Dormindo com as rãs: A praga de Exôdo 8

DORMINDO COM AS RÃS - Praga das rãs - Exôdo 8: 1 - 15

Rãs, em todas as partes. Cobrindo a terra do Egito. Das águas dos rios, rãs eram produzidas em abundância e podiam ser encontradas nas casas, nos fornos, nas camas, no Egito, sobre o povo, sobre os oficiais, sobre as lagoas, sobre o Egito, enfim, a praga das rãs transformou a vida em um verdadeiro “inferno”. Conviver com a rã é sacrificante ou até impossível, pior ainda com rãs em abundância. Você gostaria de conviver com rãs? Você gosta de ser conivente com o pecado?
No entanto, havia a possibilidade do Egito se livrar desta praga. Faraó tão somente deveria deixar ir o povo de Deus. Bastava uma ordem e Faraó estaria livre destas rãs. Da mesma forma com uma simples ordem podemos estar livres do pecado que existe em nossas vidas.

Retire as rãs!


Estar com aquela praga é tão insuportável, que o Rei chama Moisés e a Arão e suplica uma convocação a Deus para que dali retire as rãs.
Moisés, pergunta a Faraó: Quando hei de rogar por ti?
Surpreendentemente, O Rei responde: AMANHÃ.
Sim, Amanhã.
Rãs, lá estavam elas, infestando toda a Cidade, tornando o cotidiano um desastre nas casas, nos pátios e nos campos, mas Moisés ouve a resposta de Faraó: Amanhã.
Você tem feito como Faraó? Deixado para amanhã e está dormindo com as rãs.
Publicidade

Dormindo com as rãs.


Faraó adia por mais uma noite sem nenhuma explicação lógica ou, no mínimo, plausível para sua decisão. Ainda era possível "dormir" com ela mais um pouco? Dá para viver um pouco com o pecado? Esperar outra solução que não seja a intervenção de Deus? Acostumar-se estar em meio a rãs? Por que Amanhã?
Atitude de Faraó revela a peculiaridade da natureza pecaminosa humana. Criar, cultivar e tolerar o pecado. Tolerância é consentimento. É permissão. Lá estavam elas em todas as partes, mas podem ficar até Amanhã. Rogai ao senhor que tire as rãs de mim, clama Faraó, porém, complementa: Amanhã.

Rãs - Dormindo com as rãs: A praga de Exôdo 8
by Pixabay - Pauline_17

Libertação


Quanto a nós? Jesus é a verdade que liberta hoje. Por que estaríamos dormindo com as rãs mais uma noite? Hoje, o que pode nos representar aquelas rãs? Talvez por muito tempo você possa suportar ou tolerar a praga das rãs. Tolerância gera acomodação. Acomodação significa conforto. Conforto, adiamento.
Você tem vivido em meio as rãs?
            As rãs, amanhã?
            Liberdade hoje?

A viúva, o profeta Eliseu, a botija e o azeite: 2 Reis 4

 A viúva, o profeta Eliseu, a botija e o azeite: 2 Reis 4


É muito comum em gincanas e estudos bíblicos perguntas como quem foi o marido da viuva de 2 reis 4 ? qual a medida de uma botija de azeite ? Qual era o nome do marido da viuva do azeite? Quem era o esposo da viuva de sarepta ?
Todas essa perguntas são importantes para o desenvolvimento do estudo da bíblia, mas o mais importante é a mensagem transmitida com o texto muito utilizado em pregação por diversos preletores.

O marido da viuva do azeite.


De acordo com o texto de 2 Reis 4:1 Uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu, dizendo: Teu servo meu marido é morto; e tu sabes que teu servo era temeroso do SENHOR: e veio o credor para tomar-se dois filhos meus por servos.
A mulher a que se refere a Bíblia informa o seu marido (falecido) era servo e temeroso a Deus.

Publicidade

Traga botijas de azeite.


