um seguidor servil de comentários, mas também não rejeite suas explicações sem uma boa razão e estudo cuidadoso


12 - Interpretar a Bíblia aplicando o texto

Aplicação: O que o texto significa para mim agora?
Este é o objetivo da Leitura e Interpretação. Para aplicar as escrituras que você interpretou, procure pontos de contato ou identificação.

13 Ao procurar por interpretação, considere o texto se é:


  • Poético ou preditivo? 
  • Literal ou figurativo? 
  • Exato ou emotivo? 
  • Condicional ou incondicional?
  • Real ou surreal?
  • Oral ou escrito?


Referências
https://www.arisechristian.org/2017/soft copy mission summit/ppt/How To Prepare A Sermon.ppt
http://focuskenya.org/wp-content/uploads/2017/02/HERMENEUTICS.ppt




Pregação sobre Ana me representa! 1 SAMUEL 1: 1-28

Ana me representa! 1 SAMUEL 1: 1-28

O que Ana representa?



  • Ana era uma pessoa real com problemas reais, 1 SAMUEL 1: 1-8
  • Ana era uma mulher estéril, Deus havia fechado seu ventre, 1 SAMUEL 1: 5,6
  • Ana ficou deprimida, 1 SAMUEL 1: 7-8
  • Seu marido não a entendeu, 1 SAMUEL 1: 8
  • Ana foi uma mulher incompreendida, 1 SAMUEL 1: 12-16
  • Ana respondeu crendo na oração, 1 SAMUEL 1: 9-18
  • Sua oração surgiu de sua “amargura de alma”. 1 SAMUEL 1: 9 - 10.
  • Sua promessa demonstrou que ela estava mais preocupada em honrar a Deus do que em acabar com sua esterilidade. 1 SAMUEL 1: 11
  • Ana não se distrairia com o mal-entendido de outras pessoas, 1 SAMUEL 1: 12-16
  • Ana foi revigorada por seu tempo em oração, 1 SAMUEL 1: 17-18
  • Ana confiou em Deus para responder, 1 SAMUEL 1: 19-20
  • Ana adorava a Deus e era submissa a Ele, 1 SAMUEL 1:19
  • Ana retomou a vida normal, 1 SAMUEL 1: 19-20a

  • 1. Ana foi uma mulher que desejava ser mãe. 

    Seu coração estava triste por um filho. 1 Samuel 1: 6-8

    Então Elcana, seu marido, lhe disse:“ 

    • Ana, por que você chora? 
    • Por que você não come? 
    • E por que seu coração está triste? 
    • Não sou melhor para você do que dez filhos?

    Pregação sobre Ana me representa! 1 SAMUEL 1: 1-28

    2. Ana orou sinceramente.

    1 Samuel 1: 9-10

    Ana era uma mulher piedosa. Ela foi anualmente a Siló, o que apenas homens eram obrigados a fazer. Ana era uma mulher de oração

    Ana estava com amargura de alma, e orou ao Senhor e chorou de angústia. Então ela fez uma oração e disse:  “Ó Senhor dos exércitos, se você de fato observar a aflição de sua serva e se lembrar de mim, e não se esquecer de mim, mas dará à sua serva um filho do sexo masculino, então eu o darei ao Senhor todos os dias da sua vida ...


    3. Ana dedicou seu filho a Deus.

    Ela percebeu que seu filho era um presente de Deus. 1 Samuel 1: 12-14


    “O Senhor lembrou-se de Ana e ela concebeu e deu à luz um filho, e chamou o nome de Samuel, dizendo: 'porque eu o pedi ao Senhor.” E Ana não subiu ao tabernáculo do Senhor até que a criança estivesse grávida. mais velho, pois ela disse: “Quando a criança for mais velha, eu a levarei, para que ela apareça diante do Senhor e permaneça ali para sempre.”

    Apenas deixe o Senhor estabelecer Sua palavra. Então a mulher ficou e cuidou do filho até que o desmame.


    4. Ana cumpriu a promessa

    Agora, quando Samuel era mais velho, ela o levou com ela ao tabernáculo do Senhor em Siló. 
    Ela trouxe a criança para Eli e disse: "Eu sou a mulher que estava ao seu lado aqui, orando ao Senhor. Orei por esta criança e o Senhor me concedeu a petição que lhe pedi. Portanto, eu o entreguei ao Senhor ... ”


    Conclusão

    Seja como Ana uma pessoa de oração de fé, que confia em Deus para responder, cumpre a sua promessa a Deus e honra a Deus com louvor


    http://www.easthillscc.org/files/68378166.ppt
    http://www.foresthillschurchofchrist.com/5-13-12HANNAH.ppt


    O Espírito Santo Consolador

    O Espírito Santo Consolador

    O Espírito Santo Consolador


    Jesus prometeu enviar o Espírito Santo como um "Consolador".

    2. O Consolador viria do Pai e permaneceria com os discípulos para sempre (João 14:16).
    3. O Consolador ensinaria aos apóstolos "todas as coisas" (João 14:26).
    4. O Consolador testificaria sobre Jesus (João 15:26).
    5. O Consolador não viria até que Jesus deixasse a terra (João 16: 7).
    6. A igreja primitiva andou no temor do Senhor e no “conforto do Espírito Santo” (Atos 9:31).
    7. O que o Espírito Santo revelou ainda mais sobre o evangelho de Jesus e a esperança da vida eterna foi uma grande fonte de conforto e segurança.

    Quando o filho de Deus permite que o Espírito habite neles pela fé, pode ter o consolo e o consolo que um lar no céu os espera (Filipenses 2: 1,2).

    Resumo de Habacuque 2: A Visão


    Habacuque 2: A Visão

    Resumo da Visão 

    • Habacuque 2: 1 Habacuque observa e aguarda a resposta do Senhor.
    • Habacuque 2: 2 O Senhor dá a visão clara a Habacuque.
    • Habacuque 2: 3 O Senhor promete cumprir a visão clara no tempo designado.
    • Habacuque 2: 4 O Senhor enfatiza que pessoas justas viverão pela fé nEle.



    Visão de Fé: Habacuque 2: 4

    • O justo (aqueles que foram justificados) viverá pela (ou fora) da fé
    • Também encontrado em Romanos 1:17 e Hebreus 10:38


    Habacuque 2: A Visão

    A verdadeira Visão

    A visão clara vem de Deus e de Sua Palavra.
    Se eu escrever minha visão da igreja de Deus, ela precisará ser corrigida e aprovada por Deus.
    Não se deixe enganar por seus olhos físicos, este processo exigirá fé e visão espiritual.
    Devemos escrever a visão de tal maneira que os filhos de Deus possam realizá-la.


    • A certeza da graça de Deus - Habacuque 2: 4b. 
    • A certeza da glória de Deus - Habacuque 2:14c.
    • A certeza do governo de Deus - Habacuque 2:20

    Estudo sobre Gálatas 6:7 | Não se engane!

