Publicidade

Rancor, o Veneno Lento para a Alma

 Um Rancor, o Veneno Lento para a Alma


Introdução:


Um tema que afeta muitos corações e lares: o rancor. O rancor é um veneno lento que corrói nossa alma, impede nosso crescimento espiritual e nos afasta da paz que Deus deseja para nós. A Palavra de Deus nos dá diretrizes claras sobre como lidar com o rancor e como podemos encontrar cura e liberdade. Vamos explorar juntos o que a Bíblia nos ensina sobre o rancor e como podemos superá-lo.

aqui

1. Deus Nunca Quis que o Homem Guardasse Rancor (Levítico 19:18 cf. Mateus 18:21-22; Tiago 1:20)


Em Levítico 19:18, Deus nos instrui a não guardar rancor, mas a amar o nosso próximo como a nós mesmos. Jesus reforça esse ensinamento em Mateus 18:21-22, ao responder a Pedro que devemos perdoar "setenta vezes sete" vezes. Tiago 1:20 nos lembra que "a ira do homem não opera a justiça de Deus". Deus nunca quis que vivêssemos presos ao rancor, pois Ele sabe que isso nos impede de viver em plena comunhão com Ele e com os outros.


2. O Rancor Mostra o que Vive em Nosso Coração (Mateus 15:19; Marcos 6:19-20; Efésios 4:31; 1 Coríntios 13:5)


Jesus nos alerta em Mateus 15:19 que "do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias". O rancor é um reflexo do que está enraizado em nosso coração. Em Marcos 6:19-20, vemos como o rancor de Herodias contra João Batista levou a um desejo destrutivo. Efésios 4:31 nos exorta a "livrar-nos de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade". E em 1 Coríntios 13:5, aprendemos que o amor "não guarda rancor". O rancor revela a necessidade de uma transformação interior, que só Deus pode realizar.

aqui

3. Os Rancores Destroem a Unidade (Provérbios 16:28; 17:9b; Gálatas 5:14-15)


Provérbios 16:28 nos adverte que "o homem perverso espalha contendas, e o difamador separa os maiores amigos". O rancor é uma força divisora que destrói relacionamentos e a unidade na comunidade. Em Provérbios 17:9b, lemos que "aquele que repete a questão separa os maiores amigos". Gálatas 5:14-15 nos lembra que "toda a lei se cumpre numa só palavra, a saber: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Mas se vós mordeis e devorais uns aos outros, vede que não vos consumais também uns aos outros". O rancor impede a verdadeira comunhão e unidade que Deus deseja para Seu povo.


4. Os Ressentimentos Podem Ser Superados (Efésios 4:26-27; Colossenses 3:12-14)


Em Efésios 4:26-27, somos aconselhados a "irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, nem deis lugar ao diabo". Isso nos mostra que, embora possamos nos sentir magoados, não devemos permitir que o ressentimento tome conta de nosso coração. Colossenses 3:12-14 nos exorta a nos revestir "como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro. Assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição". Através da graça de Deus, podemos superar os ressentimentos e viver em amor e perdão.

Rancor, o Veneno Lento para a Alma

Leia também

  1. Para onde vai a injustiça e perversidade dos homens? Eclesiastes 3: 16-22
  2. Os guerreiros oram! Pregação sobre o salmo 144 Versiculo 1
  3. O Espírito Santo que nos convence João 16: 8-11

Conclusão:


O rancor é um veneno que lentamente destrói nossa alma e nossos relacionamentos. Deus nunca quis que guardássemos rancor; Ele deseja que vivamos em amor e perdão. O rancor revela o que está em nosso coração, destrói a unidade e impede que experimentemos a plena comunhão com Deus e com os outros. Mas a boa notícia é que, pela graça de Deus, podemos superar os ressentimentos. Vamos orar e pedir a Deus que nos ajude a perdoar e a amar, assim como Ele nos perdoou e nos ama. Que possamos viver em paz, unidos no amor de Cristo.




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)