Deus caminha com você lado a lado | Esboço de sermão

 Deus caminha com você lado a lado

Introdução do Sermão

Deus está conosco, ele está do nosso lado. Lucas 24: 13 -35.
A razão pela qual esta passagem está relacionada ao tema é que Cristo está conosco mesmo quando pensamos que ele não está. Ele vai se envolver conosco se nós nos envolvemos com ele, ele não se forçará e precisamos tomar a iniciativa.

Deus caminha com você lado a lado. Esboço de sermão

1. Deus caminha com você envolva-se com Ele.

Verso 14 -16
a) Eles se envolveram com o que viram e ouviram compartilhando seus pensamentos abertamente em segurança e privacidade entre amigos, mas eles permaneceram abertos o suficiente para se juntarem a Ele. Eles falaram com Jesus. Já falou com ele hoje? Ore! Aprenda a falar com Deus através da oração.

2. Jesus escolheu caminhar com você

Verso 16 -18
a) Eles não eram as pessoas mais importantes da cidade. De todas as pessoas com quem Jesus poderia ter passado mais tempo, ele resolveu passear com estes dois solitários caminhando para Emaús. Podemos não sentir que somos os mais importantes, podemos nos sentir confusos às vezes, mas
Jesus está interessado em nós. Em seu reino não há "jogadores principais" todos nós somos filhos de Deus.

Publicidade

3. Cristo está interessado em te ouvir. Estabeleça uma conversa com Jesus Cristo

Verso 19 - 24
Cristo estava interessado no que eles estavam pensando e sentindo. Ele poderia ter dito a eles
o que eles estavam pensando, mas ele os respeita. Nós também costumamos encobrir nossas decepções, nossas preocupações? É muito difícil ajudar quando as pessoas dizerem que estão 'bem' quando eles não estão.

Outros esboços:

4. Convide Cristo para sua Vida

Versículo 28 - 32
a) Jesus não se forçou a conversa fez uma pergunta e eles responderam honestamente. Quando chegaram ao final da jornada, Jesus não se demorou, mas parecia que Ele estava seguindo o caminho. Eles o convidaram, eles queriam que Ele ficasse.  Cristo não vai se forçar, mas está disposto a compartilhar conosco, somos nós que temos que fazer o movimento em sua direção.


Conclusão do Sermão

Como conseguir falar com Deus? Para muitos esta é uma dúvida comum.  Deus caminha com você. Ao seu lado. No meio da multidão Cristo está contigo. Na solidão Ele está junto a ti. Interessado em te ouvir. Como conversar com Deus? Falando com Deus oração é o método. Convide Cristo para a sua vida.


5 Hábitos para uma Vida Saudável com Deus | Esboço de Sermão:

Ore para que tudo esteja bem com você e que seu corpo seja tão saudável quanto sua alma é o que aprendemos em 3 João 1: 2. Além disso não dependa de sua própria sabedoria. Respeite a Deus e recuse-se a fazer algo errado  e então seu corpo estará saudável, e seus ossos serão fortes é o que a Bíblia nos ensina em Provérbios 3: 7-8. É o caminho para uma vida saudável.


5 Hábitos para uma Vida Saudável com Deus

1º - Hábito para uma Vida Saudável com Deus: 

Alimentação saudável para o corpo.

Em Daniel 1:15 a Bíblia relata que no final dos dez dias, Daniel e seus três amigos pareciam mais saudáveis e mais bem nutrido do que os jovens que tinham comido a comida designada pelo Rei. Eles não participaram da farta mesa da Corte, mas se alimentaram de alimentos saudáveis para o corpo. A farra não nutre a alma, nem o corpo.

Primeiro você come para viver, e então você viver para comer? É o que diz 1 Coríntios 6:13. O versículo nos ensina que, seu corpo é apenas temporário, mas isso não é desculpa para encher seu corpo com comida, ou indulgente com imoralidade sexual. Desde que o Senhor te honrou com um corpo, agora honre-o com o seu corpo!


Publicidade

2º - Hábito para uma Vida Saudável com Deus: 

Pensamentos saudáveis

Segundo e evangelho de Lucas 11:34 seus olhos são a lâmpada do seu corpo. Então, se seus olhos são saudáveis, Todo o corpo estará cheio de luz, mas quando sua visão é ruim, seu corpo está cheio de escuridão.


Cuidado com o que você pensa porque seus pensamentos dominam suas mentes. Outro ensinamento bíblico importante para nos orientar nessa tema se encontra em Provérbios 4: 20-23: O salmista exorta-nos: Meu filho, preste atenção ao que eu digo. Não os perca de vista. Deixe-os penetrar profundamente em seu coração, porque trazem vida àqueles que os encontram, e cura para todo o seu corpo. Guarde seu coração acima de tudo, pois determina o curso da sua vida.

O escritor de Romanos 12: 2 alerta: Não copie o comportamento e costumes deste mundo, mas deixe Deus te transformar em uma nova pessoa, mudando a maneira de pensar. 
De acordo com o versículo você aprenderá a conhecer a vontade de Deus para você, que é boa e agradável e perfeita.

Você não percebe que seu corpo é o templo do Espírito Santo, que vive em você e foi dado a você por Deus? 1 Coríntios 6:19. Saiba que você não pertence a você mesmo.


Esboço de Sermão: 5 Hábitos para uma Vida Saudável com Deus

3º - Hábito para uma Vida Saudável com Deus: 

Exercício físico e espiritual



A lição é ensinada em 1 Timóteo 4: 7b-8. Aprendemos no texto que é preciso manter-se em treinamento para uma vida piedosa. O autor nos revela que o exercício físico é bom para o seu corpo, mas o exercício espiritual é valioso em todos os sentidos, porque não só ajuda você sua vida atual, mas prepara você para a vida futura. É preciso combinar o exercício físico com o espiritual.



4º - Hábito para uma Vida Saudável com Deus: 

Relacionamentos saudáveis



Duas pessoas estão melhor do que uma, pois elas podem ajudar umas às outras, segundo Eclesiastes 4: 9-10. Aprendemos que que se uma pessoa cair, a outra pode estender a mão e ajudar. Mas alguém que cai sozinho está em apuros real. Hebreus 10:25 ressalta que é preciso encorajar um ao outro

Outros esboços:


5º Hábito para uma Vida Saudável com Deus: 

Relacionamento de dependência de Deus 

Em Lucas 17:19: Jesus disse ao homem doente, levante-se e siga em frente! Sua fé restaurou sua saúde! Crie essa dependência de Deus através da sua fé e de seu relacionamento com Ele.

Conclusão do Sermão

A vida espiritual está associada em algum grau com a vida física, como 3 João 1: 2 indica. Ao buscar a transformação espiritual, pode ser útil também se concentrar no desenvolvimento de hábitos saudáveis.


Três fatores para uma vida saudável com Deus:
MAIOR MOTIVAÇÃO
1 Coríntios 10:31: Tudo o que você come ou bebe ou o que você faz, você deve fazer tudo para a glória de Deus .
MAIOR RECOMPENSA
1 Coríntios 9:25: Todos os atletas são disciplinados em seu treinamento. Eles fazem isso para ganhar um prêmio isso desaparecerá, mas nós o fazemos por um prêmio eterno .
MAIOR PODER

Filipenses 2:13: Deus está trabalhando agora em você, dando a você o desejo e o poder de fazer o que lhe agrada

Encoraje seus amigos para que eles busquem uma vida saudável com Deus. Compartilhe esse sermão em suas redes sociais e leve aos seus seguidores os cinco hábitos de uma vida saudável com Deus.

Se você é um pregador da Palavra de  Deus saiba que a cada dia o obreiro deve buscar trazer uma pregação evangélica forte. Como devo pregar a palavra de Deus? Esta é uma dúvida muito comum. Com os ensinamentos da homilética um esboço bíblico pode orientar na pregação.