Em seguida, no versículo 2 Eliseu faz uma pergunta Que te farei eu? 
Imediatamente o profeta continua: Declara-me que tens em casa. 
A viúva responde: Tua serva nenhuma coisa tem em casa, a não ser uma botija de azeite.  Então Eliseu complementa: Vai, e pede para ti vasos emprestados de todos teus vizinhos, vasos vazios, não poucos. 

Botija de azeite derramado: Derrama azeite enquanto há botijas.


O profeta então dá uma ordem: 4 Entra logo, e fecha a porta atrás de ti e atrás teus filhos; e deita em todos os vasos, e em estando um cheio, põe-o à parte. 
5 E partiu-se a mulher dele, e fechou a porta atrás si e atrás seus filhos; e eles lhe traziam os vasos, e ela deitava do azeite.

A viúva, o profeta Eliseu, a botija e o azeite: 2 Reis 4
by Pixabay - Azeite

Botija acabou: O azeite parou.


6 E quando os vasos foram cheios, disse a um filho seu: Traze-me ainda outro vaso. E ele disse: Não há mais vasos. Então cessou o azeite. 

Agora é preciso trabalhar...



7 Veio ela logo, e contou-o ao homem de Deus, o qual disse: Vai, e vende o azeite, e paga a teus credores; e tu e teus filhos vivei do que restar. 

Leia também: 

João viu um novo céu e uma nova terra: Cidade santa Jerusalém

João viu um novo céu e uma nova terra: Cidade Santa Jerusalém


No texto de Apocalipse 21 João relata a visão de um novo céu e uma nova terra.


A Visão de João


No primeiro versículo ele começa dizendo eu “ E eu vi um novo céu e uma nova terra; porque o primeiro céu e a primeira terra [já] passaram; e e [já] não havia mar. 

O próprio João afirma, no versículo 2 que “E eu, João, vi a cidade santa, a nova Jerusalém, descendo do céu [vinda] de Deus, preparada como noiva, adornada para seu marido.”

Publicidade
Então, no terceiro versículo João ouviu uma “grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.  Mais do que isso João traz uma grande promessa, no versículo 4 “E Deus limpará toda lágrima dos olhos deles; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem mais haverá dor; porque as primeiras coisas [já] passaram”

O que estava assentado sobre o trono, no versículo 5, pediu a João que registrasse que: “ Eis que eu faço novas todas as coisas. E ele me disse: Escreve, porque esta palavras são verdadeiras e fiéis. ”

O primeiro e o último: versos 6 e 7: “Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.  Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. 8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

Cidade Santa Jerusalém:


Nos versos 9 e 10 João relata mais especificamente sobre a Cidade Santa Jerusalém dizendo que  “E veio a mim um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas; e ele falou comigo, dizendo: Vem, [e] eu te mostrarei a noiva, a mulher do Cordeiro. E ele me levou em espírito a um grande e alto monte; e ele me mostrou a grande cidade, a santa Jerusalém, descendo do céu [vinda] de Deus

Agora, nos versos 11 a 13, João descreve esta Cidade Santa Jerusalém, segundo o texto tendo a glória de Deus; e sua luz era semelhante a uma pedra preciosíssima, como a pedra de jaspe, como cristal brilhante e tinha um grande e alto muro tendo doze portas; e nas portas doze anjos, e nomes escritos nelas, que são os [nomes] das doze tribos dos filhos de Israel. No oriente [tinha] três portas; no norte três portas, no sul três portas, [e] no ocidente três portas. 
João viu um novo céu e uma nova terra: Cidade santa Jerusalém
by Pixabay Bílbia

Os fundamentos do muro da cidade de Jerusalém (versos 14-20)

Segundo o texto o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro. 
Relata o autor que Aquele que estava falando comigo tinha uma cana de ouro, para medir a cidade, e suas portas, e seu muro e a cidade estava como um quadrado; e o seu comprimento era tanto quanto [sua] largura. 
E ele mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e seu comprimento, largura e altura eram iguais, mediu seu muro de cento e quarenta e quatro côvados, [conforme] a medida humana, que é [também] a do anjo. 
A constituição de seu muro era [de] jaspe; e a cidade [era] de ouro puro, semelhante a vidro puro. 

