+ 100 Esboços de Sermões para Pregação

Relação de Esboços de Sermões e Temas para Pregação Esboço de Sermão: Ajuda na preparação, forçando a concentração, pois a pregação req...

5 Propósitos da Bíblia



5 Propósitos da Bíblia


O apóstolo Paulo disse a Timóteo que a Palavra de Deus é suficiente para equipar o crente para um serviço eficaz a seu Senhor e Salvador, Jesus Cristo. II Timóteo 3: 16-17

Os Propósitos da Bíblia - 


1. Para Fé - O principal objetivo da Bíblia é revelar aos homens Aquele em quem eles devem acreditar em Jesus Cristo. A Bíblia é a revelação de Deus ao homem para que o homem possa acreditar em Deus para a salvação pela fé em Jesus Cristo. João 20: 30-31 declara que Jesus fez “muitas outros sinais ”que não estão registrados nas Escrituras, mas a Palavra de Deus diz que“ estes estão escritos para que acredite que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus; e que, acreditando que você pode ter vida através de Seu nome."

2. Para o crescimento espiritual - Outro propósito importante da Bíblia é instruir os crentes para que eles possam crescerem espiritualmente (2 Timóteo 3: 16-17; 1 Pedro 2: 2). Quando crescemos como resultado de nosso estudo de Na Palavra de Deus, nos aproximamos do Senhor e entendemos melhor Seu amor e graça (1 Pedro 2: 1-3).O objetivo do estudo da Bíblia é que o crente se torne maduro e equipado para viver uma vida agradável para Deus quando ele se aproxima de Deus. (II Pedro 3:18).

3. Para Defesa - A Bíblia também serve como um componente importante da defesa do cristão.contra o pecado e a tentação. Ef 6:17. O objetivo dessa armadura é permitir que o crente efetivamente permanecer firme contra os "ardis do diabo", que são os esquemas e tentações que Satanás coloca em nosso caminho Ef 6:11. Ao prestar atenção à Palavra de Deus, podemos repelir os ataques de Satanás e resista à tentação de pecar Salmo 119: 9-11.

4. Para Orientação - O Salmo 119: 105 nos ensina que a Bíblia é uma “lâmpada aos meus pés, e uma luz para meu caminho.” Embora a Palavra de Deus possa não nos dar respostas específicas para todas as perguntas que pode ter, fornece-nos princípios pelos quais viver, servindo assim como nosso guia nono meio de um mundo sombrio e mau. O desejo de Deus pela vida cristã nunca viola os justos mandamentos que Ele deu por meio de Sua Palavra.
5 Propósitos da Bíblia

5. Para Purificação - A Bíblia é como um espelho, pois quando a lemos, podemos ver as áreas em que precisamos "limpar" nossas vidas (Tiago 1: 22-25). Quando olhamos para a Bíblia e avaliamos nossas vidas e fazemos mudanças de acordo, seremos purificados e abençoados como resultado.

Referências
https://onlineebc.org/bible.pdf

El Shaddai

El Shaddai



El Shaddai é usado pela primeira vez em Gn 17: 1.

 “ElShaddai "como" Deus Todo-Poderoso ".
Significado e Derivação: 
El é outro nome que é traduzido como "Deus" e pode ser usado em conjunto com outras palavras para designar vários aspectos do caráter de Deus. 

Outra palavra muito parecida com Shaddai, edo qual muitos acreditam que derivou, é shad, que significa "peito" em hebraico. Isso se refere a Deus nutrir completamente, satisfazer e suprir Seu povo com todas as suas necessidades como a mãe com a criança. 

Conectado com a palavra para Deus, El, isso denota um Deus que livremente dá nutrição e benção, Ele é o nosso sustentador. 

Outras referências do nome El Shaddai no Antigo Testamento: Gn 17: 1; Gn 28: 3; Gênesis 35:11; Gen43:14; Gn 48: 3.

E SHADDAI


Fonte:
http://peacecw.org/Sermons/archive/Names of God-EL SHADDAI.pdf

A unidade dos crentes agrada ao Senhor


A unidade dos crentes agrada ao Senhor


A vida cristã começa com nossos encontros pessoais com Deus quando somos salvos e fortalecidos pelo Espírito Santo. Contudo, a vida do Reino só pode se manifestar de uma maneira que afeta as pessoas ao nosso redor, trabalhando em unidade com outros crentes na Igreja

1. A unidade dos crentes atrai suas bênçãos.

Quão bom e quão maravilhoso és que os irmão vivam em união! 
É como um óleo precioso derramou sobre a cabeça, escorrendo sobre a barba de Aaron, sobre a gola do manto. 
É como se o orvalho de Hermon caía no monte Sião. Pois ali o Senhor ordena ou concede sua bênção, e até a vida para sempre. ” (Salmo 133: 1-3).
Ser unidade autentica nossa fé em Cristo e no Evangelho ao mundo (João 17: 20-24).