Cinco Regras Básicas para o Estudo da Bíblia Sagrada


Confira algumas regras básicas para o Estudo da Bíblia 


Confira aqui no Blog estudos Bíblicos online alguns princípios fundamentais para o estudo da Bíblia Sagrada evangélica para fortalecer a sua fé nas palavras impactantes da Bíblia. Leia as 7 dicas para fazer um estudo bíblico


1. Palavra de Deus

Lembre-se de que a Bíblia é a palavra autoritária de Deus. Quando você lê a Bíblia, Deus está falando diretamente com você. Nós não devemos nos sentar e julgar a Deus ou a que Deus diz. Em vez disso, devemos entender que Deus e sua palavra nos julgam. Está sempre certo e nós estamos entendendo com humildade. Devemos trazer nossas vidas em conformidade com Deus e sua palavra, não o contrário.


Publicidade

2. Contexto bíblico

Sempre verifique o contexto da passagem que você está estudando. Compreenda a gramática e o significado das palavras na frase. Entenda a frase no contexto do parágrafo. Entenda o parágrafo no contexto do capítulo, do livro e do texto. Bíblia inteira. Procure entender o contexto histórico em que o autor escreveu. 



3. Entendo o texto bíblico

Procure encontrar o significado claro do texto. Você não precisa procurar por algum “significado oculto”. A escritura tem diferentes tipos de escrita; narrativa, história, poesia, profecia, etc. Cada uma delas deve ser entendida em seu contexto. Devemos procurar o significado claro e entender isso. Veja as 9 dicas para uma leitura bíblica bem sucedida


4. Interpretação Bíblica

Use as Escrituras para interpretar as Escrituras. Use passagens mais claras para interpretar passagens menos claras. Estude as passagens paralelas para obter um entendimento mais preciso. Aprenda os principais temas das Escrituras.  Saiba Como ser um obreiro aprovado
Cinco Regras Básicas para o Estudo da Bíblia Sagrada
by Pixabay


5. Reflexão na Palavra

Quando você estudar uma passagem, certifique-se de fazer as perguntas certas. A. O que essa passagem me ensina sobre Deus? B. Como Deus quer que eu viva? C. O que o escritor pretendia comunicar? D. Qual é o principal ponto desta passagem? E. Como o meu entendimento desta passagem se enquadra com o resto da Bíblia? F. Como me sentiria se fosse um dos personagens da história?

15 Temas de Estudos Bíblicos para Pequenos Grupos


Sugestões de Temas de Estudos Bíblicos para Pequenos Grupos


Levar uma palavra evangelística ou realizar um estudo bíblico doutrinário é fundamental para as reuniões de pequenos grupos (células). Veja aqui algumas sugestões de Estudos Bíblicos para Pequenos Grupos.


15 Temas de Estudos Bíblicos para Pequenos Grupos


  1. Ficar no propósito de Deus para minha vida (Mateus 3: 11-17, Gênesis, capítulo 3, 1 Reis 13, Gênesis 37, 39, 40 e 41, Daniel, capítulo 3, Jeremias 1: 5, 1 Crônicas 12: 32)
  2. Por que Deus permite que os cristãos sofram? (Salmo 66: 10, 1 Pedro 1: 6-8 , Tiago 1: 2-3 , Isaías 48: 10, Salmo 34: 19, 2 Timóteo 3: 11, Salmo 71: 20, Salmo 138: 7, Oséias
  3. 6: 1-2, Zacarias 13: 9, Hebreus 12: 2)
  4. Deus quer o melhor para mim ( João 3: 27 , Romanos 8: 32, 3 João 2, João 15: 5, Filipenses 2: 13, Hebreus 13: 21, João 6: 65, Provérbios 3: 6, Gn 22: 13-14)
  5. Paulo dá graças pelo conflito  2 Coríntios 1: 3-4 
  6. Vamos seguir o exemplo de Cristo (João 3: 16, Filipenses 2: 6-12 , Mateus 25: 35-40, 1 João 4: 20, Tiago 2: 15-17, 1 Pedro 2: 24, Isaías 53: 4-5, 1 Pedro 2: 21 , João 15: 12 )
  7. Igreja ora por ousadia Atos 4: 23-30 • 
  8. Entendendo a tolerância cristã ( 1 Pedro 3: 8-10, Atos 10: 28, Mateus 5: 43-48, Ef 4: 2, Romanos 14: 1-4 , 2 Tim 2: 23–26 , Mateus 6: 24, Josué 24: 15)
  9. Quando buscamos, encontramos (Provérbios 8: 17, 1 Crônicas 16: 11, Hebreus 11: 6, Mateus 7: 7-8, Oséias 10: 12, Deut 4: 29-31)
  10. Paulo, agradece pelas riquezas espirituais Efésios 1: 3-14
Publicidade

  1. Confiando no Deus de todas as estações (Ap 1: 8, Ec 3, Malaquias 3: 6, Salmos 102: 27, Jeremias 29: 11, Lucas 12: 42-48, Hebreus 13: 8, Salmo 145: 3-4, 2 Crônicas 32: 1-23 )
  2. Seus frutos falam muito sobre você (Mateus 7: 16, Mateus 25: 14-30, Mateus 12: 33, Tiago 2: 18, Tiago 3: 12, Lucas 6: 43, Gálatas 6: 9 )
  3. Dê a cada pessoa o devido (Romanos 13: 7-9, Lucas 23: 39-43, Ap 4: 11, Romanos 13: 1-2, 1 Tesa 5: 12-13, Mateus 15: 4, Colossenses 3: 21, Ef 5: 33)
  4. Grato em todas as situações (1 Ts 5: 18, Salmos 34: 1, Salmo 95: 1-3, Daniel 2:23, Colossenses 1: 3-6, 1 Timóteo 1: 12, Hebreus 13: 15)
  5. Faça de Deus sua prioridade número um (Lucas 12: 15, Lucas 12: 16-34, Mt 6: 33, Jo 6: 27

21 Temas de Pregação sobre Oração

Relação de Temas de Pregação sobre Oração


21 Temas de Pregação sobre Oração
by Pixabay


  1. • Salmo 55: 17 Devemos orar regularmente
  2. • Mateus 5: 44 A oração pelos nossos inimigos
  3. • Mateus 6: 5-7 Devemos orar secretamente e honestamente
  4. • Mateus 18: 19-20 Orando com os outros
  5. • Mateus 21: 21-22 Se orarmos, receberemos
  6. • Mateus 26: 41 A oração nos impedirá de pecar
  7. • Lucas 18: 1 Orações poderosas nos dará coragem
  8. • João 14: 12-14 Oração é falar com Deus sobre qualquer coisa
  9. • João 15: 7-8, 16 Devemos orar com confiança
  10. • João 16: 23-26 Oração envolve pedir. Devemos orar em nome de Jesus
Publicidade
  1. • Filipenses 4: 6-7 Faça orações para Deus sobre tudo e seja grato
  2. • 1 Ts 5: 16-18 Devemos orar sempre
  3. • Tiago 5: 13-14 Devemos orar pelos enfermos e outros necessitados
  4. • 1 João 1: 9 A oração envolve confessar nossos pecados
  5. • Gênesis 18: 22-23 A oração de Abraão por Sodoma 
  6. • Êxodo 15: 1-18 Oração poderosa pela libertação
  7. • 1 Samuel 7: 5-11 A oração pela nação 
  8. • 2 Crônicas 1: 1-11 A oração pela sabedoria 
  9. • Neemias 1: 4-11 Neemias pede orientação 
  10. • Neemias 9: 6-37 Confissão pública liderada por Esdras 
  11. • Salmo 51 - Oração do perdão e restauração

35 Características de um Líder de Pequenos Grupos

Conhecendo as características fundamentais de um Líder de Pequenos Grupos

A abordagem do estudo bíblico por meio de pequenos grupos tem sido uma prática comum em muitas igrejas no Brasil. Em algumas denominações é semelhante a igreja em células. Independentemente da visão, nesta postagem trouxemos algumas características do líder que promove estudos bíblicos para células ou pequenos grupos. Para aqueles que tem o propósito de trazerem uma palavra evangelística.