Os fundamentos do muro da cidade estavam adornados com toda pedra preciosa; 

  1. o primeiro fundamento era jaspe; 
  2. o segundo, safira; 
  3. o terceiro, calcedônia; 
  4. o quarto, esmeralda; 
  5.  (verso 20) O quinto, sardônica; 
  6. o sexto, sárdio; 
  7. o sétimo, crisólito; 
  8. o oitavo, berilo; 
  9. o nono, topázio; 
  10. o décimo, crisópraso; 
  11. o décimo primeiro, jacinto; 
  12. o décimo segundo, ametista. 

João descreve as portas da Cidade (versos 22-23)


E as doze portas eram doze pérolas; 
cada uma das portas era de uma pérola; 
e a praça da cidade [era] de ouro puro, como vidro transparente. 

No versículo 22 o autor relata que nela eu não vi templo, porque o templo dela é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro.  E a cidade não necessita de sol nem de lua para que brilhem nela; porque a glória de Deus a ilumina, e sua lâmpada [é] o Cordeiro. 

Veja também:

Significado de Pentateuco e os Livros Canônicos

Significado de Pentateuco e Cânon.


Tem origem da língua grega e quer dizer, "os cinco rolos", referindo-se aos cinco primeiros livros da Bíblia. Quem escreveu o Pentateuco? Muitos são os estudos sobre o Pentateuco e sobre o que significa o termo.   Leia também: Resumo e Esboço completo do Livro de Daniel

Livros históricos que compõem o pentateuco (Lei ou Torá).

1)       Gênesis,
2)       Êxodo,
3)       Levítico,
4)       Números
5)       Deuteronômio.

Tanto a tradição judaica e cristã aceitam a autoria de Moisés. 

É mais comum a utilização do termo Torá - muitas vezes traduzida como “Lei” também no sentido, como em pentateuco, se referindo aos primeiros cinco livros da Bíblia (Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio), conhecidos como os " Cinco Livros de Moisés ".


Publicidade 
Confira Malaquias 3:7-12 - Significado de Roubar a Deus nos Dízimos.

A Bíblia tem sido tradicionalmente dividida em três partes: 

  • (1) Lei, ou Torá (Pentateuco)
  • (2) Profetas 
  • (3) Escritos/Sabedoria
Após a morte de Moisés (Josué 1: 7-8), o próprio Deus falou a Josué e referiu-se a um Livro da Lei que Moisés tinha dado ao povo(2). Para a igreja cristã na época de Josué, a Torá, (Pentateuco), que foram canonizados como Lei de Deus para Moisés, Josué 8: 30-35; 23: 6; 24:26, 2 Reis 14: 6; 22: 3-20. 

Acredita-se que Pentateuco, a Lei ou a Torá, foi criada entre o 8º e o 5º séculos aC (5) Os textos legais (Êxodo 24: Deuteronômio 31) são necessários para governar a vida dentro da comunidade onde foram, os primeiros dados, coletados. De acordo com o texto de Êxodo 24: 4, Moisés escreveu as palavras do Senhor, sendo então preparadas para o povo. Assim, por volta do ano 400, o livro de Neemias menciona Ezra que lê a Lei de Moisés ao povo (ver Neemias 8). O grupo de livros do pentateuco foi provavelmente formado nessa época.

O Pentateuco  dificilmente poderia ser colocado em qualquer outra posição, pois relata as origens do mundo e de Israel, e ao fazê-lo forneceu um pano de fundo para tudo o que se segue. Além disso, os cinco livros não poderiam ser colocados em qualquer ordem que não a existente dado o enredo que os conecta com a sequência histórica bíblica, por exemplo, Deuteronômio é a ligação entre o Pentateuco e os demais livros do Antigo Testamento, não simplesmente com Josué - Reis, e assim, por exemplo, a profecia de Malaquias faz uso extensivo de Deuteronômio.

