Publicidade

Quem são os inimigos da cruz? Filipenses 3:18

 Quem são os inimigos da cruz?

¹⁸ Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, Filipenses 3:18

Introdução

    • Parece que existem inimigos da cruz de Cristo em todos os lugares.

    • Embora esperemos que sejam ateus, muçulmanos e outras entidades religiosas,

    • Infelizmente, há muitos inimigos da cruz que vêm das bases daqueles que afirmam ser cristãos.

Definições

    • Inimigos referem-se àqueles que se opõem ou são contra uma pessoa, objeto, princípio ou coisa. Seja por ódio, escolha ou até mesmo ignorância.

    • A cruz é mencionada de várias maneiras nas escrituras.

    • Estauros; cruz da palavra que significa "ficar de pé" Uma estaca para execução, um instrumento de tortura para punição.

    • Existem vários significados encontrados na Bíblia.

As profundas lições que a cruz de Cristo nos oferece. A cruz não é apenas um objeto físico, mas também um símbolo de redenção e discipulado que possui significados profundos e eternos. Ao longo deste sermão, examinaremos cinco tópicos relacionados à cruz e como eles moldam nossa fé e nossa jornada espiritual.

Publicidade

Inimigos da Cruz

    • Vejamos as características dos inimigos da cruz.

    • v.19 cujo fim é a destruição

    • De quem é o deus do seu apetite

    • Cuja glória está em sua vergonha

    • Que fixaram suas mentes nas coisas terrenas.

    • Observemos algumas categorias de pessoas que se enquadram nessa descrição.

    • Os ateus são inimigos da cruz – eles negam a existência de Deus ou qualquer coisa associada a Ele, incluindo redenção, salvação e justiça.

Inimigos da Cruz: Religiões

    • Religiões que não reconhecem o senhorio de Jesus, o Cristo.

    • Religiões que podem reconhecer o Senhor Jesus apenas como uma boa pessoa ou profeta.

    • Religiões que podem aceitar Seu Senhorio, mas não Sua doutrina.

    • Religiões que podem aceitar Seu Senhorio e Sua doutrina, mas são infiéis à Sua palavra.

    • Aquelas que afirmam ter um bom relacionamento, mas não atendem às qualificações.

    • Aquelas que ignoram a Bíblia como a Palavra de Deus.

Inimigos da Cruz: Falsos mestres

    • Falsos mestres que promovem qualquer doutrina contrária à Palavra de Deus.

    • Humanistas que tentam manipular as pessoas para que neguem a Deus.

    • Humanistas que tentam mudar nossos padrões e ideais de acordo com seus sentimentos.

    • Falsos mestres que confiam no sentimento em vez de capítulos e versículos de livros.

    • Religiões que usam nomes não encontrados na Bíblia.

    • Religiões que têm sua própria convenção de liderança (corpo governante), conselho, papado ou qualquer corpo humano de liderança que concorde com leis e práticas doutrinárias.

    • Religiões que usam regras não encontradas na Palavra de Deus. (manuais, credos, disciplinas,).

    • Eles não estão conscientes de que são inimigos da Cruz.

Inimigos da Cruz: Crentes que não são fiéis. (presença, fala, ação).

    • Crentes que não estão unidos na prática, na doutrina ou nas ações.

    • Crentes que distorcem ou distorcem as escrituras para promover os seus próprios pensamentos ou para acalmar a sua própria consciência.

    • Crentes que não aceitam toda a Verdade.

Inimigos da Cruz - Hipócritas.

    • Crentes que são pedras de tropeço para outros.

    • Crentes que causam divisão entre os irmãos.

    • Crentes que não têm mente espiritual.

    • Essas pessoas são inimigas e nem sabem disso.


Tópico 1: A Cruz como Instrumento de Sofrimento e Redenção

A cruz romana, constituída por madeira reta e uma viga transversal, foi o local onde o Senhor Jesus sofreu. Ela representou o ápice da redenção e sacrifício. Como nos lembra Mateus 27:32, Simão de Cirene foi compelido a carregar a cruz de Jesus. A cruz não apenas simboliza o sofrimento de Cristo, mas também o mérito de Seus sofrimentos e morte.


Tópico 2: A Cruz como Símbolo de Reconciliação

Efésios 2:16 nos ensina que a cruz foi o meio pelo qual Deus reconciliou a humanidade consigo mesmo, eliminando a inimizade. A cruz é o lugar onde o divino e o humano se encontram, onde Deus demonstra seu amor e graça infinitos, oferecendo-nos reconciliação.


Tópico 3: A Cruz como Mensagem do Evangelho

A mensagem da cruz, como indicada em 1 Coríntios 1:17-18, é vista como loucura para alguns, mas é o poder de Deus para aqueles que estão sendo salvos. O evangelho da cruz é a boa notícia da salvação por meio da fé em Cristo e de seu sacrifício na cruz.


Tópico 4: A Cruz como Sinal de Discipulado

A expressão "tomar a sua cruz" implica seguir os ensinamentos de Jesus e carregar as provações que acompanham a vida cristã. Mateus 16:24 e Lucas 14:27 enfatizam a necessidade de negar a si mesmo e seguir a Cristo, abraçando as dificuldades e desafios que possam surgir em nosso caminho.


Tópico 5: A Cruz como Redenção e Sacrificio

A cruz não era apenas um instrumento de execução, mas um símbolo de redenção. Como Colossenses 1:20 destaca, foi por meio do sangue derramado na cruz que todas as coisas foram reconciliadas. Jesus se humilhou e se tornou obediente até a morte, como Filipenses 2:8 nos lembra, para nos redimir e nos oferecer a vida eterna.


Como NÃO ser um inimigo

    • Portanto, devemos ter certeza sobre Seu chamado. Devemos prestar mais atenção às Suas palavras. Devemos permanecer firmes em nossa fé, prática e ensinamentos. Devemos fazer todos os esforços para manter a unidade sem comprometer a verdade.

    • Como alguém descobre que é inimigo da Cruz?

    • Pelo conhecimento do Filho de Deus.

    • Através do estudo, ser capaz de dividir corretamente os significados das escrituras.

    • Pela oração.

    • Pelo esforço.

    • Por líderes piedosos e irmãos fiéis para ajudar uns aos outros.

    • Negando a si mesmos e tomando as suas próprias cruzes.

    • Lançando sobre Ele todos os nossos cuidados.

    • Pela obediência a toda a Sua palavra.

    • Pela fidelidade em viver.

Quem são os inimigos da cruz? Filipenses 3:18
Veja também


Conclusão:

A cruz de Cristo é mais do que um objeto físico; é o coração de nossa fé e o caminho de nossa redenção. Como discípulos de Jesus, somos chamados a abraçar a cruz, carregar nossas provações e seguir o exemplo de nosso Mestre. A cruz nos lembra da grande redenção que recebemos e da importância de compartilhar essa mensagem com o mundo. Que a cruz de Cristo sempre brilhe como um farol em nossas vidas, guiando-nos em nossa jornada de fé. Amém.

    • Há muitos em nosso mundo que são inimigos da Cruz.

    • Inimigos de tudo o que a cruz representa.

    • Vimos o uso das palavras nas escrituras.

    • Aprendemos as características desses inimigos.

    • Aprendemos como NÃO ser um inimigo

    • Você tem coragem de se arrepender desse pecado de ser inimigo da cruz?





👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)