  1. Realiza um papel vital no crescimento espiritual e encorajamento daqueles em seu grupo.
  2. Reconhece que quando Deus nos chama ao ministério, Ele nos dá o poder de realizar o trabalho não pela nossa inteligência ou nossas habilidades que servimos, mas pelo poder do Espírito Santo.
  3. Um líder de pequenos grupos deve procurar crescer em relacionamento íntimo com Jesus Cristo através do estudo diário e aplicação das Escrituras, oração e esforçar para defender e preservar as verdades da Bíblia.
  4. Deve ser sensível as variadas necessidades do grupo e servir e encorajar os homens no grupo para conhecer Jesus Cristo e torná-lo conhecido. 
  5. Ele olha para os interesses dos outros porque ele é um líder servo que cuida de cada um individualmente. 

35 Características de um Líder de Pequenos Grupos


  1. Um líder de pequeno grupo não é dominante, mas incentiva e se esforça para a participação de todos os membros. 
  2. Tem por objetivo capacitá-los a aprofundar sua fé e compromisso de buscar apaixonadamente a Jesus Cristo.
  3. O líder deve ser cheio de fé. Um bom líder confia em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador e confia em Deus para realizar o trabalho que Ele o chamou para fazer.
  4. Dependente de Deus. Um bom líder de pequenos grupos sabe que sua força e orientação vem através do Santo e através da oração.
  5. Um bom líder é Compassivo e estende a mão aos homens que Deus o chamou para supervisionar.
  6. Transparente é uma qualidade do líder que não tem medo de ser aberto e permite que sua vida seja um exemplo para outras.
  7. Fidedigno. Um bom líder pode ser confiável para manter as informações confidenciais privadas, não dadas a fofoca, mas a oração.
  8. É Humilde. Um bom líder serve a Deus em primeiro lugar e está decidido a agradá-lo acima de todos os outros.
  9. Um bom líder é Sincero e escuta os outros com sincero interesse no que a outra pessoa é tentando se comunicar. Ele responde pensativamente, dando conselhos apenas quando solicitado por Deus.
  10. Ele ora consistentemente pelos membros de seu grupo e pela liderança do estudo bíblico.



Publicidade
  1. Ele participa do treinamento de liderança.
  2. Entra em contato regularmente com os membros de seu grupo e incentivá-los individualmente.
  3. Um líder de pequenos grupos encoraja o grupo a amar um ao outro de maneiras específicas e tangíveis, vendo o pequeno grupo como uma comunidade de apoio para seus membros.
  4. É como pastor de seu grupo e cuidará do rebanho conforme necessário.
  5. Está preparado. Estuda a lição é aplicável. 
  6. Segue o cronograma para o estudo, iniciando o grupo no horário.
  7. Um bom líder de pequeno grupo Liga e acompanha os membros ausentes. 
  8. Um bom líder lidera a discussão em pequenos grupos, mantendo os membros do grupo focados no tópico de maneira animada e interessante.
  9. Pastoreia os homens como seguidores de Jesus Cristo. 
  10. Ora por cada membro do seu grupo durante a semana.
  11. Deixa o Espírito Santo guiar! Permite que Deus realize seu trabalho através dele.
  12. Entusiasta! Deixa o grupo saber que se importa com eles e com Deus.
  13. O líder mais eficaz é o fiel seguidor de Cristo. 
  14. Nutri seu próprio relacionamento com Cristo que é a prática mais crítica na liderança.
35 Características de um Líder de Pequenos Grupos
Líder que Busca soluções da Escritura

  1. Líder que Busca soluções da Escritura
  2. Encoraja os membros a procurarem na Bíblia e não em pessoas as respostas. 
  3. Enfatiza a importância da confiança entre os membros do seu grupo. Promove uma atmosfera de segurança e aceitação, acolhedora e solidária no grupo para se sentirem seguros para compartilhar qualquer coisa sem medo de serem julgados, ridicularizados ou rejeitados.
  4. Ama uma pessoa sem necessariamente precisar concordar com essa pessoa. Se um participante compartilha algo que faz Se ele se sentir vulnerável ou envergonhado, diga algo como: "Eu sei que o seu compartilhamento demorou muito de coragem. 
  5. Seu objetivo é que vidas sejam mudadas. 
  6. Lidera o grupo em oração:

Referências
http://storage.cloversites.com/vandykechurch/documents/Mens Smal Group Leader Handbook.pdf

7 Dicas para Estudar para Escola Dominical durante a semana


Como se preparar para Escola Dominical durante a semana?

A Escola Bíblica Dominical (EBD) é um patrimônio da igreja evangélica. Lições bíblicas, revistas, estudos e atividades promovem o crescimento espiritual e no conhecimento da palavra dos membros de diversas igreja. Estar preparado para a aula da EBD é fundamental para o cristão. Seja qual for a sua classe, infantil jovem ou adulto, estude para a escola dominical.

Durante a semana, dedique um pouco de tempo todos os dias para a lição. 

  1. Na segunda-feira, gaste alguns minutos na próxima lição, procurando por um tema ou gancho central.  
  2. Na terça-feira, faça uma pequena pesquisa teológica em um Dicionário Bíblico, comentários e mapas 
  3. Na quarta-feira, leia livros, jornais e revistas sobre o assunto. Faça anotações de qualquer coisa relacionada ao seu tema. 
  4. Na quinta-feira, considere sua próprias experiências com o tema em mente e procure por programa de TV, Internet e filmes sobre o assunto
  5. Na sexta-feira, agora que você juntou todos os dias entrada na vida, consulte o seu guia de líderes para ver escritor sugere 
  6. No sábado, aproveite o tempo livre com a família e  caso tenha alguns minutos, mapeie a lição.
  7. No domingo, convide o Espírito Santo para orientá-lo durante a aula.

7 Dicas para Estudar para Escola Dominical durante a semana
by Pixabay
Veja também

25 Orientações para Estudo de Doutrinas Bíblicas

Como estudar uma doutrina bíblica? 

Pesquisar nas Escrituras e pesquisar em um concordância para palavras-chave relacionadas a essa doutrina, abordar o estudo da doutrina em dicionários bíblicos de referência, consulte uma boa Bíblia tópica sob o título da doutrina que você está considerando e escreva uma lista de todas as passagens bíblicas relacionadas ao seu tópico.  

Muitos estudam Doutrinas da Bíblia (Bíblias de referência) incluem referências projetadas para conduzir o leitor através de um estudo de tópicos bíblicos. 

Exemplos de doutrina bíblica: Doutrina do Espírito Santo, Doutrina de Cristo e outras

O estudo das doutrinas bíblicas é fundamental para a formação do cristão. Estudo de doutrina da Assembleia de Deus, da Igreja Batista, Presbiteriana ou qualquer outra denominação evangélica.  Doutrinas Bíblicas são baseadas em estudos da Bíblia.

Veja também Como ser um obreiro aprovado?

Estudando as doutrinas das igreja evangélicas.

Lembre-se, o estudo de uma doutrina bíblica é construído sobre certas pressuposições. Todo esforço deve ser feito para evitar a construção de doutrina sobre escritos especulativos de pessoas ou idéias “fantasiosas” que apelam para imaginação.   Se um conflito existir, há um alguns princípios que ajudarão você a resolvê-lo.


