Publicidade

Estudo Bíblico sobre a Raiva: Significado e Aplicação

A Bíblia Revela o Significado da Raiva

A raiva é uma resposta ativa e completa de um julgamento moral negativo contra o mal percebido.

O Novo Testamento tem três palavras para raiva:

  • Thumos - raiva explosiva, a agitação fervente do sentimento e paixão da raiva ("ira") - Efe. 4:31
  • Orge - uma atitude permanente e indignada de indignação que freqüentemente busca vingança (“raiva” ) - Efe. 4:31
  • Parorgismos - raiva misturada com irritabilidade, exasperação e amargura (“raiva” ) - Efe. 4:26

Definição de raiva

A raiva tem um objeto (um alvo) ela é freqüentemente usada como uma ferramenta para conseguir o que uma pessoa quer ou como uma arma de punição quando uma pessoa não consegue o que quer (Tiago 4: 1-3).
A raiva julga as coisas.

Pesa alguma coisa e acha errado, faltando ou desagradando e então entra em ação. Esse não deve ser o caminho do crente. Saiba c omo ser um Cristão que Adora em Espírito e Verdade.

A raiva é disfarçada por nomes

  • Chateada, ofendida, incomodada, irritada, precisa de uma soneca, Irritada, ressentida, irada, no ponto de ebulição, enfurecida, enfurecida
  • Perturbado, desapontado, frustrado, irritado, quente sob o colarinho, excitado, angustiado, amargo, desagradável, levantou-se do lado errado da cama

Publicidade

Deus irá julgá-lo por raiva (Mateus 5:22a)?

Jesus está dizendo que a raiva é tão ruim quanto o assassinato (Mateus 5:22)?
  • Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.Mateus 5:22
Não, ele não disse isso. Ele apenas disse que ambos seriam julgados! O assassinato é pior do que a raiva - mas sua fonte está na raiva.

A ira justa é contra o pecado devido à violação dos direitos de Deus.
A raiva pecaminosa é contra as pessoas por causa da violação dos direitos pessoais.
Como você está lidando com sua raiva?
A raiva pode tirar o melhor de nós.
Você sofre mais com sua raiva.

A perspectiva da Bíblia sobre a raiva


  1. A raiva é algo que uma pessoa escolhe fazer. As pessoas não nos irritam (Sl 37: 8, Ef 4:31)
  2. A raiva vem como resultado da idolatria: colocar o eu no lugar de Deus (Romanos 12:19, Tiago 4: 3)
  3. Raiva é assassinato mental (Mt 5: 21-22, Tiago 4: 3)
  4. A raiva é extremamente enganosa (Hebreus 3:13)
  5. A raiva é ensinada e modelada para nós na vida (Pv 22: 24-25). Pode se tornar um hábito ou uma segunda natureza através da prática (Pv 19:19)
  6. A Bíblia sempre alerta as pessoas a não se zangarem (Ec 7: 9; Tiago 1: 19-20, Romanos 12:19, Ef 4:31, Sl 37: 8).
  7. A Bíblia pede uma resposta diferente do que a maioria das pessoas pensa ser uma ocasião normal e justificável para a raiva (Mt 5:44, 22:39, Rom. 12:18, Ef. 5:25).

Raiva — tanto certa quanto errada

    • Ef. 4:26-27 – Fique com raiva sem pecar.
    • Ef. 4:31 – Afaste a raiva de você!
    • Como conciliar os dois?
        ◦ Ef. 4:26-27 aceita a raiva como uma emoção normal e dá instruções para controlá-la – Mc. 3:5; João. 2:13-17
        ◦ No entanto, os cristãos não devem ser caracterizados pela raiva – Ef. 4:31
        ◦ Somos um povo de perdão e paz – Ef. 4:32

Quando a raiva é pecado?
    • Quando não é controlado
    • Quando é pelo motivo errado
    • Quando é inadequado para a situação

Raiva Pecaminosa
    • Quando motivado pelo ciúme – Lucas 15:25-32
    • Quando alimentado pelo orgulho – Daniel 3:12, 19; 1 animal de estimação 2:21, 23
    • Quando não baseado em fatos – Eccl. 7:8-9; Ja. 1:19-20; 4:11
    • Quando se inflama em ira - Gal. 5:19-21

Como lidamos com a raiva?

    • Não deixe o "sol se pôr sobre a sua ira" - Ef. 4:26
        ◦ A raiva pode persistir, mas a ira deve ser dissipada.
        ◦ A ira prolongada produz ira, que produz vingança – Rom. 12:19
    • Não "dê lugar ao diabo" - Ef. 2:27
        ◦ Brigas precisam ser trabalhadas e perdoadas.
        ◦ O Diabo pode usar a raiva prolongada para um pecado maior.

Respostas práticas à raiva

    • Abster-se de diferenças mesquinhas – Prov. 19:11; 17:14
    • Abstenha-se de se associar com pessoas iradas – Prov. 22:24-25
    • Fique de olho na sua língua – Prov. 15:1; 21:23
    • Cultive a honestidade em sua comunicação – Prov. 27:4-6; Ef. 4:25; Mt. 18:15



Veja também

Como lidar com a raiva pecaminosa

O que ler na bíblia quando estiver com raiva?