    Não se deixe enganar , Deus não é escarnecido; porque o que o homem semear, isso também colherá.


    Gálatas 6:7  Não se engane!

    Gálatas 6: 7: Você colherá o que semeia.

    Deus estabeleceu o princípio de semear e colher. v. 7

    1. Na natureza. Gênesis 8:22 2 Co. 9: 6
    2. na vida. Prov. 20: 4
    3. Você não pode semear uma coisa e espera colher outra coisa.


    Esta é a segunda vez neste capítulo que Paulo levantou a questão do engano (6: 3). Esta é outra área em que a natureza do pecado se mostra enganosa - e os crentes na Galácia aparentemente estavam sendo enganados . 

    O princípio que ele estava prestes a expor não estava sendo entendido por pelo menos alguns deles.

    A palavra grega escolhida por Paulo que é traduzida por alguns estudiosos como 'zombada' é interessante: significa 'torcer o nariz'. 

    Portanto, Paulo está dizendo que, neste princípio de semear e colher, os crentes na Galácia devem parar de se deixar enganar, e que eles não podem simplesmente torcer o nariz para Deus nesta questão.

    A lei da colheita de Deus não pode ser violada: você colhe o mesmo tipo de planta que você semeia (Gl 6: 7-8)

    1. ●Enganado = sendo desviado. Deus não é zombado ( mukterizo ) = de mukter (nariz), significando vire o nariz para Deus. É absolutamente inútil para o homem zombar das leis universais de Deus - elas simplesmente não pode ser violado.
    2. ●Tudo o que você semeia, é exatamente isso que irá crescer. Você não pode plantar trigo e espera colher umacolheita de milho. Da mesma forma, você não pode investir sua energia na CARNE e esperaevite as consequências carnais da corrupção, decadência e ruína.
    3. ●Mas se você investir sua energia no SPIRIT , poderá colher uma qualidade de vida divina. "Semeadura ao Espírito "é equivalente a andar pelo Espírito (Gl 5:16) e ser guiado pelo Espírito (Gl 5:18).
    4. ●Nosso comportamento nem sempre reflete a justiça que temos aos olhos de Deus, mas há umaqualidade de vida que deve progressivamente caracterizar um crente. "Vida eterna" é essa qualidade divina devida que deveríamos estar vivendo



    Gálatas 6: 7 - Causas terão resultados.

    Paulo estabelece aqui o princípio geral, que pode ser reafirmado como "ações (e inações) têm consequências".  Ele não está dizendo a eles que se eles derem dinheiro, o dinheiro voltará a eles como mais dinheiro em seu lugar. Ele não está dizendo a eles que eles devem "pagar por" sua salvação.


    Gálatas 6: 7 - Quem semeia coisas carnais colherá corrupção. 

    • 1. Não se deixe enganar. v. 7a Gênesis 3: 1 2 Co. 11: 3 1 Co. 15:33 Heb. 3:13 Jer. 17: 9 2 Ped. 2:19 João 8:44
    • 2. Deus não será escarnecido. Você não pode lutar com ele e vencer. Ps. 2: 1
    • 3. Os incrédulos semeiam na carne e colhem a destruição eterna. 5:21 2 Ped. 2: 12,19 2ª. 1: 9 Hos. 8: 7 Rom. 2: 5-8 6:23 8: 5-8
    • 4. Os crentes, por causa da misericórdia de Deus, colhem conseqüências disciplinares. Heb. 12: 1
    • 5. A Bíblia está cheia de exemplos daqueles que semearam na carne e colheram o consequências. Ps. 2: 1 1 Sam. 2:29 17:43 Atos 12: 22-23 2 Sam. 12: 9
    • 6. Nações e comunidades também colhem o que plantam. Gênesis 6: 5ss 15:16 19: 1 Num. 26:65 Ezek. 8:17 2 Crô. 36:16
    • 7. Como alguém semeia na carne? 5: 19-21,26,15 Js. 1: 14-15 Ef. 4: 25-27 Ro. 13:14
    • 1 Co. 15:33 Pr. 23: 29 7: 21 13:20 6: 10-11



    Gálatas 6: 7 - O que é semeado e o que é colhido?

    Nesse caso (como em 1 Coríntios 9: 10-11 e também em 2 Coríntios 9: 6-7), Paulo conecta semear e colher com dar. Então, se o dinheiro é o que é 'semeado', o que deve ser 'colhido' por esses crentes?

    Visto que o ensino da palavra de Deus é central para a maturidade do corpo da igreja como um todo (Efésios 4: 11-16), o ensino é essencial para todo crente amadurecer (Colossenses 1:28). A palavra de Deus é o alimento para crescer (1 Pedro 2: 2), é isso que está em jogo.



    Gálatas 6: 7 - Verdades e conseqüências

    O universo, pelo desígnio soberano de Deus, opera de acordo com certas leis naturais. 


    A razão que nós temos um universo organizado e consistente porque o Criador fez assim. Uma dessas leis universais é causa e efeito. Nada acontece sem uma causa. Todo efeito tem uma correspondente causa. Esta é uma lei comprovada da natureza que foi escrita pelo Criador do universo. Mas isso a verdade não se relaciona apenas à ciência e à natureza. 

    Também se aplica a todas as áreas da vida. Pense nisso, o que somos hoje é o resultado de pensamentos e ações do passado, nossos ou de outra pessoa. Nenhum nós apenas aparecemos neste momento neste lugar neste momento. É o resultado de muitas causas e efeitos. 

    Como vivemos agora afeta como viveremos no futuro. Além disso, quem estamos nos esforçando para se tornar agora determina quem seremos no futuro.Quando Paulo se aproxima do final de sua carta, ele discute os princípios bíblicos de causa e efeito; revelador verdade divina e as consequências que se seguem.

    Não importa se você é ou não cristão,o que Deus diz através do apóstolo Paulo nesta passagem se aplica a todos ... crentes e incrédulos.
    • “ Não se engane: Deus não é escarnecido.”Aqui está a causa raiz de um estilo de vida descuidado e auto-indulgente - eles são enganados. Eles tambémnão creiam na verdade da Palavra de Deus, ou pensam que de alguma forma serão isentos daverdade. Mas Paulo diz claramente: 
    • “Não se deixe enganar. Deus não é zombado. ”Zombar de Deus literalmente significa levantar o nariz para ele com desprezo ou desprezo; implica uma esperança de superá-lo.Você já ouviu o ditado: "Ele é grande demais para suas calças"? Bem, este é o caso final de ser "grande demais para seus calcanhares". 
    • A pessoa que zomba de Deus é um tolo. “Mas cada pessoa é tentada quando é atraída e seduzida por seu próprio desejo. 15 Então desejo quando concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, quando totalmente desenvolvido, produz a morte ”(Tiago 1: 14-15)


    Gálatas 6: 7 - Os que semeiam no Espírito colherão a vida eterna.