Publicidade

Dicas para o estudo de doutrinas bíblicas

  1. Faça uma lista de textos e leia cada passagem e faça suas próprias notas breves sobre o tema. 
  2. Seu estudo da doutrina deve basear-se na interpretação da Bíblia.
  3. A doutrina deve ser limitada às próprias Escrituras. 
  4. Tendo completado a pesquisa dos textos bíblicos, organize seus princípios doutrinários básicos em uma ordem lógica. 
  5. No estudo da maioria das doutrinas, a ordem lógica se tornará óbvia. 
  6. Às vezes, pode ser útil traçar conteúdo doutrinário no desenvolvimento cronológico. 
  7. Ocasionalmente, você pode querer destacar e organizar ênfases doutrinárias por vários escritores bíblicos ou livros bíblicos diferentes. 
  8. Um estudo doutrinário da igreja poderia ser organizado para ilustrar as ênfases únicas de Jesus, Pedro e Paulo. 
  9. Quando você organizar suas conclusões, reserve um tempo para examinar todo o conteúdo. 
  10. Revise os principais textos em que há uma aparente contradição; nunca tente fazer um verso dizer mais do que significa. 
  11. Talvez, há algo sobre o contexto do verso que pode explicar porque é expressado dessa maneira. 
  12. Ao verificar o contexto mais de perto, o problema com o verso muitas vezes desaparece. 
  13. Nenhuma doutrina bíblica está sozinha. “Nenhuma Escritura é de interpretação particular” (2 Pe 1:20). 
  14. Se as pessoas são criadas “à imagem de Deus” (Gn 1:27), o que acreditamos sobre Deus está relacionado o que nós acreditamos sobre as pessoas. 
  15. Se Cristo veio para "salvar o seu povo dos seus pecados" (Mateus 1:21), então nossa doutrina de Cristo está relacionada com nossa visão de salvação e pecado. 
  16. Enquanto você revisa seus estudos doutrinários, considere como suas conclusões doutrinais estão relacionadas a outras verdades doutrinárias ensinado nas Escrituras. 
  17. Toda verdade que vem de Deus é consistente, assim como Deus é uma unidade (um), Ele nunca se contradiz. 
  18. Nossa doutrina deve ser sistemática. Isso significa que cada a doutrina deve ser consistente com os outros em nosso sistema doutrinário. 
  19. Ao concluir seu estudo doutrinário, leia novamente suas anotações. 
  20. Faça um esboço que deve ser útil para explicar suas conclusões aos outros. 
  21. Se sua doutrina é bíblica, você deve ser capaz de encontrar apoio para cada princípio nas Escrituras. 
25 Orientações para Estudo de Doutrinas Bíblicas
Referência
Towns, Elmer L., "Como criar e apresentar estudos bíblicos de alto impacto" (1998). Livros Artigo 27. http://digitalcommons.liberty.edu/towns_books/27

3 Formas de fazer bons Estudos Bíblicos para Jovens

Como preparar bons Estudos Bíblicos para Jovens?

A Bíblia é a mensagem escrita de Deus para nós, é importante lermos e entendê-la. Mas muitos não conseguem entender a Bíblia e aplicá-la em suas vidas diárias.  A elaboração de estudos bíblicos para jovens é fundamental para fortalecer o crescimento espiritual da juventude da igreja. Ajudar as pessoas a estudar a Bíblia para entender sua mensagem deve ser uma missão da liderança. 

1 - Preparação do Estudo Bíblico


A preparação de estudos bíblicos para jovens é uma etapa fundamental do processo. Ensinar é preparação. Entender que a necessidade de preparação começa muito antes de alguém chegar na sala de aula. Um professor começa a ensinar quando ele ou ela começa a estudar e preparar a lição. Portanto, preparar estudos bíblicos para jovens é estudar e ensinar a Bíblia. Veja 7 dicas para fazer um estudo bíblico

2 -  Orientação


Ensinar é orientação. O professor, por si só, não pode fazer os jovens aprenderem. Tudo o que o professor deve fazer é orientar o jovem através de experiências de aprendizagem. Aprender é algo que os alunos devem fazer para eles mesmos. Há um velho ditado: "Você pode levar um cavalo à água, mas não pode fazê-lo beber. ”Isto significa que um professor pode inscrever um aluno na turma, mas os professores não podem garantir que os jovens aprendam. Talvez sim! Mas os professores podem orientá-los e eles vão querer aprender. 

O professor deve motivar os jovens a aprenderem planejando experiências, planejando a sequência da experiência e planejando os resultados. Isto significa que o professor está orientando os jovens nas experiências de aprendizagem.  Quando você vai explorar uma trilha desconhecida você precisa de um guia. Sem um guia, você não pode se aventurar sem riscos, pois você pode não encontrar o seu caminho de volta. Um professor faz com que os jovens comecem adequadamente, orientam as atividades de aula e ajudam os alunos a aprenderem o texto bíblico. Um professor orienta o processo.
Há dois guias no aprendizado bíblico: o Espírito Santo e o professor.

Publicidade

Deixe o Espírito Santo te orientar para que você possa guiar os jovens.

Em um contexto cristão, o Espírito Santo nos guia, ajudando-nos a aprender as Escrituras. Jesus
prometeu: "O Espírito Santo vos guiará a toda a verdade" (João 16:13). O Espírito Santo trabalhando
como um guia é ilustrado por Filipe ajudando o eunuco etíope a aprender a Bíblia. O etíope estava lendo o livro de Isaías, mas não entendia o que ele estava lendo. Felipe correu ao lado para perguntar:
“Entende o que lês?” (Atos 8:30).
O eunuco estava voltando de Jerusalém para onde provavelmente iria adorar a Deus. Mas
ele estava cego para a verdade espiritual e não conseguia entender as Escrituras. 
O eunuco respondeu:
“Como posso (entender), exceto que alguns homens me guiam” (Atos 8:31). 

O eunuco foi pedindo ajuda para entender o que ele estava lendo. O professor deve guiar o pensamento dos jovens, explicando-lhes o conteúdo básico da lição. Ao fazer isso, o Espírito Santo
remove a cegueira espiritual para que ojovem entenda a Bíblia.

Isso significa que o professor e o Mestre Divino devem trabalhar juntos para produzir aprendendo quando a Bíblia é ensinada. Eles são líderes duplos no processo de aprendizagem

3 Formas de fazer bons Estudos Bíblicos para Jovens

3 - Ensinar os jovens a praticarem a Palavra


Indique aos jovens no estudo bíblico que primeiro, você pode entender melhor a Bíblia enquanto aprende. Portanto, estude-a. 9 dicas para uma leitura bíblica bem sucedida.

Na elaboração do estudo você deve pesquisar como guiar os jovens em atividades de aprendizado da Bíblia.  Esta é uma sugestão para que você seja um professor de sucesso. 

Reserve um espaço durante o estudo bíblico com os jovens para que eles testemunhem resultados de aprendizagem de experiências de ensino bíblico. Ensinar não é só transmitir, mas ouvir os jovens através de experiências concebidas. Quando os alunos experimentam a verdade da Palavra de Deus, eles aprendem suas lições.

O estudo da Palavra de Deus para jovens e o estudo bíblico para jovens evangélicos fortalece o  compromisso com Deus sendo importante trabalhar temas dinâmicos e sobre assuntos como namoro, oração, liderança e outros.

Referência
Towns, Elmer L., "Como criar e apresentar estudos bíblicos de alto impacto" (1998). Livros Artigo 27. http://digitalcommons.liberty.edu/towns_books/27


30 Batalhas marcantes na História da Bíblia

Histórias interessantes da Bíblia Sagrada  são importantes para o conhecimento do cristão. As histórias mais conhecidas da Bíblia ouvimos sempre em pregações ou na escola bíblica: Historia de Davi na Bíblia, história de Josue e outros. Nesta postagem trouxemos uma relação de batalhas que ocorreram no Bíblia. Uma inspiração para a batalha espiritual. Confira!

