Publicidade

Sermão de Natal: Jesus Nasceu - Cumpriu-se a Profecia Isaías 9:6

A Promessa de Deus Isaías 9:6

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9:6

Sermão de Natal: Nascimento de uma Profecia Isaías 9:6

Assim como Deus fez uma grande promessa a Abraão, ele fez uma enorme promessa a Davi. Deus prometeu primeiramente fazê-lo Rei, e segundo isso através de seus descendentes, chegaria um rei dos reis.

Este rei não governaria apenas Israel, mas todo o mundo mundo. E não apenas ele governaria o mundo, mas salvaria as pessoas do mundo. Mas, as promessas não se cumpriram imediatamente; Davi teve que esperar 15 anos para tornar-se rei.

E então demorou muito mais tempo para chegar o Rei dos reis.

Mas o Rei dos reis valeu a pena esperar! O Rei dos reis era o menino Jesus.

1. Nascido de uma Mulher (Gênesis 3:15; Isaías 7:14 – Mateus 1:20, Gálatas 4:4):

Desde os primórdios, Deus prometeu enviar um Salvador. Gênesis 3:15 fala da semente da mulher que esmagaria a cabeça da serpente. Isaías 7:14 profetiza o nascimento virginal. Cumprindo estas profecias, Jesus nasceu de uma mulher, Maria, conforme registrado em Mateus 1:20 e enfatizado por Paulo em Gálatas 4:4.

2. Nasceu em Belém (Miquéias 5:2 – Mateus 2:1; João 7:41-42):

Miquéias 5:2 previu que o Messias nasceria em Belém. Mateus 2:1 e João 7:41-42 confirmam que Jesus cumpriu esta profecia ao nascer na humilde cidade de Belém.

3. Ele Seria Crucificado (Salmos 22:13-18 – Mateus 27:35, 39-44; João 20:25):

O salmista, em Salmos 22, descreve vividamente o sofrimento do Messias na cruz. Mateus 27:35 e João 20:25 confirmam que as profecias sobre a crucificação foram cumpridas. Jesus, o Cordeiro de Deus, suportou o peso dos nossos pecados para nos redimir.

4. Ele Ressuscitaria (Salmos 16:10; 49:15 – Marcos 16:6-7):

Salmos 16:10 e 49:15 antecipam a vitória sobre a morte. O túmulo não pôde prendê-Lo. Marcos 16:6-7 proclama a ressurreição triunfante de Jesus, cumprindo as Escrituras e oferecendo-nos a esperança da vida eterna.

Publicidade

5. Nascimento de Jesus prepara o mundo para a Salvação.

Nascido em um mundo confuso, ele chegou para limpar a nossa bagunça.

O Cristianismo oferece ao homem uma resposta ao seu problema de pecado (Romanos 3:23).

Jesus nasceu neste mundo para “salvar o seu povo dos seus pecados” (Mateus 1:21). Ele é o “salvador de todos os homens, especialmente daqueles que crêem” (1 Timóteo 4:10).

Portanto, através do Evangelho de Jesus Cristo, Deus fornece ao homem o poder necessário para ser o que de outra forma ele não poderia – salvo (Romanos 1:16).

Graças a Deus por Seu dom indizível (2 Coríntios 9:15), o Salvador Jesus Cristo.

Não é um tipo de bagunça de Natal, como embrulho de papel o chão da sala ou a louça depois do almoço de Natal. Ele veio para nossas vidas bagunçadas.

Mateus 1:21 diz que Jesus veio para salvar as pessoas do pecado. Isso significa que erros, suas decisões erradas e sua vergonha. Ele vem para trocar a bagunça pela esperança, paz e amor. Ele foi, como é, a promessa. A promessa de uma nova vida.


6. O Nascimento de Cristo nos revela o amor de Deus.

  • Jesus é a Palavra - João 1: 1
  • Jesus existia na forma de Deus - Filipenses 2: 5-8
  • Jesus é a imagem do Deus invisível - Colossenses 1:15
  • Jesus é o Senhor - Romanos 10: 9-13
  • Jesus é honrado com o Pai - João 5: 21-23

Deus não precisava de pessoas perfeitas para cumprir seu plano. Ele não precisava que suas vidas fossem organizadas e arrumadas.

E Deus também não precisa que nossa vida seja organizada. Deus sabe que não somos muito bons em manter nossas vidas livres de bagunça, então ele nos promete uma maneira de fazer parte de sua família real, mesmo que não sejamos muito bons em ser reais.

Nascimento de Jesus


Conclusão


O nascimento, morte e ressurreição de Jesus não são apenas eventos históricos, mas cumprimentos gloriosos das promessas divinas. Cada detalhe foi planejado por Deus para nos redimir e reconciliar com Ele. Hoje, somos convidados a refletir sobre o significado profundo desses acontecimentos em nossas vidas.

Ao contemplarmos o nascimento de Jesus, reconhecemos a humildade do nosso Salvador. Na cruz, vemos Seu amor sacrificial, e na ressurreição, encontramos esperança e vida eterna. Que este entendimento fortaleça nossa fé, alimente nossa adoração e inspire um compromisso renovado com Aquele que cumpriu todas as promessas para nossa salvação.




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva. Professor de Homilética e Teologia do Antigo Testamento. Pós-Graduado em Educação pela UFF.
0 comments:
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)