    • 1. Como você semeia para o Espírito? 5: 22-24 6: 9-10 2 Co. 9: 6 1 Co. 9:11 Js. 3:18
    • Salmo 1 Col. 3: 1ss Ef. 4:29 6:33
    • 2. O resultado é a vida eterna. 1: 4 João 3:16 25: 31-46 Ro. 6:23 8: 6
    • 3. Também colheremos outras recompensas? 5: 22-23 Prov. 3:10 25: 31-46 5:12 1 Co. 4: 5 2 Co. 5:10 Rom. 14:10
    • 4. Há também uma lei de proporção - semeie muito e colha muito. 2 Co. 9: 6
    Gálatas 6:7  Não se engane!


    Gálatas 6: 7 - Lei da semeadura


    Um homem colhe o que semeia.
    Deus não é enganado e ele vê claramente. 

    O princípio básico de semear e colher não pode ser enganado. Em outras palavras, se você semear ervas daninhas (legalismo, imitação), colherá obras da carne. Mas se você semear verdade você vai colher o fruto do Espírito. Se alguém não acredita em semear e colher, está zombando de Deus ou tratando-o com desprezo.Este é um princípio verdadeiro em todas as áreas da vida.

    • Jó 4: 8 (diz Elifaz) “Como observei, os que lavram o mal e os que semeiam problemas o colhem.”
    • Provérbios 22: 8, quem semeia a iniqüidade colhe problemas ”;
    • Oséias 8: 7: “Eles semeiam o vento e colhem o turbilhão.”;
    • Marcos 4: 4, 14, “Um fazendeiro saiu para semear sua semente ... O fazendeiro semeia a palavra.”;
    • Mateus 7: 16-20, “Cuidado com os falsos profetas ... Por seus frutos você os reconhecerá….”;
    • 2 Coríntios 9: 6: “Lembre-se disso: quem semeia com moderação também colherá com moderação, e quem semeia generosamente também colherá generosamente. ”;



    Gálatas 6: 7 - Imperativo negativo

    A má companhia corrompe o bem moral. (1Co 15:33)

    Se alguém "semeia" com uma empresa "corrupta", ele próprio "colhe" a corrupção. 

    1º engano aqui seria pensar "eu apenas os levarei aos meus padrões de moralidade!" Errado! Eles inevitavelmente o derrubarão. Obviamente, Paulo não está dizendo que não devemos ministrar "coisas ruins", mas apenas para que não entremos em seu estilo de vida corrupto. 

    Jesus era santo e ainda na verdade, passou algum tempo com algumas das pessoas mais profanas do dia (cobradores de impostos, prostitutas,etc)


    Colhemos o que semeamos - Gál 6: 7-10

    Considere quanto você quer plantar - II Co 9: 6… A fonte da semeadura é o nosso próprio coração - II Co 9: 7... deixe a alegria ser seu guia. 

    Dois avisos:- Não se iluda a pensar ... (Gál 6: 7)… A graça impedirá todas as conseqüências de nossas escolhas - Gál 6: 7... que esta vida é tudo o que existe- Não desanime / fique cansado por ... (Gál 6: 9)... procurando resultados imediatos... sendo devotado a menos que Cristo... negligenciando as disciplinas espirituai


     Gálatas 6: 7 - Continue semeando boas sementes / obras.

    Não desanime em fazer o bem. v. 9 2ª. 3:13 2 Co. 4: 1,16 Ef. 3:13 Lucas 18: 1ss 1 Co. 15:58 Phil. 1:27

    • 1. Por que podemos ser tentados a desanimar? Ps. 73: 3ff 42: 1ff 2 Pe. 3: 4,8-11
    • 2. A estação da colheita certamente chegará na hora certa. 2 Co. 5: 7 1 Jo. 3: 2 Ro. 8: 18-19 Js. 5: 7-8
    • 3. Jesus suportou a cruz por causa da alegria colocada diante dele. Heb. 12: 2-3
    • 4. Seguir Seus passos requer perseverança e esforço .
    • 5. Ele o ajudará a continuar até o fim. É um. 40: 28-31 2 Co. 9: 8
    • 6. Escatologia é a chave da resistência. Romanos 8:18 2 Cor. 4: 16-18 2 Ped. 3: 3ff

    Gálatas 6: 7 - Faz o bem a todos os homens - que responsabilidades temos para o mundo ao nosso redor? 


    • 1. Este é o momento oportuno para a semeadura. Eph. 5:16 Ps. 90: 3,5-6,9-12 Col. 4: 5
    • 2. Jesus aproveitou ao máximo seu tempo. João 9: 4
    • 3. O maior bem que podemos fazer pelos perdidos é apontá-los para Cristo. João 4: 35-38 Mt. 9:37 28: 18-20
    • 4. Também devemos procurar ser uma bênção para nossos vizinhos / comunidade. Jer. 29: 5-7 1 Tim. 2: 1-4 Ef. 4:28 5: 22ff
    • 5. Deveríamos até fazer o bem aos nossos inimigos. Mt. 5: 43-48 Rom. 12: 17-21
    • 6. Devemos estar atentos às oportunidades que Deus coloca em nosso caminho.
    • 7. Também precisamos discernir. 2ª. 3:10



    Gálatas 6: 7 Deus não se escarnece; 


    “Zombado (enganado, enganado): desobedecer aos mandamentos de Deus e depois escapar do castigo divinoseria enganar a Deus, zombando Dele e de Sua Palavra. "Semeia" significa (faz;práticas). Também pode ser dito "Colher" (ser requited; recompensado). Contextualmente, os gálatasnão pode desconsiderar a ordem de apoiar seus instrutores cristãos (versículo 6) e escapar dadisciplina.“Tudo o que um homem semeia ... colhe”: este princípio agrícola, aplicado metaforicamente aodomínio moral e espiritual, é universalmente verdadeiro (Jó 4: 8; Pro. 1: 31-33; Oséias 8: 7; 10:12). Esta leié uma forma da ira de Deus (veja nota em Romanos 1:18).Você não pode plantar uma ervilha inglesa e obter um talo de milho. O que você planta, é o que você colheserá. No dia do julgamento, receberemos de acordo com o que semeamos nesta terra. Deus émantendo o livro de contas. Não podemos enganá-lo




    Gálatas 6: 7 - Deus não pode ser enganado. Deus sabe o que está acontecendo.