30 Batalhas marcantes na História da Bíblia

30 Batalhas marcantes na História da Bíblia

  1. Batalha de Siddim Gênesis 14
  2. Batalha de Repidim Êxodo 17 e Deuteronômio 25
  3. Batalha de Horma Números 14
  4. Batalha de Jericó Josué 5
  5. Batalhas de Ai         Josué 7 e 8
  6. Batalha de Gibeon Josué 10
  7. Batalha de Siquém Josué 8 e 9
  8. Batalha de Zaphon Josué 12
  9. Batalha de Gibeá Juízes 19-21
  10. Batalha de Aphek 1 Samuel 4
  11. Batalha de Mizpá 1 Samuel 7
  12. Batalha de Jabesh-Gilead 1 Samuel 11
  13. Batalha do Micmash 1 Samuel 13 e 14
  14. Batalha de Amaleque 1 Samuel 15
  15. Batalha de Socoh 1 Samuel 17
Publicidade
  1. Batalha de Keilah 1 Samuel 23
  2. Batalha do Monte Gilboa 1 Samuel 28 e 1 Crônicas 10
  3. Batalha de Maanaim 2 Samuel 4
  4. Batalha de Rabbah 2 Samuel 10 e 1 Crônicas 19 e 20
  5. Batalha de Ramoth-Gilead 1 Reis 22 e 2 Crônicas 18 e 19
  6. Batalha de Samaria 2 Reis 6 e 7
  7. Batalha de Elath         2 Reis 16 e 2 Crônicas 28
  8. Invasão Assíria         2 Reis 15 e 17
  9. Invasão Egípcia         1 Reis 14 e 2 Crônicas 12
  10. Batalha de Zoar         2 Reis 8 e 2 Crônicas 21
  11. Batalha do Vale do Sal 2 Reis 12 e 14 e 2 Crônicas 24 e 25
  12. Batalha de Laquis 2 Reis 18 e 19, 2 Crônicas 32 e Isaías 36 e 37
  13. Batalha do Vale de Jezreel 2 Reis 23 e 2 Crônicas 35
  14. Queda de Jerusalém para a Babilônia 2 Reis 25, 2 Crônicas 36, Jeremias 52 e Daniel 1
  15. Batalha do Monte Zemaraim 2 Crônicas 13
  16. Batalha de Beth-Shemesh 2 Crônicas 25

Estudo Bíblico sobre Obediência para Adolescentes

A importância da Obediência na vida de Adolescentes com Deus.

Estudo Bíblico para adolescentes sobre Obediência aos pais, à autoridade e, sobretudo, obediência a DeusSomos chamados a ser obedientes a Deus.

Desde que nasceram, os adolescentes têm estado sob o controle e influência de seus pais ou responsáveis. 

Quando começam a frequentar a escola, os professores tornaram-se figuras de autoridade e obediência. 

Quando praticam esportes, música ou alguma outra disciplina tornou-se parte da vida do adolescente, o treinador, instrutor ou líder que também é necessário obediência. Mesmo na igreja, pedimos aos jovens que sejam obedientes.  Se você é um líder sugerimos a leitura de Características de um bom líder do ministério de jovens

Longa vida da obediência


De acordo com Efésios 6, quais são os benefícios ou recompensas de “honrar seus pais”? 

  • Poderá desfrutar de uma longa vida na Terra. 


Obediência aos pais resulta na perspectiva de uma vida bem sucedida e longa. A promessa original era a Israel em relação a viver na terra prometida. A eles foram prometidos uma vida próspera e longa na terra. Paulo indica para nós que adolescentes que obedecem aos pais aprendem autodisciplina, auto- respeito, hábitos, fidelidade e bondade que trazem estabilidade e longevidade. 

Essas adolescentes normalmente podem esperar bênçãos temporais e longa vida nesta terra. 

Durante a adolescência, o conceito de obediência às vezes pode estar cheio de conflitos. À medida que os jovens lutam para criar sua própria identidade, alguns começam a se rebelar contra a norma e estruturas da sociedade. 

A verdade é que para muitos adolescentes, a palavra obediência não está em nenhum lugar de seu vocabulário. Para outros, é um peso opressivo que restringe seu crescimento e liberdade. Ainda assim, alguns acolhem os limites e responsabilidades que acompanham a obediência. Qual você escolheu?

Publicidade

Obediência pode ser definida como: 

  • querer se colocar sob a autoridade de outro ou cede à autoridade de outro. 


Obediência foi o problema de Adão e Eva. Deus deu a eles um simples comando em Gen. 2:16, 17, vs. 16. Uma instrução simples para obedecer. E todos nós sabemos o que aconteceu, desobedeceram. 

aqui

Noé e a obediência a Deus.


Ler e interagir com Noé, servo obediente de Deus, pode ajudar o adolescente a perceber que a obediência pode ser uma força positiva em sua vida. Como ser um obreiro aprovado?  leia este artigo para reflexão.

No nível mais básico, Noé, para sobreviver, tinha que ser obediente a Deus.

Se você ou eu estivéssemos em uma situação semelhante, provavelmente faríamos o mesmo. Mas,
há mais na história e na razão por trás da obediência de Noé.

• Por que Noé obedece?
• Como ele respondeu a Deus?
• Qual foi a recompensa dele?
• Qual foi o pacto feito entre Deus e Noé e o que fez significar?

Como Deus é nosso Criador, devemos obedecer e confiar nEle. Porque ele sabe como somos feitos e o que o futuro trará. Ele sabe o que é melhor para nós todas as vezes. Podemos confiar em Seu amor e sabedoria. Ele irá aceitá-lo como seu filho e irá protegê-lo e mantê-lo se quiser Escolher agora mesmo, pela ajuda de Deus, obedecê-lo; pois, como lemos, “este é o todo dever do homem. ”Eclesiastes 12:13

Um pacto é uma promessa, compromisso, obrigação, acordo, contrato, pacto ou tratado. 

A aliança entre Noé e Deus é um compromisso divino feito para Noé, para todas as criaturas e até para a terra como um todo. 
Quando olhamos para a história de Noé e pensamos sobre a principal coisa de Noé foi obedecer
Deus - a última questão da nossa obediência vem à mente. Se nós Querendo ou não, devemos falar sobre a obediência.

Mudando nossas vidas com a obediência


Quando a Palavra de Deus está em nossos corações, que mudança vai alterar em nosso vidas? Salmo 119: 11.  “Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti.” 

  1. • Você quer ser uma pessoa obediente?
  2. • Que tipo de autoridade você está confortável em obedecer?
  3. • Quando é difícil para você obedecer?
  4. • A obediência é um sinal de fraqueza?
  5. • A adolescência é um contraste direto com Noé - concorda ou discorda?
  6. • Existe alguma conexão entre nós e Noé?
  7. • Como devemos obedecer a Deus? O que você acha que será nossa recompensa?


Somos chamados a obedecer a Deus e essa obediência vem da Bíblia. 

Nem sempre é fácil obedecer. Satanás nos tenta a fazer aquilo que não é de acordo com a vontade de Deus para nós. Lembre-se, porém, quando Satanás está tentando você mentir, roubar, desobedecer a seus pais, ou agir de forma indelicada, Jesus está ali para dar-lhe poder para fazer o que é certo, se você só pedir.  Veja neste Estudo sobre Neemias: Resumo, quem foi e sua história, como Neemias obedeceu a Deus

Maneiras específicas que podemos obedecer a Deus e algumas recompensas que nos são prometidas. 


  • Lucas 6: 27-36 e Marcos 12: 28-34: amem-se mutuamente
  • Mateus 28: 19-20: a Grande Comissão
  • Gálatas 5: 22-23: os frutos do Espírito
  • II Coríntios 8-9: Dar
  • 2 Coríntios 2: 5-11: Perdoar os outros
  • Êxodo 20: 1-17: os 10 mandamentos
  • Efésios 6: 1-4: Obedecer aos pais
  • Colossenses 3: Regras para viver


Esta é uma parcial listar tanto da Bíblia fornece um modelo para nossas vidas.
Faça a sua lista.
Não se concentre apenas nas recompensas prometidas para nós no céu. Também nos prometem vida abundante - e que a vida começa assim que nós aceitamos a Cristo como nosso Salvador.

