Publicidade

Sermão para Aniversário da Igreja: Como Cristo vê a Igreja?

 Sermão para Aniversário da Igreja: Como Cristo vê a Igreja?

Como Cristo vê a sua igreja hoje? O Novo testamento nos revela a visão de Cristo para igreja. O que Jesus espera de nós como igreja.

1. Como seu Rebanho

 Uma bela e terna imagem que descreve a relação dos crentes com o Senhor é encontrada em João 10:16, onde a igreja é chamada de rebanho (Atos 20:28; 1 ​​Pedro 5: 3). 

Israel tinha um relacionamento com o Senhor como ovelha para um pastor (Salmo 23) e era chamado de rebanho (Salmo 80: 1; Jer. 13:17), mas no AT essa figura era restrita a Israel. Mas, a singularidade da igreja ser um rebanho e Cristo, o Pastor, é que esse rebanho é agora para todos

 Jesus declarou: “Tenho outras ovelhas, que não são deste aprisco; Também devo trazê-los, e eles ouvirão a Minha voz; e eles se tornarão um rebanho com um pastor ”(João 10:16).

Esta imagem enfatiza que os membros da igreja como ovelhas de Cristo pertencem a ele. Jesus enfatiza que o rebanho são “ minhas ovelhas ” (João 10:26, 27) e que estão seguras em Suas mãos. 

Além disso, as ovelhas respondem à voz do pastor - há intimidade porque o pastor conhece suas ovelhas individualmente, e elas reconhecem sua voz e respondem a ele.

2. Como uma Noiva

A imagem da igreja como a noiva de Cristo é vista em Efésios 5:23, onde é feita uma analogia que compara o marido e a esposa em um relacionamento em casamento com Cristo e Sua noiva, a igreja. 

A ilustração revela a magnitude do amor de Cristo pela Igreja (Ef 5: 2; 25).

Como no costume oriental do casamento, no noivado (noivado) a noiva recebe a promessa de uma futura bênção com o marido. Da mesma forma, a era da igreja hoje é uma noiva desposada, aguardando a volta de seu marido. A segunda etapa do casamento propriamente dito, quando o marido vinha para levar a noiva para ficar com ele. Em uma figura análoga, a igreja aguarda a volta de Cristo, quando será desposada com seu marido (Jo 14: 1-3; 1 Ts 4: 16-17). 

3. Como Ramos

Em João 15, Jesus descreve o relacionamento íntimo que os crentes da era da igreja desfrutam com Ele como sendo um dos ramos relacionados a uma videira.

Jesus é a videira verdadeira (Jo 15: 1), enquanto o Pai é o lavrador que lavra a terra para que os ramos dêem fruto (Jo 15: 1).

Os crentes da era da igreja são os ramos que tiram sua vida da videira porque estão “Nele” (João 15: 4,5). 

Os ramos recebem seu alimento vital em seu apego à videira; enquanto permanecem na videira, podem crescer e dar frutos.

Dar frutas é ir e evangelizar. Ir e pregar

Igreja ide e pregai o evangelho

Sermão para Aniversário da Igreja: Como Cristo vê a Igreja?

👉  Confira também! 

Conclusão

A Igreja deve ter um relacionamento de união e comunhão dos crentes com Cristo.  A exortação de Cristo à igreja é "permanecer em mim". Neste contexto, significa permanecer ou continuar no reino em que se encontra.

Jesus demonstra a relação vital entre os membros da igreja e Cristo. Aqueles que continuam com Cristo darão frutos (João 15: 5).

Igreja é hora de evangelizar


 


Versões Bíblicas consultadas ou citadas: Almeida Revista e Atuzalizada ARA-SBB, Almeida Revista e Corrigida ARC-SBB, Bíblia Livre (BLIVRE), Tradução livre do Inglês e outras citadas no texto.



👉 Cursos Indicados:




Compartilhe nas Redes Sociais!
CompartilheCompartilhe Compartilhe

Autor
Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Boas Novas - FATEP.


0 comentários:
 

Pesquisar
Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

Didaske - Estudos Bíblicos OnLine

1 e 2 Reis 1 e 2 Crônicas 1 e 2 Pedro 1 e 2 Samuel 2 Timóteo Atos Daniel Eclesiastes Efésios Esdras Êxodo Filipenses Gênesis Hebreus Isaías Jeremias Jó João Jonas Josué Lucas Malaquias Mateus Números Provérbios Salmos Sofonias Zacarias