Assim, grande parte da tradição cristã evangélica no Brasil entende que o Pentateuco foi dado a Moisés. 
Significado de Pentateuco e Cânon.

O Pentateuco e o Cânon

  • Tem origem na palavra grega kanon que significa “cana”. 
  • Kanon eram palhetas usadas como instrumentos de medição. 
  • O significado de kanon gradualmente se transformou em "regra" ou “Medida”. 
  • No contexto do teológico cânon bíblico, refere-se aos livros que são aceitos como sendo divinamente inspirado e que tenham se preservado através dos tempos como nossa Bíblia

Leis da Canonicidade(1) 

  • 1. Profeta ou Origem Apostólica - atribuída e baseada na pregação / ensino do Antigo Testamento. Profeta do Testamento ou apóstolos da primeira geração (ou seus companheiros próximos). 
  • 2. Aceitação Universal - reconhecida por todas as principais comunidades cristãs da antiguidade mundo (até o final do século IV), bem como o cânone aceito pelas autoridades judaicas (para o Antigo Testamento). 
  • 3. Uso Litúrgico - lido publicamente quando as primeiras comunidades cristãs se reuniram para o Ceia (seus cultos semanais de adoração). 
  • 4. Mensagem Consistente - contendo uma perspectiva teológica semelhante ou complementar a outra escritos cristãos aceitos. 
  • 5. Mensagem inspirada - o livro tem uma qualidade que fala de inspiração divina?

Pentateuco no Antigo Testamento (3)

  • 1. Antes do cativeiro babilônico - Antes deste período (606 aC), o Antigo Testamento aparentemente, livros foram colocados ao lado da Arca da Aliança no templo. Isto é indicado nas seguintes passagens: (Êx 24: 3-4, 7). (Deut. 31: 24-26) (2 Reis 22: 8-10), (1 Sam. 10:25), 
  • 2. Durante o cativeiro babilônico - Os livros foram provavelmente levados para a Babilônia e mais tarde recolhido por Daniel. Em 9: 2 de seu livro, o profeta Daniel (Dan. 9: 2). Aqui Daniel afirma especificamente que ele estava lendo Jeremias e "os livros", uma referência, sem dúvida, aos outros livros do Antigo Testamento escrito até aquele momento. 
  • 3. Após o cativeiro babilônico - Estes livros podem ter sido levados de volta para Jerusalém pelo profeta Esdras e mantido no templo recém-concluído. (Veja Esdras 3: 10-11; 6: 15- 18; Neh. 8: 1-8.) 


Podemos resumir, de forma bem sintética, a história da formação do cânon em (4): 

  • A maioria dos livros do Antigo Testamento eram originalmente escrito em hebraico; 
  • Depois que Alexandre, o Grande conquistou a Palestina no século IV aC, os livros que se tornariam o Antigo Testamento foram traduzidos para Grego. 
  • A versão grega das Escrituras judaicas chegou a ser chamada de Septuaginta. 
  • Outros textos bíblicos, como Tobit, Judith, Baruch e 1 e 2 Macabeus, foram traduzidos para o grego e posteriormente incluídos nos livros históricos dao cânon. 
  • Os livros incluídos são considerados “Deuterocanônico” (segundo cânon) e não estão incluídos na maioria das versões protestantes da Bíblia, pois os reformadores protestantes preferiram incluir apenas aqueles livros que foram originalmente escritos em hebraico. 