  • Mateus 5: 3-12: as bem-aventuranças
  • Marcos 10: 29-31: vida eterna; último deve ser o primeiro
  • I Coríntios 3: 10-15: trabalho de qualidade em Cristo receberá a recompensa
  • João 10:10: vida abundante
  • João 3:16: a vida eterna

Efésios 6: 1-9. 
  • O que os adolescentes são ordenadas a fazer? 
  • Para obedecer a seus pais Em quem? 
  • No Senhor Por quê? 

Estudo Bíblico sobre Obediência para Adolescentes

Obedecer significa ouvir


Está certo "Obedecer" literalmente significa ouvir - o adolescente deve estar disposto a ouvir as palavras de seus pais e moldar suas ações por ele. “No Senhor” significa porque eles (a criança) pertencem ao Senhor e agem em de acordo com a vontade do Senhor. 

A obediência aos pais faz parte da obrigação do jovem para com o Senhor. (veja Lucas 2:51 e Hebreus 5: 8). 

Como um momento de compromisso e encerramento deste Estudo Bíblico, desafie cada pessoa a pensar uma maneira pela qual eles podem obedecer a Deus a partir de hoje.

Então, da próxima vez que você for tentado a dizer algo que não é exatamente verdade, diga: “Jesus, eu escolho fazer a Sua vai, por favor, me ajude a fazer o que é certo ", e seu poder vai enchê-lo com o força necessária para fazer exatamente isso


Os adolescentes devem obedecer a seus pais enquanto estiverem sob os cuidados de seus pais e em Efésios 5:31. a responsabilidade de uma criança de amar e respeitar e até mesmo prever que os pais duram por toda a vida. 

Pensa sobre o seu relacionamento com seus pais: como você honra seus pais? 
Você é um modelo para o seu crianças nisso? 
Se você está criando filhos, o que você gostaria de fazer para melhorar o ensinamento e instruí-los no Senhor? (releia Deuteronômio 6: 4-9). 

Obediência primeiro


É difícil obedecer às instruções de alguém se elas não fizerem sentido para nós. Nós gostamos de nossas respostas ou razões antes de cometer alguma ação. Deus às vezes Quer nossa obediência antes de nossa compreensão
  • Obediência é amizade com Deus . João 15:14 Podemos ser amigos de Deus. Abraão era amigo de Deus. (Tiago 2:23) 
  • Obedecer é melhor do que sacrifício 15:22 Samuel Deuteronômio 5:29 
  • Obediência e o fruto do espírito João 15: 5 O fruto do Espírito em Gálatas 5: 22-23 
  • Obedecer é é disciplina. Hebreus 12: 5-6 Disciplina deve ser unida com a morte para si mesmo. Está morrendo para o que queremos, o que nós planejar e assim por diante. Lucas 9:23 Paulo disse:“ Eu morro diariamente. ”1 Co 15:31 I - 
  • Obedecer é seguir a Cristo - Marcos 2:14 “Segue-me”. Levi levantou-se e seguiu a Cristo. João 1:43 a Filipe ele disse: “Vem e segue-me.” Efésios 5: 1 “Sede imitadores de Deus.” 
  • Obedecer é alegria. João 15: 10-11 "...sua alegria seja plena ”. 
  • Obedecer é promessas - Filipenses 4:19 Deus promete suprir nossas necessidades! 
  • Obedecer é levar sua cruz - Lucas 14:27 
  • Obedecer é vida eterna. Apocalipse 22:14 A vida eterna é prometida àqueles que obedecem. 

Neste blog publicamos diversos estudos bíblicos sobre Jesus, assuntos da Bíblia, estudo doutrinario evangelico, palavras da Bíblia para jovens, questionário bíblico, histórias da bíblia para jovens, estudo sobre obediência a Deus, etc.  confira!

Referências
http://www.cbfnc.org/Portals/0/the main thing youth bible study--woody.pdf
http://www.pathlights.com/Bible-Study-Course/02-Began.pdf

13 Fatos de Vida de Ló (Gênesis 11-19)

Um estudo bíblico biográfico de Ló (Gênesis 11-19)


Principais fatos de Vida de Ló (Gênesis 11-19)


1. Quem foi Ló?
Esta é a genealogia de Tera: Tera gerou Abraão, Naor e Harã. Haran gerou Ló (Gn. 11,27). Terah levou seu filho Abrão e seu neto Ló ... eles saíram com eles de Ur do Caldeus (Gn 11.31).

2. Que relacionamento Ló teve com Abrão?
Agora o Senhor disse a Abrão: saia do seu país, da sua parentela e da sua casa do pai (Gn 12: 1). Ló também, que foi com Abrão (Gn 13: 5).

3. Que problema causou uma separação entre os dois?
Houve conflito entre os pastores de gado Abraão e os pastores de Abraão gado e os pastores do gado de Ló (Gn 13: 7).

Publicidade
4. Como Abrão resolveu o problema?
Abrão disse a Ló: Por favor, permita que não haja conflito ... por favor, separe-se de mim. Se você pegar a esquerda, então irei para a direita; ou se você for para a direita, eu irei para a esquerda (Gn 13: 9).

5. Com base em que Ló escolheu?
Ló ergueu os olhos e viu todas as planícies do Jordão, que estava bem regado em todo lugar ...
como o jardim do Senhor (Gn 13:10). Então Ló escolheu para si toda a planície da Jordânia (Gen.
13:11).

6. Qual foi o primeiro passo da queda de Ló?
Ló viajou para o leste. E eles se separaram (Gênesis 13:11). Ló morou nas cidades na planície e armou sua tenda até Sodoma (Gênesis 13:12).

8. O que aconteceu com Ló em Sodoma?
Dois anjos vieram a Sodoma à noite, e Ló estava sentado no portão (Gn 19: 1).

10. Que crise Ló enfrentou?
Os homens de Sodoma, velhos e jovens, cercaram a casa. E eles chamaram a Ló... onde estão os homens (anjos) ...? Traga-os para fora para que possamos conhecê-los carnalmente (Gen.19: 4, 5).



11. Como Ló queria resolver a crise?
Ló ... disse: Por favor, meus irmãos, não façam isso perversamente! Veja agora, eu tenho duas filhas,  por favor, deixe-me trazê-los para você, e vocês podem fazer com eles como quiser (Gn 13: 7, 8)

12. O que aconteceu com a esposa de Lo?
Eles (os anjos) disseram: Escape para a sua vida! Não olhe para trás...mas ela olhou (Gn 13:17).

13 Fatos de Vida de Ló (Gênesis 11-19)
13. Que pode ser dito sobre o Ló?
Porque (se Deus) livrou o justo, o qual foi oprimido com a conduta imunda dos ímpios ...
o Senhor sabe libertar os piedosos da tentação (2Pe 2: 7, 9)


Resumo do que você precisa saber da História de Abraão na Bíblia.


O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A VIDA DE ABRAÃO?


Nesta postagem trouxemos um estudo bíblico sobre Abraão. A história de Abraão. Quem era abraão? Como foi a Historia de Sara e Abraão?  O estudo busca responder a algumas perguntas sobre Abraão. Tudo sobre a vida de Abrão em um resumo sintético e objetivo.