2. O poder de Deus é manifestado quando os crentes estão em união.

O pregador Salomão nos dá exemplos práticos da importância que outros dizem ,“Dois são melhores que um, porque têm um bom retorno (recompensa) pelo trabalho. Se eles caem, eles podem se ajudar. ” (Eclesiastes 4: 9-12).
Lucas nos diz que os crentes “oraram para que o local onde estavam reunidos fosse abalado e todos foram cheios do Espírito Santo e falaram a palavra de Deus com ousadia. ” (Atos 4:31) o que significa que todos precisamos da oração e do apoio um do outro.

A unidade dos crentes agrada ao Senhor

Conclusão

E esta é a confiança que temos em relação a ele, que se perguntarmos algo de acordo com sua vontade ele nos ouve ” (1 João 5:14). Portanto, como o apóstolo Paulo nos encoraja, façamos todos os esforços para manter a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. ” (Efésios 4: 3).

O que você tem feito pela unidade em sua igreja? Comente!

Pregação: Deus dos Céus e da Terra



Pregação: Deus dos Céus e da Terra

Salmo 139: 7-10; Jeremias 23: 23–25

Deus dos Céus

Deus transcende o poder e a compreensão humanos. As escrituras atestam que Deus governa do mais alto lugar.

  • O Senhor está entronizado nos céus (Sl 123: 1).
  • Deus é exaltado sobre todos os concorrentes, e Ele domina sobre toda a terra (Sl.
  • 97: 9).
  • O trono de Deus é alto e elevado (Is 6: 1).
  • A sala do trono de Deus está no céu (Ap 4: 1-2).

Os cristãos em todos os lugares e épocas podem confiar no conhecimento de que seu Deus está em
controle absoluto e está ativamente trabalhando em suas vidas.

Deus da Terra

O Deus que é exaltado no alto (transcendente) também está presente com Seu povo. As Escrituras afirmam o compromisso de Deus com Sua criação e Seu povo.

  • Deus acompanha Seu povo no vale da sombra da morte (Sl.23: 4).
  • Deus está presente na terra e no céu (Dt 4:39).
  • Deus habita tanto nos altos como nos humildes e humildes (Isa.57:15).
  • Deus estará com Seus filhos até o fim dos tempos (Mateus 28:20), nunca deixando ou abandonando-os (Hb 13: 5).
Pregação: Deus dos Céus e da Terra Salmo 139: 7-10; Jeremias 23: 23–25


Conclusão

Deus está conosco no meio de provações e adversidades comprometido com o seu povo visto que somente Deus é onipresente, Aqueles que se opõem a Deus nunca podem fugir dEle e aqueles que experimentam a graça comum de Deus e aceitam a Cristo herdarão o Reino dos Céus.

Sermão: A Fé perfeita em Deus é...

Sermão: A Fé perfeita em Deus é...


A Palavra de Deus ressalta que sem Fé é impossível agradar a Deus. Deus está disponível para todos e Não há preferência especial  Ele fez provisão igual para todos (Romanos 10:12).

A Fé perfeita em Deus é colocar a palavra de Deus para trabalhar, crendo. 
Deus não é homem, ele diz o que Ele quer dizer e Ele quer dizer o que Ele diz. Todo milagre é facilitado pela fé.

A Fé perfeita em Deus é é conhecer a vontade de Deus contida em Sua palavra e seguir Seu caminho,para realizar o mesmo (Hebreus 11: 7). Obedecer a Deus para provar que você acredita nEle para Ele para cumprir a Sua palavra. 

A Fé perfeita em Deus é compartilhar responsabilidade com Deus à luz das escrituras (João 21: 5-6). Se você está sendo atormentado em qualquer área da sua vida, tudo o que você precisa fazer é construir sua fé para corresponder aos resultados que você deseja entregar. Não há futuro para um homem ocioso, mesmo no cristianismo (Provérbios 22:29; 2 Timóteo 2:15). Vocês devem assumir a responsabilidade pelo resultado de sua vida. Devemos parar promovendo uma cultura de preguiça. Parceria ativa com Deus é o que entrega resultados.

A Fé perfeita em Deus é baseada no coração - é uma fé além do intelecto. A fé é do coração e isso o torna inabalável pelo que ameaça os outros,(Marcos 11:23; Romanos 10:10). A fé não é um sistema de faz de conta, é envolver a capacidade divina de entregar a vontade de Deus na terra. As leis da natureza podem ser suspensas pelo poder da fé. É preciso fé para ser um vencedor e fé é do coração. O efeito final da fé é dar você descansa (Hebreus 4: 9-12).

A Fé perfeita em Deus é o seu acesso ao fluxo de virtude que aprimora seu retorno geral. A fé explora o poder de Deus para libertar seu retorno desejado (Lucas 8: 40-48).

A Fé perfeita em Deus Estabelece a paz e serenidade. Pela fé, você vive uma vida livre de crises. A fé acalma as tempestades da vida (Mateus 8: 23-27). A fé produz progresso contínuo (Provérbios 4:18).

