Publicidade

É melhor dar do que receber Atos 20:35 - Pregação

  • Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber. Atos 20:35

Pregação sobre é melhor dar do que receber Atos 20:35

Não viva por hoje, mas por toda a eternidade. (Mateus 6: 19-20). Somos cidadãos do céu. (Filipenses 3:20; Hebreus 12:14). Tudo o que dermos será creditado em nossa conta. (Filipenses 4: 16-17) Ser generoso nos permite acumular tesouros no céu. (1 Timóteo 6: 18-19)

Sob quais circunstâncias devemos ofertar? Por que a oferta é fundamental para igreja? É importante que o cristão entenda que ofertar está na base da doutrina evangélica. A igreja primitiva em Atos dos Apóstolos conseguiu perceber a importância do compartilhamento entre os salvos para o próprio crescimento da igreja. Então, porque devemos ofertar?

Atos 20:35, nos convida a examinar nossa mentalidade em relação às bênçãos que recebemos e nos desafia a adotar uma postura generosa e altruísta em nossas vidas. Neste sermão, exploraremos o significado dessa declaração e como podemos aplicá-la em nosso cotidiano.

Publicidade

I. O exemplo de Jesus

Para compreender plenamente o significado de "é melhor dar do que receber", devemos examinar o exemplo supremo que temos em Jesus Cristo. Ele veio ao mundo não para ser servido, mas para servir e dar Sua vida como resgate por muitos. Em Sua vida terrena, Jesus demonstrou uma generosidade inigualável, compartilhando amor, compaixão, perdão e ensinamentos que mudaram vidas. Ele nos ensinou que o verdadeiro significado da vida está em amar e servir ao próximo.

II. É melhor dar do que receber por causa da alegria da doação

Quando nos abrimos para a prática da generosidade, descobrimos uma alegria profunda e genuína. A experiência de dar nos conecta ao propósito divino de compartilhar nossos recursos, tempo, talentos e amor com os outros. Ao abençoar aqueles ao nosso redor, encontramos uma satisfação que ultrapassa qualquer gratificação pessoal que possamos receber. A alegria de fazer o bem e impactar positivamente a vida de alguém é uma bênção tanto para o doador quanto para o receptor.

III. É melhor dar do que receber pelo princípio da semeadura e colheita

A Palavra de Deus nos ensina o princípio espiritual da semeadura e colheita. Quando semeamos generosidade, colhemos bênçãos em nossa própria vida. A generosidade não é apenas uma atitude altruísta, mas também uma forma de investimento no Reino de Deus. Deus promete suprir todas as nossas necessidades e multiplicar as sementes que plantamos para que possamos continuar a semear e abençoar os outros.

As pessoas apoiavam Paulo quando ele estava na prisão. Os pobres e os estrangeiros podem ser apoiados. (Levítico 19:10) bem como, estrangeiro, o órfão e a viúva. (Deuteronômio 24:19) e os os necessitados e o bom samaritano (Lucas 3:11, Lucas 10: 30-37)

Pessoas generosas se dão antes de dar dinheiro (2 Cor. 8: 5)
Pessoas generosas dão mais do que apenas seu dinheiro (Lucas 10: 33-35)
Pessoas generosas dão, mesmo quando foram feridas (Gênesis 42-45)

IV. É melhor dar do que receber por causa do impacto transformador

A generosidade tem o poder de transformar vidas. Quando compartilhamos o que temos com os necessitados, demonstramos o amor de Deus de maneira tangível. Nossas ações generosas podem inspirar outros a fazerem o mesmo e criar um ciclo de bondade e compaixão que alcança comunidades inteiras. O ato de dar reflete a imagem de Deus em nós e nos permite ser agentes de mudança neste mundo.

Por que devemos ser generosos? É um comando (1 Tim. 6: 18-19). Traz uma bênção e recompensa (Salmos 37:26; Provérbios 11:25; 22: 9)

IV. É melhor dar do que receber e contribuir para o Corpo/Igreja


Na igreja primitiva todos que acreditavam estavam juntos e tinham tudo em comum. Eles estavam vendendo seus bens e suas posses, e compartilharam o produto entre todos, de acordo com as necessidades de cada um. (Atos 2: 44-45) Em Atos, as igrejas se apoiavam quando precisavam.

Aprendemos com a Palavra que os pastores que fazem bem seu trabalho devem ser bem remunerados e altamente valorizados (1 Timóteo 5: 17-18), por isso a oferta é fundamental para a comunidade

Quem ensina a Palavra compartilha em todos os seus bens aquele que ensina. (Gálatas 6: 6). Não devemos abandonar os ministros enquanto vivermos em nosso solo. (Deuteronômio 12:19)

Você não sabe que aqueles que realizam funções sagradas no templo são nutridos pelo
o templo ... Da mesma forma, o Senhor ordenou aos que pregam o Evangelho que vivessem
o evangelho. (1 Coríntios 9: 13-14)

Os fiéis apoiaram Paulo em suas jornadas missionárias.

Conclusão:

Queridos irmãos e irmãs, à luz de Atos 20:35, somos desafiados a adotar a mentalidade de que é melhor dar do que receber. Ao seguir o exemplo de Jesus, descobrimos a alegria da doação e abençoamos a vida daqueles ao nosso redor. Além disso, somos lembrados do princípio da semeadura e colheita, confiando que Deus suprirá todas as nossas necessidades. Que possamos viver uma vida generosa e impactante, demonstrando o amor de Deus e transformando vidas por meio de nossas ações. Que a graça de Deus nos capacite a sermos doadores alegres e abençoados.




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)