    • 1. Imagine um com as costas viradas para Deus dizendo "ele", porque ele acha que está puxando um "rápido".uma. Disse a Deus que Jesus é o Senhor, mas "secretamente" essa pessoa faz o que quer.b. Disse a Deus que Cristo é o Senhor, mas continua a não fazer o que Deus diz.c. O chama de Senhor, mas continua em linguagem obscena; abandonar a assembléia, aumentar a bebida.
    • 2. As pessoas não podem fingir ser fiéis e pensar que estão enganando a Deus.
    • 3. “Não se deixe enganar” (versículo 7) é para você / nós, não para Deus.uma. Você pode ser enganado ou se fazer de bobo.b. Você pode se convencer de que é um cristão fiel quando não é fiel.c. “ Se alguém se considera religioso e ainda não mantém um controle rígido da língua, eleengana a si mesmo e sua religião é inútil. ” (Tiago 1:26) Pode enganar a si mesmo. Não Deus.
    • 4. Deus sabe tudo o que se passa. Se você é fiel na igreja e mundano em casa ou no trabalho, Deus sabe disso. "O que ele fez no domingo fez muito bem, o que fez na segunda foi no caminho para o inferno." Se você é fiel em torno dos cristãos e esconde coisas más quando está sozinho, Deus vê.

    Estudo Bíblico para sermão, pregação, explicação, esboço.

    Referências
    https://www.preceptaustin.org/pdf/60337
    http://www.christianhopechurch.com/sermons/Reaping_what_you_sow.pdf
    https://www.hvbc.net/hp_wordpress/wp-content/uploads/2017/05/Sermon-Notes-052817.pdf
    http://www.generationword.com/notes/galatians/galatians-6-7.pdf
    http://www.spiritandtruth.org/teaching/Galatians_by_Steve_Lewis/21_Galatians_6_6-10/Gal_6_6-10_Notes.pdf?x=x
    http://www.preachernotes.com/wp-content/uploads/2012/03/Galatians-67-10-Don’t-Give-Up.pdf
    https://www.discoverrevelation.com/Galatians PDFs/Galatians Chapter 6.pdf

    12 fatos fundamentais sobre a vida de Paulo

    12 fatos fundamentais sobre a vida de Paulo

    12 fatos fundamentais sobre a vida de Paulo


    1. Escreveu As Cartas de Paulinas
    2. As 13 cartas de Paulo foram escritas na década de 50 dC, antes dos Evangelhos.
    3. Paulo nasceu como Saulo de Tarso, na Ásia Menor.
    4. Saulo veio a Jerusalém para estudar a Torá porque, como fariseu, estava interessado na lei judaica.
    5. Ele ouviu falar de Jesus lá, mas nunca o conheceu pessoalmente.
    6. Ele considerou a proclamação cristã de Jesus crucificado como o Messias ofensivo.
    7. No caminho para prender os seguidores de Jesus em Damasco, ele foi cercado por uma luz.
    8. O Senhor falou com ele, e Saulo percebeu que Jesus era o Senhor.
    9. Cego pela luz, ele foi levado para Damasco, onde foi batizado e recuperou a visão.
    10. Anos depois, Saulo (conhecido como Paulo) visitou Pedro e Tiago e começou uma vida de pregação do Evangelho a não-judeus.
    11. Paulo escreveu cartas para várias igrejas que ele visitou, e as cartas se tornaram parte do Novo Testamento.
    12. Paulo foi martirizado por volta de 64 EC.

    O que é Adoração a Deus, segundo a Bíblia?

    O que é Adoração a Deus, segundo a Bíblia?

    O que significa adoração? O que é adoração na Bíblia? O que a adoração produz?

    Etimologia: dignidade, atribuir valor ou honra a
    "____ Vale a pena!"

    Elementos Principais de Adoração - João 4:23


    • A adoração é feita “em espírito”. Isso significa que a adoração é principalmente um trabalho interno do coração. 
    • A adoração é feita “na verdade”.  Isso significa que a adoração deve ser motivada e guiada pela verdade de Deus. 

    10 Dicas Práticas: Crescendo na Adoração


    1. Adore a coisa certa. Êx 20: 3 - "Não terás outros deuses diante de mim". Dt 6: 4-5 - “Amarás o SENHOR, teu Deus, com todo o teu coração, alma e força”. Prioridade: Adoração" deve ter o objeto certo. Como você vive sua vida afeta sua adoração
    2. Saiba quem você está adorando. Êx 20: 4 - “Você não fará para si um ídolo ...” Jo 4:24 - “adoração em espírito e em verdade”. Clareza; adorá-Lo como Ele realmente é, não como imaginamos ou queremos que Ele seja. Como você sabe que Deus afeta sua adoração
    3. Levar a sério. Êx 20: 7 - “Não abusarás do nome do SENHOR, teu Deus ...” Mt 6: 9 - “Santificado seja o teu nome”. Lição: integridade adorar com sinceridade e reverência, nunca usando Seu nome de forma descuidada ou inadequada. Como você trata o tempo afeta sua adoração
    4. Receba o trabalho de Deus em sua vida. Êx 20: 8 - “Lembre-se do dia de sábado…” Hebreus 4:11 - "Portanto, façamos todos os esforços para entrar nesse descanso ..." Receptividade: adoração é o convite gracioso de Deus para descansar
    5. Aprenda uma vida de submissão. Êx 20:12 - "Honre seu pai e sua mãe, para que ..." 1 Cor 14:33 - “Deus não é Deus de desordem, mas de paz” (cf v40). Humildade culto envolve submissão à ordem designada por Deus, à Cabeça e ao Corpo
    6. Ofereça toda a sua vida (estilo). Êx 20:13 - “Você não deve matar ... cometer adultério ... roubar ... prestar falso testemunho ... cobiçar” Lv 19:18 - “Ame seu próximo como a si mesmo. Eu sou o SENHOR.. Caridade adoração envolve a devoção diária a atos de amor, justiça, misericórdia e retidão.
    Publicidade

    Adoração é uma resposta apropriada

    Nós somos os criados e Ele é o nosso Criador

    • Louvem o nome do SENHOR, porque ele ordenou, e foram criados. Sl 148: 5
    • Fiz a terra e criei nela o homem. ”Isa 45:12
    • "Quem é como o SENHOR nosso Deus, que habita no alto", Sl 113: 5
    • Todos estaremos diante dEle no grande e terrível dia do julgamento.
    • Ele fixou um dia em que julgará o mundo em justiça  Atos 17:31
    • Ele tem sido misericordioso conosco para perdoar nosso pecado. Sal 86: 5

    ADORAÇÃO EM TERMOS


    • ABODA ou LATREIA - significa Serviço (Romanos 12 v 1-2)
    • SHACHAC - meios de curvar-se (Provérbios 1: 7)
    • HOMOLOGIA - significa Contrato
    • (João 4: 23-24, Mateus 5: 23-24)
    • TÚSSIA - significa sacrifício (Ef 5: 2, Filip 2:17)


    Deus provê a perfeita adoração (sacrifício) para você


    • Gênesis 22: 1-19
    • 1 Crônicas 21: 1-22: 1 (esp 21: 24-26)
    • 2 Crônicas 2: 1-2, 3: 1
    • 2 Crônicas 20: 1-30 - líder; como guerra
    • Lucas 7: 37-39 - do perdão
    • João 17: 4 - sem identidade
    • 1 Reis 18: 16-40
    • 2 Crônicas 5-7
    • João 21: 7

    Teologia de adoração


    • Hebreus 10: 1-31
    • Hebreus 2:12
    • Gênesis 22: 7-8
    • Apocalipse 5
    • João 4: 23-24
    • 1 Samuel 15: 22-23
    • Miquéias 6: 6-8
    • Romanos 12: 1-2

    A adoração será realizada na presença de Deus diante do trono.