Eventos durante os primeiros anos de vida de Abrãos: do nascimento aos 86 anos (Gen. 11-16)

  • 1 - Ele nasceu e cresceu em Ur dos Caldeus, uma cidade localizada na terra de Mesopotâmia (Gênesis 11: 27-29; Atos 7: 2-4).
  • 2 - Antes de sua conversão, Abrão era um adorador de ídolos (Js 24: 2).
  • 3 - Deus apareceu a ele, e Abrão se tornou um crente (Atos 7: 2).
  • 4 - Abrão foi comandado por Deus para deixar a Mesopotâmia para uma nova terra que Deus havia prometido mostrá-lo (Gênesis 12: 1; Atos 7: 3).
  • 5 - Abrão recebe uma promessa de sete vezes de Deus (Gn 12: 2-3).
  • 6 - Abrão parte de Harã aos 75 anos (Gn 12: 4).
  • 7 - Abrão chega a Canaã, é prometido a terra por Deus e constrói um altar em Betel (Gn 12: 5-9)
  • 8 - Abrão vai para o Egito durante uma fome em Canaã e mente sobre sua esposa Sara (Gn 12: 10-20)
  • 9 - Abrão retorna a Betel e novamente adora a Deus (Gn 13: 4).
  • 10. Abrão se separa de seu sobrinho Ló depois de uma discussão sobre a terra, pastos e direitos (Gn 13: 5-13).
  • 11. Deus novamente promete dar-lhe a terra de Canaã (Gn 13: 14-17).
  • 12. Abrão se muda para Hebron e constrói um altar para Deus (Gn 13:18).
  • 13. Abrão resgata seu sobrinho Ló (agora morando em Sodoma) que havia sido levado prisioneiro de um rei da Mesopotâmia chamado Quedorlaomer (Gn 14: 1-17).
  • 14. Abrão encontra, dá dízimos e é abençoado por Melquisedeque, rei de Salém (Gn 14: 18-24)
  • 15. A Abrão é prometido um filho e se tornar o pai de uma grande nação (Gênesis 15: 1-5).
  • 16. Abrão acredita em Deus e é declarado justo devido à sua fé (Gn 15: 6).
  • 17. Abrão faz um pacto de sangue com Deus (Gênesis 15: 7-11).
  • 18. Em um sonho, Deus revela a ele que seus descendentes serviriam em um
  • terra estrangeira por 400 anos, mas depois partem com grande substância (Gn 15: 12-17)
  • 19. Abrão agora recebe os limites da terra (Gênesis 15: 18-21).
  • 20. A conselho de sua esposa estéril Sarai, ele se casa com Hagar, sua serva com a esperança de que ele pudesse gerar um filho através dela (Gênesis 16: 1-3).
  • 21. Logo após a concepção, e após uma discussão, Hagar é enviado para o deserto por uma irada Sarai (Gn 16: 4-6).
  • 22. Hagar é ministrada pelo anjo do Senhor, prometeu um filho cujo nome seria chamado Ismael, e enviado de volta para Sarai (Gen. 16: 7-14).
  • 23. Hagar dá à luz Ismael quando Abrão tinha 86 anos (Gn 16: 15-16).


Eventos Durante os Últimos Anos de Abraão: De 86 a 175 (Gn 17-25)


  • 1  - Deus aparece a Abrão quando ele tinha 99 anos e muda seu nome para Abraão (Gn 17: 1-5).
  • 2 - Abrão novamente é prometido tanto semente como solo (Gn 17: 6-8).
  • 3 - Deus agora institui a cerimônia da circuncisão (Gn 17: 9-14).
  • 4 - O nome de Sarai é agora mudado para Sara (Gn 17: 15-16).
  • 5 - Deus promete abençoar Ismael e assegura a Abraão que Sara dê à luz um menino que se chamaria Isaac (Gn 17: 17-22).
  • 6 - Abraão circuncisa a si mesmo e todos os machos em seu acampamento (Gn 17: 23-27).
  • 7 - Abraão é visitado pelo Senhor e dois anjos, que novamente o tranquilizam. O nascimento de Isaque, agora para ocorrer em menos de um ano (Gn 18: 1-15).
  • 8 - Deus diz a ele que Sodoma logo seria destruída (Gn 18: 16-22).
  • 9 - Deus concede o pedido de Abraão para poupar a cidade se apenas dez pessoas justas poderia ser encontrado vivendo nele (Gn 18: 23-33).
  • 10. Abraão mais tarde vê a fumaça desta cidade ardente, destruída por Deus por sua imoralidade (Gn 19: 27-29).
  • 11. Ele se muda para a Filistia e, como já havia feito no Egito, encontra-se sobre sua esposa (Gn 20: 1-2).
  • 12. Mais tarde, ele ora e aceita presentes do rei filisteu (Gênesis 20: 3-18).
  • 13. Isaac nasceu quando Abraão tinha 100 anos de idade (Gn 21: 1-8).
  • 14. Ao comando de Deus, Abraão separa de Agar e Ismael (Gn 21: 9-21).
  • 15. Abrão entra em um acordo especial com um rei filisteu em Beer-Sheba (Gn 21: 22-34)
  • 16. Abrão oferece Isaque no Monte. Moriah ao comando de Deus (Gen. 22: 1-10).
  • 17. Abrão é ordenado a matar um carneiro no lugar de Isaque (Gn 22: 11-13).
  • 18. Abrão chama o nome daquele lugar Jeová-jire (Gênesis 22:14).
  • 19. O Convênio Abraâmico é agora reconfirmado (Gênesis 22: 15-19).
  • 20. Abrão aprende sobre o nascimento dos filhos de seu irmão Nahor, incluindo um filha chamada Rebeca (Gn 22: 20-24).
  • 21. Sarah morre aos 127 anos (Gn 23: 1-2).
  • 22. Abraão compra a caverna de Machpelah de um governante hitita para enterrá-la. (Gênesis 23: 3-20)
  • 23. Abraão envia seu servo para a Mesopotâmia para buscar uma noiva para Isaque (Gn 24: 1-67).
  • 24. Abraão casa com Quetura e pai seis filhos através dela (Gn 25: 1-6).
  • 25. Abrão morre aos 175 anos (Gn 25: 7-11).
Publicidade

Leia também:


UMA REFLEXÃO BÍBLICA SOBRE A VIDA DE ABRÃO


Seus nomes e títulos


Abrão é chamado de “amigo de Deus” (2 Crônicas 20: 7; Isaías 41: 8; Tiago 2:23).
Abrão é o reconhecido “pai da nação hebraica” (Sl 47: 9; 105: 6;
A morada dos crentes que partiram antes do Calvário foi batizada em sua homenagem, conhecido como "o seio de Abraão" (Lucas 16:22). A partir desta morada Abraão se levou em uma conversa com um homem rico que morreu não salvo (Lucas 16: 24-31)

  • 1 O homem, atormentado pelas chamas, pediu alívio a Abraão.
  • 2 Abraão disse a ele que isso não poderia ser feito.
  • 3 O homem então pediu a Abraão para enviar Lázaro (um pobre mendigo que tinha morrido salvo) de volta à terra que ele poderia testemunhar para os ricos cinco irmãos perdidos do homem.
  • 4 Novamente, Abraão recusou, apontando que eles tinham tido oportunidade de ouvir os profetas.
  • 5 Se seus irmãos não atendessem sua mensagem, eles não ouviriam mesmo se alguém fosse ressuscitado dos mortos.


II. Sua influência universal


Abrão foi referido por João Batista para repreender os incrédulos Fariseus e Saduceus (Mt 3: 7-9).

Abraão foi freqüentemente referido por Cristo.

  • 1 - Ao distinguir entre a semente física e espiritual de Abraão (Mateus 8: 11-12; Lucas 13: 28-29; João 8:39).
  • 2 - Para provar que Deus é o Deus dos vivos e não dos mortos (Mat. 22:32)
  • 3. Para se contrastar com Abraão - “ Jesus disse-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: antes que Abraão existisse, eu sou ” (João 8:58).
  • 4. Testificar que Abraão desfrutou das bênçãos do pré-encarnado Cristo - “Seu pai Abraão se alegrou em ver meu dia: e ele viu e ficou feliz ” (João 8:56).


Pedro mencionou Abraão em duas ocasiões durante seu sermão no Portão de Jerusalém chamado bonito.