Veja a Promessa Patriarcal: Deus de Abraão, Isaque e Jacó

Proposta cronológica para o Cânone por Philip W. Comfort (6)

  • c. 1400–400 aC Livros do Antigo Testamento hebraico escritos
  • c. 250–200 aC A Septuaginta, uma tradução grega popular do Antigo Testamento;
  • 45 a 85 dC Livros do Novo Testamento Grego escritos
  • 90 e 118 Concílios de Jamnia dão a afirmação final ao cânon do Antigo Testamento (39 livros) *
  • O “Novo Testamento” herético de 140-150 de Marcion incita os cristãos ortodoxos a estabelecer um cânon NT
  • 303-306 A perseguição de Diocleciano inclui confiscar e destruir as Escrituras do Novo Testamento
  • c. 305-310 Lucian do texto grego do Novo Testamento de Antioquia; torna-se uma base para Bíblias posteriores
  • 367 A Carta Festiva de Atanásio lista o cânon do Novo Testamento completo (27 livros) pela primeira vez
  • 397 Concílio de Cartago estabelece cânone ortodoxo do Novo Testamento (27 livros)
  • c. 400 Jerônimo traduz a Bíblia para o latim; esta "Vulgata" torna-se padrão da igreja medieval
Os livros canônicos que compõem a Bíblia evangélica e que contêm as premissas básicas do cristianismo e suas doutrinas como dízimo, dons espirituais e outros são oriundas deste conjunto canônico hoje estudado por estudiosos de eclesiologia, cristologia, soteriologia, escatologia, hermenêutica, pneumatologia e outras disciplinas teológicas, a fim de fornecer bases sólidas ao pensamento cristão 

Referências:
(1) http://www.rvcc.info/pdf/2014/01.26.14-bible_canonization.pdf
(2) http://www.grockcofc.org/index_files/Docs/The Biblical Canon.pdf
(3) Willmington, Harold, "O Canon da Bíblia" (2018). O arquivo do manual do proprietário . 69 http://digitalcommons.liberty.edu/owners_manual/69
(4) http://www.usccb.org/bible/national-bible-week/upload/milinovich-bible-literacy.pdf
(5) https://hts.org.za/index.php/HTS/article/viewFile/494/393
(6) https://static1.squarespace.com/static/544ec724e4b0507056ef35b0/t/5821192c6a49637a07d8700e/1478564140849/How+We+Got+Our+Bible.pdf
Wikipedia

Quando é chegada a hora para o encontro com Deus!

Quando é chegada a hora para o encontro com Deus!  Parábola das Dez virgens.

Quando é chegada a hora para o encontro com Deus!

      
Quando é chegada a hora para o encontro com Deus!


         Em Amós, uma nação ao encontro de seu Deus. Prepara-te ó Israel para encontrares com teu Deus.
         Na parábola das Dez virgens o encontro do noivo.
        As virgens representam a igreja. A nação em Amós também representa a igreja.  Nos dois casos os atos preparatórios são tão importantes, quanto o encontro propriamente dito. 
       As virgens loucas não se preparam, mas, as prudentes preparadas estão. Assim, o importante, é a preparação. Prepara-te, diz o profeta, para encontrares com teu Deus.
         Uma análise apurada do relato nos permite entender que o encontro está diretamente relacionado com os atos preparatórios. Seria aquela uma nação louca ou prudente? Diante dos eventos proferidos pelo profeta do Deus do encontro, no decorrer do quarto capítulo, Ele, o próprio Deus, revela Sua parte, devidamente cumprida no que toca aos preparativos para o encontro. Mas, e a nação? Comparada a Vacas de Basã estava mais para a loucura do que para a prudência. Sim, uma nação despreparada, um encontro iminente. Virgens loucas, Noivo à porta.
       Talvez você ainda não esteja preparado para o grande encontro com Deus. Jesus Cristo morreu na cruz por nós para preparar o caminho para esse encontro. Ele, Jesus, é o caminho somente através Dele podemos chegar a Deus. É hora de, como as virgens prudentes, preparar-te para o encontro com Deus. Não esteja como a Nação de Israel, desapercebida.