    • Apocalipse 4: 2-11; ler juntos.
    • Ap 5: 8-14; 7: 11-12; 11:16; 19: 4.
    • Não há momentos específicos de adoração, mas sim um tempo contínuo de louvor e adoração (Apocalipse 4: 8; 7:15).
    • Há um templo descrito durante esse período (Apocalipse 3:12; 7:15; 11:19, etc.).
    • "Por esta razão, eles estão diante do trono de Deus; e O servem dia e noite em Seu templo; e Aquele que está sentado no trono estenderá o seu tabernáculo sobre eles." Ap 7:15

    Exemplos de Adoração no Antigo Testamento


    • Salmo 66: 4 “Toda a terra te adorará e cantará para ti; eles cantarão ao teu nome. Selah.
    • Salmo 95: 6 “Oh, venha, vamos adorar e nos curvarmos ; Ajoelhemo-nos perante o Senhor, nosso Criador. ”
    • Salmo 96: 9 “Oh, adore o Senhor na beleza da santidade! Tremer diante dEle, toda a terra.

    Adoração no Novo Testamento


    • Mas está chegando a hora, e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade; pois o Pai está buscando pessoas que o adorem . Jo 4:23
    • Deus é Espírito, e os que O adoram devem adorar em espírito e verdade. "Jo 4:24
    • Palavra grega "proskyneō" 1) beijar a mão para (em direção a), em sinal de reverência 2) no NT, ajoelhando-se ou prostrando-se para homenagear, seja para expressar respeito ou para suplicar, usado em homenagem a homens e seres de nível superior

    A adoração nos conecta com Deus.


    • A adoração requer fé e a fé agrada a Deus.
    • A adoração aumenta nossa experiência e gosto do Senhor.
    • A adoração aprofunda nossa capacidade de conhecer e experimentar Deus.
    • A adoração é a experiência mais íntima que podemos ter com o Senhor.
    • Adoração é uma atividade que nos leva a fixar nossos olhos em Jesus.
    • A atividade de adoração exige que façamos isso.
    • A adoração nos ajuda a vê-Lo com os olhos do nosso coração.

    TIPOS DE ADORAÇÃO

    • O culto corporativo na Igreja do Novo Testamento inclui liderado pelo Espírito Santo:
    • Oração
    • Jejum
    • Elogio
    • A Palavra (pregando, exaltando, ensinando, estudando)
    • A Ceia do Senhor
    • Profecias e outros sinais de dons do Espírito
    • Dízimos e Oferta
    • Oração pelos não salvos, doentes e necessitados
    • A adoração pessoal no crente do Novo Testamento inclui liderada pelo Espírito Santo:
    • Testemunha do amor de Deus
    • A Palavra (lendo, estudando, meditando)
    • Doação - tempo, recursos, dons espirituais e naturais

    Vida como Adoração


    • O que valorizamos ou estimamos?
    • O que louvamos?
    • O que captura as afeições de nossos corações?
    • O que guia nossa vida e decisões?
    • O que é adoração a Deus?

    Adoração Inspiradora


    A adoração é o lugar onde o sagrado e o profano colidem.
    Adoração que resulta em tempos de alegre exultação e tempos de reverência silenciosa.
    A adoração pode ter como alvo cristãos ou não-cristãos, o estilo pode ser litúrgico ou livre, o idioma pode ser "religioso" ou "secular" - não faz diferença para o crescimento da igreja.

    Então, o que você está fazendo para criar adoração que é inspiradora?

    • Como está indo para você?
    • O que está indo bem?
    • O que você pode comemorar?
    • Onde estão os desafios - oportunidades?
    • Quais são as suas preocupações?
    • Quais são suas esperanças? Visões para adoração?

    O que é Adoração a Deus, segundo a Bíblia?

    Como deve ser a adoração?


    • Adoração é amar a Deus em uma expressão muito pura. (1 João 4:19). 
    • Adoração é mais do que cantar canções sobre o Senhor ou mesmo para o Senhor
    • Expressões verbais de louvor e ação de graças (Sl 29: 2, 66: 4)
    • Uma vida piedosa que reflete o caráter de Cristo (Rom. 12: 1-2)
    • A adoração é um fim e um meio
    • Adoração corporativa é quando irmãos e irmãs em Cristo, comprometidos um com o outro em uma igreja local, se reúnem para adorar a Deus juntos (Hb 10:25).
    • Adoração Privada momentos pessoais em que um crente adora a Deus individualmente 
    • Adoração em Família O culto familiar 
    • A adoração não é apenas um evento, é uma atividade contínua e abrangente
    • Adoração é a atividade constante do coração humano. 
    • O problema não é que não adoramos a Deus, mas que substituímos Deus por outros objetos de adoração (Rm 1:25).


    Adoração a Deus em espírito


    • É uma adoração interior
    • É uma atitude
    • Está consumindo
    • Um bom exemplo é Enoch
    • Adorar a Deus em espírito é uma adoração interior
    • Uma Adoração Espiritual - Uma adoração pelo seu espírito de Espírito
    • É meio difícil adorar com seu espírito se ele estiver morto (Efésios 2: 1-5)
    • Você DEVE nascer de novo (João 3: 3-7)
    • Contraste esta verdade - a carne não tem nada a ver com adoração (Filipenses 3: 3; Atos 17: 5)
    • Oh, que adoramos a Deus na beleza de um espírito reto - santidade (Salmo 51:10; 29: 2)
    • Adorar a Deus em espírito é uma atitude
    • A Bíblia fala tanto sobre ATITUDES quanto em AÇÕES
    • Com atitudes ruins, não pode haver adoração espiritual!
    • Isso é o que Davi estava advertindo é o Salmo 66:18 - que Deus não respeita nada da sua adoração enquanto o pecado domina seu coração em vez dele!
    • DEVEMOS adorar em santidade - não em mundanismo
    • Um crente na Bíblia verifica sua atitude - seja ela movida pelo mundo, pela carne e pelo diabo, seja pela submissão a Cristo
    • A adoração vem diretamente do coração, não apenas da cabeça - é como o amor (Salmo 9: 1; Mateus 15: 8,9)


    A atitude de adoração


    • Espanto (Salmo 33: 8) - maravilhado, atordoado
    • Medo - terror (Salmo 5: 7)
    • Excitação - apaixonado (Salmo 9: 1; Lucas 24:32)
    • Cuidado - se preocupe com as pequenas coisas que você faz e diz a Deus (Salmo 19:14)
    • Parado, Descansando, Não apressado (Salmo 46:10) - não tendo mais para onde ir



    Referências
    RBC Booklet: What is Worship, http://www.gospelcom.net/rbc/ds/q0902/
    Material from a London Bible College prof: http://www.heartofworship.com/Html/bible/ (plus Matt Redman articles)
    Torrance, James B., “Worship, Community & the Triune God of Grace”, IV Press, 1997
    Park, Andy, “To Know You More”, IV Press, 2002
    John MacArthur, A Maior Prioridade (Moody, 1983)
    Don Whitney, Adoração em Família

    Pregação: Como se apresentar diante de Deus? | Miquéias 6: 6-8



    Como se apresentar diante de Deus? | Miquéias 6: 6-8

    O que o Senhor exige de nós? Miquéias 6: 6-8.  O que fazer diante de um deus tão glorioso? O que somos diante de Deus?


