Publicidade

Resumo Bíblico: Livro de Ester.

Resumo Bíblico: Livro de Ester.

ESBOÇO DA SEÇÃO UM (ESTER 1-2)

O rei Xerxes depõe a rainha Vashti por se recusar a comparecer a um banquete. Uma busca é feita
para uma nova rainha, e Ester é selecionada. Seu pai adotivo, Mordecai, torna-se oficial do palácio. Ele
ouve por acaso uma conspiração para assassinar o rei e relata isso a Ester e salva a vida do rei.

I. A REJEIÇÃO DE VASTI (1.1-22): O rei Xerxes da Pérsia é repelido por sua rainha durante um

de seus banquetes, então ele a destitui.
A. Um banquete para seus oficiais provinciais (1.1-4): 
O rei Xerxes oferece um banquete para todos os seus príncipes e autoridades de suas 127 províncias, que vão da Índia à Etiópia. A comemoração dura seis meses!
B. Um banquete para os oficiais de seu palácio (1.5-22): Aparentemente, como um agradecimento por ajudar com o banquete anterior, o rei Xerxes oferece outro banquete para os oficiais de seu palácio.
1. Os detalhes (1.5-9): O palácio é ricamente decorado; todos estão autorizados a festejar por sete dias!
2. A embriaguez (1.10): No último dia do banquete, o rei fica muito embriagado.
3. A exigência (1.11): O rei Xerxes ordena à rainha Vasti que exiba sua beleza diante de sua
funcionários bêbados.
4. O desafio (1.12): A rainha se recusa a obedecer à ordem de Xerxes!
5. O dilema (1.13-18): O rei consulta seus conselheiros sobre o desafio de Vasti, e eles
convencê-lo de que todas as outras mulheres também podem se rebelar contra seus maridos.
6. A decisão (1.19-20): Os conselheiros recomendam que o rei bane sua rainha.
7. O decreto (1.21-22): O rei Xerxes segue o conselho de seus conselheiros e decreta que cada homem
deve ser o governante de sua própria casa.

II. A SELEÇÃO DE ESTER (2.1-20): Uma jovem judia chamada Ester é finalmente escolhida para substitua Vasti como rainha.

A. A busca (2.1-4): Em essência, um concurso de beleza "Miss Pérsia" agora é realizado; a vencedora vai tornar-se a nova rainha de Xerxes.
B. O envio (2.5-8): Uma jovem judia chamada Ester está entre as que são enviadas para que apareça diante do rei. Ela foi criada por seu primo Mordecai, que a adotou quando os pais morreram.
C. O favor especial (2.9): Hegai, o eunuco encarregado do harém real, fica muito satisfeito com
Ester e mostra seu favor especial.
D. A convocação (2: 12-19)
1. O processo (2.12-14): Cada jovem no harém passa por um ano de beleza tratamentos antes de ver o rei. Depois de passar a noite com o rei, a mulher mora em um segundo harém e nunca mais verá o rei, a menos que ele a solicite especificamente.
2. O agradável (2.15-19): Com a ajuda de Hegai, Ester encanta o rei e se torna sua nova
rainha. Ele oferece um banquete em homenagem a Ester.
E. O segredo (2.10-11, 20): Seguindo o conselho de Mordecai, Ester não revela que era judeu
nacionalidade para qualquer pessoa.

III. A DETECÇÃO DE MORDECAI (2.21-23): Mordecai torna-se um oficial do palácio e salva a vida do rei.

A. Um complô revelado (2.21-22): Mordecai ouve um complô de alguns guardas do palácio para assassinar o Rei. Ele relata a informação a Ester, e ela conta ao rei.
B. Um complô registrado (2.23): Por causa do relatório de Mordecai, os guardas são enforcados, e todos os episódios devidamente registrado nos arquivos do rei.

ESBOÇO DA SEÇÃO DOIS (ESTER 3-5)


Como Mordecai se recusa a se curvar diante de Haman, Haman pede permissão para exterminar todos os Judeus. Quando essa permissão é concedida, Mordecai insta Esther a intervir em nome de seu povo.
Ester faz planos para pedir ao rei Xerxes que poupe os judeus. Hamã constrói uma forca para matar Mordecai.
I. O PROBLEMA (3.1-15): Logo depois de Ester se tornar rainha, um homem ímpio chamado Hamã planeja eliminar todos os judeus em todo o Império Persa.
A. Hamã, o altivo (3.1-2): O rei Xerxes promove Hamã a primeiro-ministro; todos os oficiais reais
curve-se sempre que Haman passar.
B. Hamã, o odioso (3.3-5): Hamã fica furioso quando Mordecai se recusa a se curvar diante ele.
C. Hamã, o sem coração (3: 6-15)
1. A trama (3.6-9): Em sua fúria, Hamã busca a permissão do rei para destruir todos os judeus no
Império. Ele promete ao rei 375 toneladas de prata se ele concordar com o plano.
2. A permissão (3.10-11): O rei Xerxes concorda com o expurgo cruel, mesmo sem pagamento.
3. A proclamação (3.12-15): Hamã ordena cartas enviadas por todo o império, anunciando
que todos os judeus serão mortos em um determinado dia.

