Publicidade

Por que é importante Dedicar Nossas Vidas a Deus?

Pregação sobre Dedicação das Nossas Vidas a Deus: Por que isso é importante? 

A vida é sobre dedicar e glorificar a Deus (Rom. 12: 1-2, Is. 43: 7, 2 Cor. 5: 9). O pecado impede as pessoas de adorar e glorificar a Deus (Rom. 1: 22-25). Por outro lado, o pecado leva as pessoas a adorar outras coisas (Rom. 1: 22-25). Portanto, o pecado, seja direta ou indiretamente, é a fonte dos problemas que as pessoas enfrentam. E então todos os problemas que as pessoas enfrentam são, em última análise, problemas de adoração

1. A Dedicação é necessária porque fomos criados por Deus

A Bíblia ensina que Deus criou homens e mulheres à Sua imagem (Gênesis 1:27). Existem várias implicações para esta verdade (aqui estão duas): O homem precisa de Deus para agir (1 João 4:10) - Visto que a maior necessidade do homem é conhecer a Deus criador, e a única maneira que isso pode acontecer é por meio de Cristo e Seu evangelho (João 14: 6).

O homem não é o foco da vida - Da mesma forma, o homem foi criado por Deus e, portanto, o homem não é o fim, o foco ou o centro. Só Deus é digno de ser essas coisas (cf. Ap 4:11).

Precisamos adorar a Deus porque o homem foi criado para Deus

O homem foi criado para Deus - Colossenses 1:16 afirma: "... todas as coisas foram criadas por ele e para ele." O homem foi criado especificamente para Deus em pelo menos três áreas: Para adorar a Deus (1 Cr. 29:11, Rom. 12: 1-2). Para ser povo de Deus (Tito 2:14). Para glorificar a Deus (Salmos 66: 5).

2 - A dedicação é necessária por sua Divindade.

Isso mesmo. Jesus é o Próprio Deus.

Você vê, a divindade de Jesus demonstrada no Monte da Transfiguração.

Sim, a divindade de Jesus foi revelada pelo luz que brilhava através dele.

Em Mateus 3:17 o Pai falou com uma voz estrondosa, dizendo: "Este é o meu Filho, o Amado." adore a Jesus por causa do nome dado a ele.

O Pai o chamou de Amado filho. Nos tornamos filhos de Deus através da adoção, mas Jesus é o Filho Amado de Deus desde toda a eternidade. E ele é o Filho Amado de toda a eternidade, porque ele compartilha uma natureza divina com seu Pai celestial.

Em Espírito E verdade. Deve estar em Cristo pelo Espírito. Deleite-se em Deus, não na adoração.

Flui de nossa vida espiritual pessoal e em atos corporativos de misericórdia e testemunho
Uma extensão natural do culto pessoal e familiar e Intrinsecamente conectado à vida diária

Ele tinha igualdade com Deus - Fp2: 5-8. O mundo foi criado por meio Dele -Jo 1: 1-5; Co 1: 13-18. A antiga glória -Jo 17: 5

O Pai se refere a Cristo como Deus -Hb 1: 8 Nele habita corporalmente a Divindade -Co 2: 9


Publicidade

3. A dedicação é uma forma de andar com Deus

A necessidade mais básica do homem é o próprio Deus (Ec 12: 1, Lucas 10:42)

Precisamos ser perdoados de nossos pecados e reconciliados com Deus para que possamos conhecê-Lo (2 Coríntios 5:17, 20-21). Conhecer a Deus e caminhar com Ele é o suficiente. É realmente nossa única necessidade.

Precisamos glorificar a Deus obedecendo aos Seus mandamentos (Deuteronômio 10: 12-22) - À luz disso, precisamos da Palavra de Deus

Precisamos amar a Deus e aos outros (Mt 22: 37-40) e servir a Deus e aos outros (1 Pe 4: 10-11).

Além dessas coisas, só Deus decide o que precisamos (Fp 4:19).

Pregação sobre Dedicação das Nossas Vidas a Deus: Por que isso é importante?



Veja também
  1. Pregação sobre Jonas: Nosso Deus é Soberano Jonas 1: 17-2: 10
  2. Onde devemos servir a Deus? Efésios 4:12
  3. +100 Temas para Culto de Ensino e Culto da Palavra

Conclusão

Jesus falou sobre o que é um “verdadeiro adorador”. Mas ele acrescenta uma explicação: é porque "Deus é Espírito". Jesus havia marcado a mesma insistência redobrada diante de Nicodemos em relação à necessidade do "Nascimento de cima" (Jo 3: 3,5,7).b) “Deus é Espírito” e, portanto, é possível entrar em comunicação com ele apenas em contato com este Espírito .

A Bíblia diz que até mesmo uma pessoa que se arrepende em Cristo é obra de Deus (João 6: 43-44). Abandonado a si mesmo sem a ajuda de Deus, o homem estaria desesperadamente perdido em seus pecados. Felizmente, Deus providenciou não apenas os meios de justificação por meio de Jesus Cristo (1 Pedro 3:18, João 3:16, 2 Coríntios 5: 18ss), mas também os meios de santificação (Fp 1: 6, Ef 4 : 20).




👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe


Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
 

Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)