    Em Miquéias 6: 6 -7 o autor se questiona:

    • Com que virei diante do Senhor, e me inclino diante do Deus Altíssimo? 
    • Irei diante dEle com holocaustos, com bezerros de um ano?
    • Se agradará o SENHOR com milhares de carneiros? 
    • Darei meu primogênito por minha transgressão, o fruto do meu corpo, pelo pecado da minha alma?

    Porém a resposta é simples e vem em forma de pergunta:

    O que o Senhor exige de você, senão para fazer justiça, amar a misericórdia e andar humildemente com o seu Deus?

    No texto de Miquéias aprendemos a importância de oferecer um culto verdadeiro como em Nadab e Abiú  Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram seu incensário e puseram fogo nele, incenderam nele, e ofereceram fogo profano perante o Senhor, o qual não lhes havia ordenado. Segundo o testo bíblico saiu fogo do SENHOR, e os consumiu; e morreram perante o SENHOR. Levítico 10: 1-2.

    Que tipo de culto você tem apresentado a Deus? Profano?


    Publicidade

    1. Como se apresentar diante de Deus? Amor misericórdia

    A misericórdia vem de um coração que vê angústia e responde com compaixão. Mateus 5: 7; Salmo 41: 1; Colossenses 3:12
    • Devemos nos submeter a Ele se queremos servir a outros (João 13: 12-17; 1 Pedro 5: 5-6).
    • Ao submeter um ao outro, servimos aos outros. (Efésios 5: 21ss)
    • Servimos aos outros sendo santos (Atos 20: 18-21).
    • Promovemos a unidade entre os cristãos com base na verdade (João 17: 17ss; Efésios 4: 1-3).
    • Resgatamos almas com uma atitude humilde. (2 Timóteo 2: 24-26; Gálatas 6: 1-2)

    • Tenha Consciência diária de Sua misericórdia
    • Viva Regozijando-se em mostrar misericórdia aos outros
    • Ofereça misericórdia aos perdidos

    2. Como se apresentar diante de Deus?  Agir justamente

    Justiça é marca de integridade que separa os cristãos do mundo. Lucas 11:42; Provérbios 21: 3; Miquéias 6: 6-7.

    Você tem se apresentado diante de Deus de forma íntegra?

    • Samuel: "Fale Senhor..."
    • Paulo: "O que você quer que eu faça"
    • Jesus: "Negue, pegue a cruz, siga"
    • Tiago: "Aproxime-se de Deus"
    • Submeta-se a Deus. Resista ao diabo e ele fugirá de você.
    • Aproxime-se de Deus e Ele se aproximará de você. Limpem suas mãos, vocês pecadores; e purifique seus corações, você tem duas intenções. Tiago 4: 7-8

    3. Como se apresentar diante de Deus? Andando humildemente com Deus.

    Como se humilhar diante de Deus?

      Pregação: Como se apresentar diante de Deus? | Miquéias 6: 6-8
    • Acreditando que "Ele é" - Heb. 11: 5-6
    • De Acordo com Ele - Amós 3: 3
    • Acreditar em João 3:16
    • Arrependimento de Lucas 13: 3
    • Confesse a fé Matt. 12:32
    • Ser batizado Atos 2:38
    • Adicionado à Sua igreja, Seu corpo, Seu reino
    • Seja fiel Apo. 2:10



    Conclusão

    Miquéias prega que o maior desejo de Deus não era a oferta de sacrifícios, mas ele se deleita na fé que produz justiça, amor pelos outros e obediência a ele
    Importância - A verdadeira fé em Deus gera bondade, compaixão, justiça e humildade.


    Resumo do Livro de Crônicas 1 e 2

    Resumo do livro de Crônicas 1 e 2


    • I Genealogias: Adão a Davi. 1 Chron. 1-9
    • II Reino de Davi. 1 Cron. 10-29
    • III Reino de Salomão. 2 Cron. 1-9
    • IV Reis de Judá. 2 Cron. 10-26
    • Reis: profético e moral - história política
    • Crônicas: Sacerdotal e espiritual - história religiosa
    • Samuel e Reis


    A continuação da história de Israel de Samuel, o início do Reino Unido, através do Reino Dividido, até a queda de ambos os reinos

    Crônicas

    • A genealogia da nação, com ênfase na linha davídica. Seu foco está no Reino do Sul de Judá.
    • História Religiosa
    • Escrito por padres com ênfase no ministério sacerdotal e preocupações espirituais.
    • Escrito por Ezra muito depois dos eventos terem ocorrido.
    • Uma história mais positiva que dá esperança, apesar da apostasia.
    • Mensagem de esperança
    • Fidelidade de Deus



    I. Genealogias - 1 Crônicas 1-9 A. Genealogia de Adão a Davi (1-2)

    Adão a Abraão (1: 1-27)
    Os Descendentes de Abraão (1: 28-54) (Aqueles que não fazem parte da linha da promessa)
    Filhos de Ismael (1: 28-31)
    Filhos de Quetura (1: 32-33)
    Filhos de Esaú (1: 34-42)
    Reis de Edom (1: 43-54)
    Israel a Davi (2: 1-17) (A linha da Promessa)
    Descendentes de Calebe (2: 18-50) (Ele e Josué apenas adultos para fazer o êxodo e entrar na terra prometida)
    Descendentes de Hur (2: 51-55) (Descendentes da 2ª esposa de Caleb, Ephrath, que estabeleceram a área de Belém - parentes da linhagem de Davi).