II. O PLANO (4.1-5.14): Ester e Mordecai realizam um plano para frustrar as más intenções de Hamã.

A. Pedido de Mordecai (4: 1-14)
1. A angústia de Mordecai (4.1-4): Ao saber do decreto cruel de Hamã, Mordecai lamenta profundamente e se recusa a ser consolado.
2. O conselho de Mordecai (4.5-14): Mordecai informa a Ester sobre a trama e a incentiva a usar seu corpo real escritório para ajudar a libertar os judeus.
B. Resposta de Ester (4: 15-5: 14)
1. A fé (4.15-17): Ester planeja visitar o rei após um jejum de três dias, embora seja contra a lei.
2. O destemor (5.1): Arriscando a vida, Ester entra no pátio interno e fica diante do Rei.
3. O favor (5.2-3): Para grande alívio de Ester, o rei Xerxes a acolhe e se oferece para conceder
quase qualquer pedido que ela possa fazer!
4. As festas (5: 4-8)
a. O primeiro pedido de Ester (5.4-5): Ester pede que o rei e Hamã participem de um banquete que ela
preparou, e eles o fazem.
b. O segundo pedido de Ester (5.6-8): No banquete, Ester pede que o rei e Hamã comparecer a outro banquete no dia seguinte.
5. A fúria (5.9-13): Voltando para casa, Hamã vê Mordecai e fica furioso por ele ainda recusa-se a se curvar diante dele. Ele se gaba de sua esposa e amigos sobre as honras do rei, mas ele também fala de sua raiva contra Mordecai.
6. O conselho fatal (5.14): A esposa de Hamã e seus amigos o aconselham a construir uma forca e enforcar Mordecai está lá pela manhã.

ESBOÇO DA SEÇÃO TRÊS (ESTER 6-10)

Mordecai é homenageado por sua lealdade e Haman é enforcado. Os judeus têm permissão para se defender contra seus inimigos, e Mordecai é promovido. Os judeus se defendem com sucesso, e o
O Festival de Purim é estabelecido para comemorar o evento. Mordecai torna-se primeiro-ministro.

I. HONRANDO MORDECAI (6: 1-14)

A. A descoberta (6.1-3): Certa noite, o rei Xerxes ouve um assistente ler os registros históricos de
ajudá-lo a adormecer. Ele descobre o papel de Mordecai em salvar sua vida e que Mordecai nunca
foi recompensado por sua ação.
B. A discussão (6.4-9): O rei nota Hamã chegando para visitá-lo.
1. As aspirações de Hamã (6.4-5): Hamã está pedindo permissão para enforcar Mordecai.
2. A arrogância de Hamã (6.6): O rei pergunta a Hamã o que deve ser feito por alguém que
agrada-o. Haman erroneamente presume que ele é aquele de quem o rei está falando.
3. A resposta de Hamã (6.7-9): Hamã diz ao rei para vestir a pessoa com vestes reais e publicamente
C. A decisão (6.10-14)
1. Atribuição de Hamã (6.10-11): O rei ordena a Hamã que organize tal evento para Mordecai!
2. A apreensão de Hamã (6.12-14): O humilhado Hamã é avisado por sua esposa e amigos
que seria fatal continuar sua conspiração contra Mordecai.

II. HAMÃ (7: 1-10)

A. A traição aprendida (7.1-6): Durante o segundo banquete, Ester fala ao rei sobre conspirar para matar ela e seu povo.
B. A situação mudou (7.7-10): O furioso rei ordena que Hamã seja enforcado na própria forca construída para Mordecai!

III. AJUDANDO OS JUDEUS (8.1-9.16): Ester ainda precisa trabalhar para salvar seu povo da aniquilação no dia marcado.

A. A angústia de Ester (8.1-6): Ester implora ao rei que inverta a ordem de Hamã de matar todos os judeus.
B. As ações do rei (8: 7-17)
1. A proclamação (8.7-14): O rei emite um novo decreto permitindo que os judeus defendam
contra aqueles que tentam matá-los.
2. A celebração (8.15-17): Por causa desse decreto, os judeus de todo o império se regozijam.
C. A vingança dos judeus (9.1-16): Os judeus matam várias centenas de pessoas no dia marcado, e o rei atende ao pedido de Ester para deixar os judeus se defenderem por mais um dia. Sobre 75.000 agressores são mortos, junto com os 10 filhos de Haman.

Estudo Bíblico sobre Ester

4. ENCERRANDO O DIA (9: 17-10: 3)

A. O anúncio de Purim (9.17-32): Um festival especial de dois dias é declarado, a ser celebrado cada
ano como um lembrete da libertação dos judeus de seus inimigos.
B. O avanço de Mordecai (10.1-3): Mordecai é nomeado primeiro-ministro de toda a Pérsia, o segundo em poder apenas para o próprio rei!


Citação:
Willmington, Harold, "The Chapters of Esther" (2018). Um esboço aliterado para os capítulos da Bíblia . 34  http://digitalcommons.liberty.edu/outline_chapters_bible/34



Confira:
Destaques
Compartilhe nas Redes Sociais!
Compartilhe Compartilhe Compartilhe

Atenção! Se você ainda não se inscreveu cadastra-se aqui para receber informativos com sermões e estudos bíblicos grátis em seu e-mail. Cadastre-se Aqui!


Versões Bíblicas consultadas ou citadas:
Bíblia Livre (BLIVRE), Almeida Revista e Atuzalizada ARA-SBB, Almeida Revista e Corrigida ARC-SBB, tradução livre e outras citadas no texto.

Autor Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Boas Novas - FATEP.

Relacionadas
Publicidade
0 comentários:
 

Pesquisar
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Compartilhamos Nossa Missão de Visão missionária de temas da Bíblia Sagrada como cristianismo, teologia e histórias bíblicas e da igreja cristã, Escola Bíblica Dominical, conteúdo para colégio cristão.

1 e 2 Reis 1 e 2 Crônicas 1 e 2 Pedro 1 e 2 Samuel 2 Timóteo Atos Daniel Eclesiastes Efésios Esdras Êxodo Filipenses Gênesis Hebreus Isaías Jeremias Jó João Jonas Josué Lucas Malaquias Mateus Números Provérbios Salmos Sofonias Zacarias

voltar