Publicidade

Como ser um verdadeiro adorador?

Como ser um verdadeiro adorador?

Atitude de Adorador

  • E aconteceu depois destas coisas, que provou Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi. Então se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e albardou o seu jumento, e tomou consigo dois de seus moços e Isaque seu filho; e cortou lenha para o holocausto, e levantou-se, e foi ao lugar que Deus lhe dissera. Ao terceiro dia levantou Abraão os seus olhos, e viu o lugar de longe.  E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali; e havendo adorado, tornaremos a vós. Gênesis 22:1-5

Cultivar uma atitude de adoração e usar isso como combustível para impulsionar atos de adoração é como um adorador deve viver.

A ideia de adorador verdadeiro tem um significado considerável para Deus. Adoração é um tema muito importante nas escrituras. 

Ao discutir sobre um adorador verdadeiro, devemos fazer a pergunta: o que é adoração?

Esta é uma pergunta importante a ser feita porque nos é dito em João capítulo 4 que Deus está buscando adoradores.

A definição de adoração de acordo com o Webster's Dictionary é: O ato de prestar honras divinas ao Ser Supremo, honrar com amor extravagante e extrema submissão.

Jesus disse que o primeiro e grande mandamento era amarmos o senhor com tudo dentro de nós.


Mateus 22:37-38 

  • E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. Mateus 22:37,38


Esses versículos que acabamos de ler nos dizem que a adoração é um processo holístico que abrange todo o nosso ser.

Ao tentar explicar a adoração, a ferramenta de referência Bible Study Tool.com afirma que a adoração é tanto uma atitude quanto uma ação. Essa verdadeira adoração ocorre no coração.

Isso também é consistente com a conversa de Jesus com a mulher samaritana.


  • Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:21-24



Portanto, a adoração deve começar em nossos corações, em nossas mentes e em nossas consciências.


Cumprir a diretriz de Jesus de amar o Senhor com tudo dentro de nós exigirá que passemos tempo com ele. Podemos passar tempo com o Senhor de várias maneiras:

  • Fazemos isso gastando tempo falando com o senhor
  • Ouvindo o senhor através da palavra de Deus,
  • Compartilhando nossas experiências dele com os outros,
  • Criar uma atmosfera para que Deus nos faça conhecer sua presença (cantando, ouvindo música gospel)
  • Pensar ou meditar em Jesus (sua palavra, um testemunho, uma experiência pessoal)

Todas essas atividades alimentam a atitude ou o espírito de adoração, mas a adoração também tem um componente ativo. A adoração a Deus envolve como priorizamos Deus em nossas vidas. É reflexo das escolhas que fazemos.


Isso nos leva ao nosso texto bíblico. O Senhor pediu a Abraão que sacrificasse Isaque.


Isaque foi o filho que Deus prometeu a Abraão e Sara em sua velhice. Seria o começo de Deus tornando Abraão uma grande nação. Isaque foi importante para Abraão em muitos níveis diferentes: como filho, como herdeiro, como um bem estratégico no cumprimento da promessa de Deus em sua vida. Além disso, Abraão amava muito Isaque, pois até Deus reconheceu: “sim, Issac, a quem você ama tanto”


Merriam-Webster define sacrifício como o ato de desistir de algo que você deseja manter, especialmente para obter ou fazer outra coisa ou para ajudar alguém.


O sacrifício é uma escolha que tem um custo. Nesse caso, foi pedido a Abraão que priorizasse Deus acima de algo que tinha valor significativo para ele. Em resposta, Abraão descreveu o processo de ceder algo que era precioso para ele (seu filho) como adoração!


Jesus está procurando adoradores, Jesus está procurando pessoas que o priorizarão acima de tudo.


Temos que autoavaliar nossas vidas e o tempo que distribuímos para as coisas que nos são mais preciosas. Como podemos garantir que estamos encontrando tempo para priorizar Deus em nossas vidas. Um olhar mais atento às escrituras indica que a experiência de Abraão com Isaque foi na verdade um teste De fé.


Abraão foi colocado em uma posição em que teve que decidir se estava disposto a confiar a Deus algo que era precioso para ele.
Como ser um verdadeiro adorador?
Veja também
  1. Saiba porque pensar como criança aumenta sua Fé em Deus.
  2. Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Tiago 5:7
  3. Vida Cristã de Alto Nível
Isso é o que está no cerne do que é a adoração? Podemos confiar a Deus as coisas mais preciosas e valiosas em nossas vidas. Quando podemos entregar aquilo que tanto amamos aos cuidados de Deus isso é um ato de adoração. Aquilo que tanto amamos pode ser qualquer coisa:

Um sonho de carreira ou alguma outra busca, controle. Um relacionamento, um membro da família, cônjuge, amigo. Qual é a primeira coisa que vem à sua mente? 

  • Podemos confiar em Deus em um momento que carece de clareza?
  • Podemos confiar em Deus durante um tempo de incerteza?
  • Podemos confiar em Deus quando nossa experiência de vida não faz sentido?
Ser capaz de confiar em Deus em todos os momentos é um ato de adoração.

Temos que permitir que nosso nível de confiança em Jesus cresça para que possamos ter certeza de que podemos confiar nele com as coisas que são mais importantes para nós.

Cultivar uma atitude de adoração e usá-la como combustível para impulsionar atos de adoração é como um adorador deve viver.

Sejamos todos adoradores de Jesus!




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)