    Publicidade

    I. Genealogias - 1 Crônicas 1-9 B. Genealogia de Davi ao Cativeiro (3)

    1-9 são os filhos de Davi.
    Vs. 10-16 é a linha dos reis.
    Vs. 17-24 é a linhagem de Jeconiah através do cativeiro - aqueles com possível reivindicação ao trono

    I. Genealogias - 1 Crônicas 1-9 C. Genealogias das Doze Tribos (4-8)

    Filhos de Judá (4: 1-23)
    Filhos de Simeão (4: 24-43)
    Filhos de Rúben (5: 1-10)
    Filhos de Gade (5: 11-22)
    Filhos de Manassés (5: 23-26)

    I. Genealogias - 1 Crônicas 1-9 C. Genealogias das Doze Tribos (4-8)

    Filhos de Levi (6)
    A Linha do Sumo Sacerdote (6: 1-15) (os descendentes de Coate através de Arão)
    As Linhas Levíticas (6: 16-30) (Filhos de Gershom, Coate e Merari)
    Os Músicos (6: 31-48)
    A Linha Ararônica (6: 49-53)
    As cidades levíticas (6: 54-81)
    Filhos de Issacar (7: 1-5)
    Filhos de Benjamim (7: 6-12)
    Filhos de Naftali (7:13)
    Filhos de Manassés (7: 14-19)
    Filhos de Efraim (7: 20-29)
    Filhos de Aser (7: 30-40)
    Filhos de Benjamim (8)
    (Observe que Zebulom e Dan não são mencionados na genealogia. Manassés é listado duas vezes)


    Genealogias dos Remanescentes (9.1-34) (aqueles que retornam do exílio para habitar Jerusalém - cf. Esdras e Neemias)

    E. Genealogia de Saul (9: 35-44)


    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 A. Davi Estabelece Seu Reino (10-12)

    A morte de Saul (10)
    Davi fez rei (11: 1-3)
    Davi conquista Jerusalém (11: 4-9)
    Os homens poderosos de Davi (11: 10-47)
    Os Apoiadores de Davi em Ziclague (12: 1-22)
    Os Apoiadores de Davi em Hebrom (12: 23-40)

    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 B. Davi Move a Arca para Jerusalém (13-17)

    Uma tentativa pecaminosa (13)
    Reino de Davi (14)
    O sucesso comemorativo (15,16)
    Movendo a Arca (15)
    Comemoração (16)
    A aliança davídica (17)
    A Aliança (1-15)
    Resposta de Davi (16-27)

    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 C. O Sucesso Militar de Davi (18-20)

    Resumo das Primeiras Vitórias (18) (Filisteus, Arameus, Edomitas)
    Resumo das Últimas Vitórias (19,20) (Amon e Arameus, filisteus - inclui o assassinato de irmãos e parentes de Golias)

    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 D. Os preparativos de Davi para o templo (21-27)

    Censo Sinistro de Davi (21)
    O Censo e a Pestilência (1-17)
    Altar de Davi na eira de Ornan (18 a 30)
    Fornecimento de materiais para o templo (22: 1-5)
    Encargos aos Líderes que Construirão o Templo (22: 6-19)

    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 D. Os preparativos de Davi para o templo (21-27)

    4. Organização dos levitas (23-26)
    Salomão começa a reinar (23: 1,2) (O esforço de Adonias para usurpar não é mencionado aqui)
    Escritórios Levíticos (23: 3-6)
    Os gersonitas (23.7-11)
    Os coateus (23.12-12)
    Os meraritas (23: 21-23)
    Seus Deveres (23: 24-32)
    4. Organização dos levitas (23-26)
    Divisões levíticas (24)
    Organizações dos músicos (25)
    Divisões dos Guardiões (26: 1-19)
    Guardiões do Tesouro (26: 20-28)
    Oficiais e juízes fora de Israel (26: 29-32)

    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 E. Organização da Nação (27)

    Comandantes do Exército (27: 1-15)
    Líderes tribais principais (27: 16-24)
    Vários Superintendentes (27: 25-34)
    II O Reino de Davi - 1 Crônicas 10-29 F. Os Últimos Dias de Davi (28-29)
    Discurso de Davi a respeito do Templo (28)
    Ofertas para o Templo (29: 1-9)
    Oração de Davi (29: 10-20)
    Coroação de Salomão (29: 21-25)
    A morte de Davi (29: 26-30)

    III Reino de Salomão - 2 Crônicas 1-9 A. Estabelecimento do reinado de Salomão (1)

    Salomão vai a Gibeão para adorar, ora e pede sabedoria e a recebe. Deus o estabelece e também o torna muito rico
    III Reino de Salomão - 2 Crônicas 1-9 B. A Conclusão do Templo (2-7)
    Preparativos para construção (2)
    Construção (3-4)
    Começa a construção (3: 1,2)
    Tamanho e materiais para o templo (3: 3-17)
    Mobiliário para o templo (4)

    III Reino de Salomão - 2 Crônicas 1-9 B. A Conclusão do Templo (2-7)

    3. Dedicação do templo (5-7)
    A Arca é trazida (5: 1-10)
    A Glória do Senhor (5: 11-14) (shekinah)
    Dedicação de Salomão (6: 1-11)
    Oração de Salomão (6: 12-42)
    A Glória Shekinah (7: 1-3)
    Sacrifícios de consagração (7: 4-7)
    Festa da Dedicação (7: 8-10)
    A Confirmação da Aliança do Senhor (7: 11-22)

    III Reino de Salomão - 2 Crônicas 1-9 C. O Reino de Salomão (8-9)

    Realizações de Salomão (8) (templo, edifícios, cidades)
    A rainha de Sabá (9: 1-12) (ela não foi informada pela metade)
    Riqueza e poder de Salomão (9: 13-28) (Riqueza extrema. Prata tão comum quanto pedras. 4.000 baias para cavalos. Maior do que todos os reis em riquezas e sabedoria
    A morte de Salomão (9: 29-31)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 A. O Reino de Roboão (10-12)

    A Divisão do Reino (10) (ele não ouviu o conselho sábio - a divisão era do Senhor)
    O reino de Judá é fortalecido (11) (constrói cidades defensivas. Sacerdotes levíticos deixam Israel e fortalecem Judá. Aumenta a família
    O Reino de Judá é invadido e saqueado (12: 1-13) (sua infidelidade ao Senhor resulta em invasão e humildade)
    Roboão morre (12: 13-16)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 B. O Reino de Abias (13)

    1 Reis 15 - o mal como Roboão. Ele não procurou o Senhor como Davi. Crônicas destaca seu sucesso na guerra contra Jeroboão de Israel por causa de sua confiança no Senhor - vs. 12-15. Jeroboão não se recuperou, foi atingido pelo Senhor e morreu - 20



    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 C. O Reino de Asa (14-16)

    Vitórias Antigas (14) Acertou, removeu a idolatria e derrotou a Etiópia
    Advertências e Reformas (15) após advertência, instituiu mais reformas no seguimento do Senhor
    Tratado das Vitórias posteriores (16: 1-6) com Aram leva à vitória sobre Israel
    Repreensão e tolice (16: 7-10) - acometidas de doenças por não confiarem no Senhor
    Morte de Asa (16: 11-14)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 D. Reino de Josafá (17-20)