Publicidade
        Prepara-te Israel... Aprecem-se loucas. Por mais que a hora se aproxima enquanto não é chegada, há sempre uma chance. Corram...Prepara-te... a hora é chegada. Uma nação despreparada fica longe do Deus do encontro, assim como as loucas ficam sem o Noivo.
        Preparar-se para o encontro é a única escolha que deve ser feita.
        O homem com Cristo, a vida eterna.
       Alcançar a vida eterna é encontrar com Jesus que, através de Seu sacrifício, preparou o caminho para esse encontro em que eu e você (nação ou virgem) precisamos tão somente nos preparar e , como preparo devemos: 
  1. Não deixar para última hora (Mt 25:13 ), 
  2. Ler, ouvir e guardar a palavra (Apoc 1:3), 
  3. e ser paciente ( Tiago)
Veja também:

Quem deras fosse frio ou quente? Como está tua temperatura com Deus?


Nesta postagem confira um esboço de sermão sobre o texto de Apocalipse 3: 14-22.


"Quem deras fosse frio ou quente?" Apoc 3:14-22



Introdução:

Imagine você  uma cidade onde milhares de pessoas circulam em busca de produtos, como tecidos, pois ali se encontram os melhores sendo por isso tão bem pagos. Um lugar em que o comércio gere riqueza e se desenvolva fazendo com que seus cidadãos se enriqueçam. Além disso, nesta cidade, a ciência avança e chega a produzir um colírio que faz verdadeiros milagres nos olhos dos moradores. Por tudo isso, moradores do local ostentam o que há de melhor em vestuário e desfilam orgulhosos pelas ruas, certos de que, lugar como este não há dizendo "Rico sou, e estou enriquecido e de nada tenho falta." (v.17)
     Pois bem, esta não é uma cidade fictícia.




1. Quem deras fosse frio ou quente? Ser morno é ser indiferente.

Há uma diferença entre quente e frio. Através do morno não se conhece nem o quente, nem o frio.  Segundo estudiosos, essa era a realidade de Laodicéa: a cidade que recebeu a Carta de João, relatada em Apocalipse 3:14. O orgulho dos cidadãos locais se reflete nos membros frequentadores daquela igreja. Logo, a igreja é formada por estes cidadãos. Na dualidade de ser cidadão de Laodicéia e membro da igreja surge o equilíbrio. O ser morno. Nem quente, nem frio: morno. Nem ousadas, nem tímidas: indiferentes, assim são suas obras. Os acontecimentos externos à igreja envolvem de tal forma os membros que a produtividade em seu interior deixa de ser considerável ao ponto de ser classificada como "morna". De fato, o impacto do orgulho do desenvolvimento local é tão grande que Jesus chega a dizer, no verso 20, que está à porta, e bate.  Ora, se alguém está a porta e bate é porque está posto do lado de fora.

Publicidade 
Veja também: Como Pelejar na Batalha? | Esboço de Sermão para pregação


2. Quem deras fosse frio ou quente? É preciso tomar uma decisão.

Parece-me que o povo da igreja de Laodicéia precisa tomar uma decisão.  Thomas Hobbes dizia que o homem tende a preservar sua conquista, não abrindo mão do que lhe é essencial. Ser frio ou quente significa decidir-se. A decisão em questão implica em perdas, abrir mão. Ser morno significa preservação.  Não se pede aos membros que fujam da cidade e habitem em regiões inóspitas. Pede-se uma decisão: "Quem deras fosse frio ou quente?" Não adianta esconder-se por detrás de suas obras mornas, pois elas significam conveniência.

Bíblia

Conclusão: Aqueça-se!

Você não vive em Laodicéa, mas você pode estar vivendo uma Laodicéia. É uma questão de decisão.  Deixe que a alegria de servir a Deus venha aquecer a sua vida e elevar a sua temperatura espiritual. É possível viver em Laodicéia, porém, não viver Laodicéia.


Veja também:



    

Publicidade

 

Missão: Visão missionária (marca da historia da igreja cristã) visa abordar temas como salvação, cristianismo, teologia e histórias bíblicas de uma forma geral, através da internet e redes sociais.

voltar