  1. Reconheça que a grande maioria da raiva é pecaminosa
  2. Identifique os pensamentos e desejos dominantes (ídolos) que governam seu coração (Tiago 4: 1-3)
  3. Minha raiva está "preparada e pronta" para responder ao pecado de outra pessoa? (1 Cor.13: 4-7, Tiago 1: 19-20)
  4. Confesse seu pecado a Deus e aos outros. Seja específico!
  5. Peça perdão a Deus e aos outros (1 João 1: 9, Lucas 17: 3-4)
  6. Pela graça de Deus, arrependa-se da sua raiva
  7. Peça a ajuda e a sabedoria de Deus (Tiago 4: 2b, 3)
  8. Identifique e "adie" quaisquer desejos, pensamentos ou crenças que sejam pecaminosas (Ef 4:22, Rom. 12: 2a).
  9. Renove esses desejos, pensamentos e crenças, observando a Palavra de Deus (Ef 4:23, Rom. 12: 2b)
  10. Substitua e “coloque” desejos justos, pensamentos, crenças e motivos construídos apenas na adoração a Jesus Cristo (Ef 4:24)
  11. A prática consistente de respostas justas é a chave para o crescimento e a mudança (1 Tim. 4: 7b-8)
  12. Pare e se arrependa rapidamente quando começar a responder com raiva. Não finja que não aconteceu. Não a ignore. Confesse e busque perdão rapidamente (Ef 4:26)
  13. Veja Deus no meio da provação (Gênesis 50:20, Rom. 8: 28-29)
  14. Retorne com o bem pelo mal (Rom. 12:21)

Alguns, senão muitos de vocês, têm problemas com raiva.

    • Alguns, senão muitos de vocês, têm problemas com raiva.
    • Como filhos de Deus, todos podemos fazer esta jornada de mudança juntos.
    • Aqui estão algumas coisas que aprendi ao longo dos anos em minha luta contra a raiva pecaminosa.
    • Compreender e aplicar essas verdades à sua própria vida o ajudará a superar a raiva pecaminosa e a ver frutos duradouros.

A raiva aparece em três formas:

    • 1) explosivo e explosivo;
    • 2) estufamento, fervura ou indignação silenciosa;
    • 3) irritabilidade, exasperação ou amargura.
    • A raiva silenciosa é tão ofensiva para Deus quanto a raiva explosiva.
    • Como você tende a expressar sua raiva? 

A raiva prejudica os relacionamentos:

    • Você escolhe quem recebe sua raiva porque a raiva é uma ameaça percebida a algo que você considera valioso.
    • O problema é que podemos passar um dia inteiro no trabalho sendo “legais” com nossos colegas de trabalho e depois perdê-lo em casa com as pessoas mais próximas de nós!
    • Tendemos a descontar naqueles que somos chamados a amar mais.
    • Quem tem sido mais alvo de sua raiva?  

A raiva colocou Jesus na cruz:

    • Você sabia que a ira do homem e a ira de Deus por todos os nossos pecados culminaram em Jesus quando ele foi à cruz para pagar a penalidade pelo pecado ( Atos 2:22–24 )?
    • Ele satisfez a ira de Deus e permitiu que o homem expressasse sua raiva contra ele ao mesmo tempo – o homem rejeitando a Deus e amando a Deus no mesmo evento da história.
    • Com que frequência você rejeita Deus em sua raiva por não fazer o que Ele o chama para fazer?
    • Você sente talvez que Deus está zangado com você? 

A raiva é coberta pelo sangue de Cristo:

    • O sangue de Cristo é suficiente para cobrir a sua raiva pecaminosa.
    • Não importa a ira que saiu de sua boca ou o que você fez fisicamente para prejudicar os outros ou a si mesmo, você pode ser perdoado e andar em novidade de vida.
    • A raiva é um pecado, mas a morte de Cristo é pagamento suficiente para cobri-la.
    • Se você morreu com Cristo, você se torna uma pessoa diferente ( Romanos 6:5-11 ).
    • Você acredita e vive como se sua raiva estivesse coberta pelo sangue de Cristo ou você age como se o sangue Dele não fosse suficiente?
    • É claro que estamos falando de raiva passada. A ira contínua é um pecado contínuo e não é coberto pelo sangue de Cristo. 

A raiva é um pecado que domina a vida:

    • Assim como qualquer outro “vício”, ficamos escravizados pela raiva.
    • Satisfaz temporariamente o nosso desejo pecaminoso e a nossa carne, mas nos sentimos culpados e envergonhados quando lhe damos total vazão.
    • É um ciclo vicioso de autodestruição.
    • Você está preso em um ciclo vicioso de raiva?
    • Se sim, você pode ser liberto ( 1 Coríntios 6:9-11 ).  

A raiva deve ser rendida:

    • A única saída é entregar sua raiva a Deus.
    • Não controle ou gerencie isso em sua carne.
    • Deus é o juiz, não você ou eu ( Tiago 4:11–12 ).
    • Você está pronto para descer do trono do seu mini-tribunal e permitir que Deus seja Deus?
    • Lembre-se: “minha é a vingança”, diz o Senhor ( Romanos 12:18–21 ).  




👉 5 Livros para enriquecer seu Ministério. Clique e Adquira!

  1. Pregação expositiva: Sua importância para o crescimento da Igreja
  2. Pregação Transformadora: 100 Mensagens inspiradoras para enriquecer seu sermão
  3. Panorama da história cristã: As intervenções de Deus na história
  4. Como Preparar Mensagens Bíblicas
  5. Bíblia Pregação Expositiva | RA |PU luxo preto


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva. Professor de Homilética e Teologia do Antigo Testamento. Pós-Graduado em Educação pela UFF.
0 comments:
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)