    Expansão do Reino (17) (Seguiu o exemplo de Davi. Deus estabeleceu o reino e deu paz)
    Aliança Tola (18) (teve filho se casar com filha de Acabe. Aliada com Acabe para a guerra)
    Reformas (19) (repreendido por Jeú - instituiu reformas com juízes piedosos)
    Vitória sobre invasores (20: 1-30) O Senhor lutou por eles e os invasores se destruíram
    Avaliação de seu reinado e loucura final (20: 31-37)
    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 E. Reino de Jeorão (21)
    Jeorão era mau.
    Ele matou todos os seus irmãos - vs 4.
    Nós éramos casados ​​com a filha de Ahab - vs.
    Edom e Libna se revoltaram porque Jeorão havia abandonado o Senhor Deus - vs. 10.
    Elias profetizou seu fim no qual sua família e seus bens com grande calamidade e ele com doenças - vs. 12-15.
    A profecia foi então cumprida - vs. 16-20)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 F. Reino de Acazias (22: 1-9)

    Acazias era mau, seguindo os caminhos de Acabe, seu avô - vs. 1-4.
    Ele fez uma aliança com Jeorão, rei de Israel, seu primo.
    Ele foi morto por Jeú quando destruiu a casa de Acabe
    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 G. Reino de Atalia (22: 10-23: 15)
    Athaliah, filha de Acabe, matou todos os outros filhos da realeza quando soube que seu filho, Acazias, estava morto para governar como rainha.
    Jehoshabeath, a tia de Joash o esconde. Ela e o marido, Joiada, sumo sacerdote, mantêm Joás escondido por 6 anos enquanto Atalia reinou.
    No sétimo ano, Joiada ordenou que Joás fosse proclamado rei (23: 1-11) e Atalia executada (23: 12-15)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 H. Reino de Joás (23: 16-24: 27)

    Influência de Joiada (23: 16-24: 3)
    Reparos no templo (24: 4-14)
    Sua volta ao mal (24: 15-27)
    Morte de Joiada (15,16)
    Volte para a idolatria (17-19)
    Assassinato de sacerdotes (20-22)
    Derrotado por Aram (23-24
    Assassinado por servos (25-27)



    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 I. Reino de Amazias (25)

    Derrota dos edomitas (1-13) (Começou a fazer o que era certo, confiando em Deus)
    Idolatria resultando em derrota por Israel (14-28) (Trouxe de volta os ídolos, repreendeu, mas não mudou. Derrotado por Israel - e depois assassinado)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 J. Reino de Uzias (26)

    Primeiros sucessos (1-15) (16 anos, reina 52 anos. Fez bem diante do Senhor como Amazias. Continuou a buscar a Deus e prosperou - vs. 1-5. Sucesso na guerra - filisteus, árabes, amonitas).
    Orgulho e lepra posteriores (16-23) (Quando ele se fortaleceu, tornou-se orgulhoso - vs. 16. O Senhor o atingiu com lepra por usurpar o papel de sacerdote - vs. 17-21).

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 K. Reino de Jotão (27)

    25 anos de idade. Reinou por 16 anos.
    Ele fez diante do Senhor como Uzias
    Ele foi bem-sucedido na guerra e na construção - tornou-se poderoso porque ordenou seus caminhos diante do Senhor seu Deus - vs. 6.

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 L. Reino de Acaz (28)

    20 anos de idade. Reinou por 16 anos.
    Ele andou nos caminhos dos reis de Israel. Deus o entregou nas mãos do rei de Aram - vs. 5f e dos Filhos de Israel - vs. 8f.
    O pacto com Tiglath-Pilneser e o tributo pago não ajudaram - vs 16 f.
    Ele fechou as portas da casa do Senhor e fez altares para si - vs. 24 e seg. .
    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 M. Reino de Ezequias (29-32)
    Reformas sob Ezequias (29-31) (templo purificado, levitas consagrados. Primeira Páscoa desta natureza desde Salmon. Avivamento - remoção da idolatria. Restabeleça o dízimo e as ofertas)
    Libertação da invasão assíria (32: 1-23) (Preparado para a invasão. Assírios arrogantes, Ezequias humilde. Senhor destruiu assírios)
    Sua vida estendida (32: 24-33) (orou quando estava mortalmente doente - Deus estendeu sua vida. Repreendido por orgulho, ele se humilhou)


    Resumo do Livro de Crônicas 1 e 2

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 N. Reino de Manassés (33: 1-20)

    12 anos, reinou 55 anos.
    Mal como as nações espoliadas por Israel -
    Quando derrotado, capturado e levado para a Babilônia - ele se humilhou - e o Senhor o restaurou (10-13).
    Ele reconstruiu e instituiu reformas (14-20)
    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 O. Reino de Amon (33: 21-25)
    22, reinou 2 anos.
    Mal como Manassés havia sido antes de seu arrependimento.
    Ele não se humilhou e multiplicou sua culpa. Assassinado por criados.

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 P. Reino de Josias (34-35)

    8 anos, reinou 31 anos.
    Bom - fez bem aos olhos do Senhor, andando nos caminhos de Davi - não se desviou para a direita ou para a esquerda
    Reformas de Josias (34: 1-25: 19)
    Eliminando a idolatria (34: 1-7)
    Reparando o Templo (34: 8-13)
    Respondendo à Lei (34: 14-33) -
    Celebrando a Páscoa (35: 1-19)
    2. A derrota e a morte de Josias (35: 20-27)

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 P. O reino de Joaaz (Jeoacaz) (36: 1-3)

    23 anos, reinou 3 meses.
    Deposto e deportado para o Egito pelo faraó Neco, que impôs tributo à terra.
    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 R. Reino de Jeoaquim (36: 4-8)
    25 anos, reinou 11 anos.
    Irmão mais velho de Joahaz. Instalado pelo faraó Neco.
    Mal. Capturado por Nabucodonosor e levado para a Babilônia

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 S. Reino de Jeoiquim (36: 9-10)

    8 anos de idade, reinou 3 meses.
    Capturado por Nabucodonosor e levado para a Babilônia

    IV Reis de Judá - 2 Crônicas 10-36 T. Reino de Zedequias (36: 11-21)

    21 anos, reinou 11 anos.
    Tio para Joaquim, irmão de Jeoacaz. Instalado por Nabucodonosor.
    Mal, rebelou-se contra Nabucodonosor.
    Sacerdotes e pessoas infiéis
    Jerusalém capturada, saqueada e queimada. Os que não foram mortos foram deportados
    Cyrus Proclamação de Retorno 2 Crônicas 36: 22-23
    De acordo com a profecia de Jeremias, no final dos 70 anos de exílio, Ciro, rei da Pérsia, emitiu um decreto para permitir o retorno e construir um templo ao Senhor, o Deus do céu


    Referências
    Grace Bible NY

    Publicidade

     

    Missão: Visão missionária (marca da historia da igreja cristã) visa abordar temas como salvação, cristianismo, teologia e histórias bíblicas de uma forma geral, através da internet e redes sociais.

    voltar