Publicidade

Devocional sobre Jejum: Deus Recompensa?

Devocional sobre Jejum: Deus Recompensa?

  • Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. Mateus 6:17,18

Sim, Deus recompensa quando os sacrifícios são, na verdade, compromissos espirituais como jejuar, orar, doar e precisam ter motivações espirituais e não visam a exibição pública. Todos nós admiramos pessoas compromissadas. 

Todos nós também pensamos que uma vida de compromissos espirituais é boa. Mas os compromissos em si não são suficientes. Por que os compromissos não são suficientes? Porque a razão pela qual você faz compromissos espirituais conta. Os compromissos espirituais precisam de motivações espirituais.

Escolha quem você quer que te recompense. Adoramos o Deus das recompensas. Mateus 6:17-18

  • Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos. Oséias 6:6
Publicidade

Como você pode fazer seus compromissos espirituais de uma forma que Deus recompense? 

I. O Propósito (Mateus 6:18)

Vamos começar examinando o propósito, conforme nos é apresentado em Mateus 6:18. Jesus disse: "Para que não pareças aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente." Aqui, Jesus está nos ensinando que  não deve ser uma exibição pública de nossa piedade, mas um ato íntimo de devoção a Deus. É uma maneira de nos humilharmos diante de Deus, de renunciar às necessidades físicas para buscar Suas bênçãos espirituais.

Você já considerou não apenas quais são seus compromissos espirituais, mas por que você os pratica?

Por que você ora? Por que você lê sua Bíblia? Por que você é disciplinado para se encontrar com outros crentes? Por que você serve a Cristo em outras funções?

Como você pode fazer seus compromissos espirituais de uma forma que Deus recompense? Qual é a maneira de garantir que sua motivação esteja correta para que o Senhor se agrade de você em seus esforços disciplinados para crescer Nele?

A motivação para rituais religiosos é uma luta de longa data. Oferta de Caim. Desde que Deus não aceitou a oferta de Caim em Gênesis 4 devido a sua atitude, as pessoas tiveram milhares de rituais que pareciam bons aos olhos do homem, mas não de Deus.

Isso foi verdade no tempo de Cristo. Os fariseus tiveram sua recompensa no sentido do respeito do povo, mas não impressionaram a Deus, que podia ver seus corações.

II. A Motivação Correta (Mateus 6:17-18)

Em Mateus 6:17-18, Jesus também nos adverte sobre a motivação correta para jejuar. Ele nos diz para não fazer alarde, como os hipócritas fazem para serem vistos pelos homens. Ao contrário, devemos jejuar em segredo, diante de Deus, buscando Sua aprovação, não a aprovação dos outros. A motivação para jejuar deve ser um desejo sincero de buscar a Deus, de nos purificarmos espiritualmente e de nos aproximarmos Dele.

Às vezes, as pessoas jejuavam individualmente.

Além disso, às vezes as pessoas jejuam para perder peso - e pode ser bom e bem-sucedido comer direito e beber apenas água - mas Jesus não está falando sobre isso!

Ele é um compromisso espiritual. Lucas 18:12.  O problema era que esse fariseu pensava que Deus estava satisfeito - mas ele estava cheio de orgulho! Podemos ter o mesmo problema hoje.

É uma boa disciplina. No entanto, mesmo uma boa prática pode ser feita com uma motivação ruim. Portanto, Jesus nos adverte a não jejuar para exibição pública.

Agora Jesus está se referindo apenas quando é para exibição pública? Sim, nos versículos 16-18 ele está. Mas lembre-se de que o princípio geral de 6:1 se aplica a muitos compromissos espirituais.  

Publicidade

III. A Recompensa Divina (Mateus 6:18)

Agora, passemos à parte encorajadora deste ensinamento de Jesus: a recompensa divina. Ele nos assegura que, quando jejuamos em segredo, nosso Pai, que vê em secreto, nos recompensará publicamente. Essa recompensa pode se manifestar de várias maneiras. Pode ser um crescimento espiritual mais profundo, uma maior intimidade com Deus, respostas às nossas orações ou até mesmo bênçãos tangíveis em nossas vidas. O importante é que Deus valoriza e recompensa nossa devoção sincera.

Deus recompensa (Mateus 6.16-18). O Senhor abençoa o que ele conhece como compromisso.
A maneira de jejuar para o louvor do homem é parecer faminto como os fariseus.

Quando você jejua…
Jesus disse: “Quando jejuares…” no sentido de que todos o faziam – não “se jejuardes…” (Mateus 6:16). Jesus assume que todos nós jejuamos, pelo menos ocasionalmente. não é? Observe que ele não especifica com que frequência isso deve ser feito.

“Em todos os três exemplos de 'justiça' farisaica - esmola (vv. 1-4), oração (vv. 5-15) e jejum (vv. 16-18) - Jesus falou de hipócritas (vv. 2, 5, 16), ostentação pública (vv. 1-2, 5, 16), recebendo sua recompensa por completo quando suas ações são feitas diante dos homens (vv. 2, 5, 16), agindo em segredo (vv. 4, 6, 18 ), e ser recompensado pelo Pai, que vê ou 'sabe', quando suas ações são feitas secretamente (vv. 4, 6, 8, 18)”.


Devocional sobre Jejum: Deus Recompensa?



Veja também

  1. Duas Portas; dois caminhos Mateus 7:13–14
  2. Formas de se Santificar perante o Senhor I Tessalonissences 1:4
  3. Pecado começa no Coração e na Mente Mateus 15:19

Conclusão

Os compromissos religiosos obtêm recompensas humanas ou divinas, mas não ambas. Com quem você tem compromisso? Cabe a nós se queremos a bênção de Deus ou do homem em nossas disciplinas espirituais.

Jesus adverte sobre ostentar santidade (Mateus 6:1).

  • 1. Estamos na parte do Sermão da Montanha onde Jesus questiona as práticas dos fariseus.
  • 2. A ideia central remonta a Mateus 6:1, onde Cristo nos adverte para não fazermos nossas “obras de justiça” para sermos vistos pelos homens.
  • 3. Ele já aplicou esta verdade para dar (6:1-4) e oração (6:5-15). Agora ele volta sua atenção para o jejum (6:16-18).

O Pai recompensa  (Mateus 6:18).

Jejue para orações - não para olhares!

Quando o fizer, Deus notará.

O objetivo não é focar em você! Jejuar é chamar sua atenção para Deus, não chamar a atenção das pessoas para você!




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)