  • 1 - “O Deus de Abraão e de Isaque e de Jacó, o Deus de nossa pais glorificaram o seu Filho Jesus; a quem vós entregastes, e negou-lhe na presença de Pilatos, quando ele estava determinado a deixa-o ir ” (Atos 3:13).
  • 2 - “Vós sois filhos dos profetas e do convênio que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão, e em tua semente todos os povos da terra serão abençoados ” (Atos 3:25).


Atos 7: 2, 8, 16-17, 32):
  • 1 - O Deus da glória apareceu a Abraão na Mesopotâmia.
  • 2 - Deus lhe deu o selo da circuncisão.
  • 3 - Abraão havia comprado a caverna de Machpelah como um cemitério.
  • 4 - Deus havia prometido a Abraão que ele um dia entregaria sua descendentes da escravidão egípcia.
  • 5 - Deus invocou o nome de Abraão durante seu chamado a Moisés.

Paulo mencionou Abraão.

1 - Durante seu primeiro sermão (Atos 13:26).
2 - Para ilustrar quatro grandes verdades

  • a. O significado e a necessidade de justificação (Romanos 4: 1-3, 11-12, 16; Gal. 3: 16-18)
  • b. A verdadeira identidade da semente espiritual de Abraão, ou seja, salvo Judeus e gentios, e não meramente judeus físicos (Rom. 4: 11-12, 16; Gal. 3: 6-9, 14, 29)
  • c. A soberania de Deus (Rom. 9: 6-9)
  • d. A sabedoria de Deus (Rm 11: 1)

O próprio Deus em três ocasiões lembrou várias pessoas que ele era Deus de Abraão.

  • 1 - Ele lembrou a Isaque (Gn 26:24).
  • 2 - Ele lembrou a Jacó (Gn 28:13).
  • 3 - Ele lembrou a Moisés (Êxodo 3: 6).
Resumo do que você precisa saber da História de Abrão na Bíblia.

Pelo menos 10 personagens se referiram a Abraão em suas orações ou advertências.

  • 1 - Jacó (Gn 32: 9-12)
  • 2 - Moisés (Êxodo 32:13)
  • 3 - Davi (1 Cron. 16:15)
  • 4 - Elias (1 Reis 18:36)
  • 5 - Josafá (2Cr 29: 7)
  • 6 - Ezequias (2 Crônicas 30: 6)
  • 7  - Os levitas no tempo de Neemias (Ne 9: 7)
  • 8 - Miquéias (Mic. 7:20)
  • 9 - Maria (1:55)
  • 10. Zacarias (Lucas 1:73)
Leia também:



III O Legado de Abraão é duradouro

.
Deus muitas vezes poupou Israel e libertou aquela nação por causa de sua aliança com Abraão. Isso ocorreu:

  • 1 - Nos dias do cativeiro egípcio (Êxodo 2:24)
  • 2 - Durante o Êxodo (Salmo 105: 42)
  • 3 - Durante o reinado do rei Jeoás (2 Reis 13: 22-25)

Pelo menos 18 eventos da vida de Abraão são mencionados no Novo Testamento:

  • 1 - Sua vida inicial na Mesopotâmia (Atos 7: 2)
  • 2 - Sua crença (Atos 7: 2; Romanos 4: 3; Gálatas 3: 6; Tiago 2:23)
  • 3 - Sua recepção da Aliança Abraâmica (Lucas 1:73; Atos 3:25; Hebr. 6: 13-14)
  • 4 - Seu chamado para Canaã (Hebreus 11: 8)
  • 5 - Sua permanência em Harã [Atos 7: 4]
  • 6 - Sua vida nômade em Canaã (Hebreus 11: 9)
  • 7 - Sua vitória sobre Chedorlaomer (Hb 7: 1)
  • 8 - Seu encontro com Melquisedeque (Hb 7: 1)
  • 9 - Sua fé (e de Sara) na promessa de Deus sobre o nascimento de Isaque (Romanos 4: 18-21; Hebreus 11:11)
  • 10. Sua circuncisão (Atos 7: 8; Romanos 4:11)
  • 11. Seu casamento com Agar e o nascimento de Ismael (Gálatas 4: 22-24)
  • 12. Seu encontro com Deus, pouco antes do nascimento de Isaque (Rm 9: 9)
  • 13. Sua circuncisão de Isaque (Atos 7: 8)
  • 14. Sua oferta de Isaque (Hb 11:17; Tiago 2:21)
  • 15. Sua crença de que, se necessário, Deus levantaria Isaque do morto (Hebreus 11:19)
  • 16. Sua esposa submissa, Sara (1 Pedro 3: 6)
  • 17. Sua compra de um sepulcro para Sara (Atos 7:16)
  • 18. Sua antecipação daquela cidade celestial (Hb 11:10) 


Lições importantes da vida de Abraão


  • 1 - A relação do crente com o mundo nunca é a mesma depois de sua conversão (Gn 12: 1-3)
  • 2 - Eu nunca vou depender do Egito (um tipo de mundo) em tempos de problemas (Gen. 12:10).
  • 3 - Mentir sempre aumenta, mas nunca diminui, nossos problemas (Gn 12:13).
  • 4 - Meu pecado pode afetar pessoas não-salvas (Gn 12:17; 20:18).
  • 5 - A justiça só é imputada pela fé (Gênesis 15: 6).
  • 6 - Nunca substitua o plano revelado de Deus por um dos seus (Gn 12: 2; 16: 2-3).
  • 7 - O tipo mais puro de fé é aceitar de Deus aquelas coisas terríveis que você não pode possivelmente entender (Gen. 22: 1-2, 15-18; Hebreus 11: 17-19).
  • 8 - Faça todos os esforços para ver que seus filhos se casem com os crentes (Gn 24: 1-4).


Resumo da Vida de Abraão


  • Pai: Tera (Gen. 11:26)
  • Cônjuges: Sara, Agar e Quetura (Gênesis 11:29; 16: 3; 25: 1)
  • Filhos: De Agar: Ismael (Gn 16: 15-16). De Sara: Isaque (Gn 21: 2-3). De
  • Quetura: Zinrã, Jocsã, Medã, Midiã, Isbata e Suá (Gn 25: 2)
  • Irmãos: Nahor e Haran (Gen. 11:26)
  • Irmãs: Meia irmã era Sara (Gn 20:12)
  • Primeira menção: Gen. 11:26
  • Menção final: 1 Pedro 3: 6
  • Significado de seu nome: "Pai de uma multidão"
  • Freqüência de seu nome: Referido a 307 vezes
  • Livros bíblicos que o mencionam: 27 livros (Gênesis, Êxodo, Levítico, Números,
  • Deuteronômio, Josué, 1 Reis, 2 Reis, 1 Crônicas, 2 Crônicas, Neemias,
  • Salmos, Isaías, Jeremias, Ezequiel, Miquéias, Mateus, Marcos, Lucas, João, Atos,
  • Romanos, 2 Coríntios, Gálatas, Hebreus, Tiago, 1 Pedro)
  • Ocupação: Patriarch
  • Local de nascimento: Ur dos Caldeus (Gn 11:31)
  • Lugar da morte: Perto de Hebron em Canaã (Gn 23:19; 25: 9)
  • Idade à morte: 175 (Gn 25: 7)
  • Fato importante sobre sua vida: Ele era o pai da nação hebraica e o último
  • modelo para a fé (Gênesis 12: 1-3; 1 Crônicas 1:34; 2: 1-2; Hebreus 11: 8-10).



Fonte:
Willmington, Harold, "What You Need to Know About The Life of Abraham" (2008). What You Need to Know About.... Paper 18. http://digitalcommons.liberty.edu/will_know/18

Publicidade

 

Missão: Visão missionária (marca da historia da igreja cristã) visa abordar temas como salvação, cristianismo, teologia e histórias bíblicas de uma forma geral, através da internet e redes sociais.

voltar