A Fé perfeita em Deus expulsa demônios. A maioria dos desafios da vida tem raízes demoníacas e A fé bíblica desloca o diabo e seus demônios de assediar nossas vidas,(Salmo 18:25). 
Sermão: A Fé perfeita em Deus é...

Conclusão

Para desenvolver sua fé exerça-a. Fé é trabalho; trabalhando as escrituras para criar seu futuro (Romanos 10:17; Habacuque 2: 4). Tudo é gerado pela fé. Há uma fonte de fé para você em Deus.

Relate nos comentários um testemunho de Fé para edificar os leitores

15 Versículos sobre a Soberania de Deus



15 Versículos sobre a Soberania de Deus


  1. Existindo eternamente (Efésios 1: 4), 
  2. o Criador (Gênesis 1: 1), 
  3. conhecível (Jeremias 9:24), 
  4. independente (Atos 17: 24-25), imutável
  5. (Malaquias 3: 6), 
  6. onipresente (Salmo 139: 7-10), 
  7. onisciente (1 João 3:20), 
  8. onisciente (Romanos 16:27), 
  9. tudo bom (Lucas 18:19), 
  10. todo amoroso (1 João 4: 8), 
  11. onipotente (Gênesis 18:14, Mateus 19:26) e 
  12. soberano (Efésios 1:11).
  13. Deus "que dá vida aos mortos e dá vida às coisas que não existem". (Romanos 4:17) 
  14. E o SENHOR disse a Jó: [2] “Um descobridor de falhas contenderá com o Todo-Poderoso? (Jó 40: 1-5) 
  15. Porque dele e através dele e para ele são todas as coisas. (Romanos 11:36) 

15 Versículos sobre a Soberania de Deus

4 Exemplos de demonstração da Fé (11: 4-40)


4 Exemplos de demonstração da Fé (11: 4-40)


1. Abel - 

Adoração pela fé (v. 4). A história de fundo está em Gênesis 4: 1–10. Abel era um homem justo por causa da fé (Mt 23:35). Deus havia revelado a Adão e seus descendentes o verdadeiro caminho de adoração, e Abel obedeceu a Deus pela fé. De fato, sua obediência custou sua vida. Caim não era filho de Deus (1 João 3: 10–12) porque ele não tinha fé. Ele era religioso, mas não justo. Abel fala conosco hoje como o primeiro mártir da fé.

2. Enoque - 

Andar pela fé (vv. 5-6). Nossa fé em Deus cresce à medida que temos comunhão com Deus. Nós devemos tenha o desejo de agradá-lo e a diligência em procurá-lo. Oração, meditando na Palavra, adoração, disciplina - tudo isso nos ajuda em nossa caminhada com Deus. Enoque andou com Deus no mundo perverso, antes do dilúvio; ele foi capaz de manter sua vida pura. Enoque foi levado ao céu um dia ("traduzido" = "Transportado") e não viu mais. Abel morreu violentamente, mas Enoque nunca morreu. Deus tem um diferente planejar para cada um que confia nEle. Alguns vêem na tradução de Enoque uma imagem do arrebatamento do igreja quando Jesus Cristo retornar (1 Tes. 4: 13–18).

3. Noé - 

Fé trabalhando (v. 7). A fé de Noé envolveu toda a pessoa: sua mente foi avisada de Deus; seu coração se comoveu de medo; e sua vontade agiu de acordo com o que Deus lhe disse. Desde que ninguém naquele tempo tinha jamais viu uma inundação (ou talvez até uma tempestade), as ações de Noé devem ter gerado um grande interesse e provavelmente sendo ridículo para outros. A fé de Noé influenciou toda a sua família e eles foram salvos. Isso também condenou o mundo inteiro, pois sua fé revelou sua incredulidade. Os eventos provaram que Noé estava certo! Jesus usou essa experiência para advertir as pessoas a estarem prontas para o Seu retorno (Mateus 24: 36–42). Nos dias de Noé, o povo estavam envolvidos em atividades cotidianas inocentes e ignoraram completamente o testemunho de Noé (2 Pedro 2: 5).
4 Exemplos de demonstração da Fé (11: 4-40)

4. José - 

Depois da maneira como sua família o tratava, você pensaria que ele teria abandonado sua fé, mas, em vez disso, ficou mais forte. Mesmo a influência ímpia do Egito não enfraquecer sua confiança em Deus. Joseph não usou sua família, seu trabalho ou suas circunstâncias como desculpa para a descrença.José sabia no que acreditava - que Deus um dia libertaria seu povo do Egito (Gênesis 50: 24–26).José também sabia onde ele pertencia - em Canaã, não no Egito, por isso os fez prometer levar sua permanece fora do Egito no êxodo. Eles fizeram (veja Ex. 13:19 e Jos. 24:32)


Publicidade
 
Política de Cookies | Política de Privacidade

Missão: Visão missionária (marca da historia da igreja cristã) visa abordar temas como salvação, cristianismo, teologia e histórias bíblicas de uma forma geral, através da internet e redes sociais.

voltar