Publicidade

+1000 Temas para Pregações Prontas Edificantes e Fortes

Temas com Pregações Prontas sobre Diversos Assuntos

Pregações, Títulos, temas e ideias para denominar a pregação, a palavra no culto ou a pregação em um evento. Você poderá utilizar para grupo de oração, culto de jovens, culto de senhoras, de domingo, avivamento, libertação e outros. Pregações evangélicas - temas atuais. Encontre aqui um bom tema para pregar.

Publicidade

👉 Temas de Pregações Prontas por Cultos Específicos. Clique e Confira!

Publicidade

Pregações Diversas

Top Sermões em Lista

  1. 5 Razões pelas quais nosso Deus é Grande
  2. 10 Perigos que Você está Correndo 2 Pedro 2:12-19
  3. 5 emocionantes exemplos de salvação 
  4. 7 Características de uma Igreja Evangelística.
  5. 5 coisas que levam a destruição espiritual Jeremias 6:10-16
  6. 3 Coisas que Você Deve Fazer Diariamente na Vida Cristã
  7. 5 Maneiras de ser Sábio na Vida Cristã
  8. 10 Coisas que Cristo Representa para Nós
  9. 7 Mentiras Cabulosas na Bíblia
  10. 7 Coisas que a Bíblia deve Representar para o Cristão
  11. 7 Coisas que todas as Igrejas Devem Ter
  12. 5 Atitudes em Relação a Verdade que Você Precisa Tomar
  13.  7 Exemplos da Severidade de Deus na Bíblia
  14. 3 Exemplos de Grandeza
  15. 7 Características da Igreja do Primeiro Século: Um Modelo para Hoje
  16. Seis Coisas que Deus faz com Adão e Eva após a queda
  17. 5 Razões para Agradecer
  18. 7 Coisas que Cristo Significa para Nós
  19. 7 Coisas que Não Podem Faltar na Vida do Crente
  20. 7 coisas que Deus nos deu
  21. 7 coisas que você não pode ignorar
  22. 5 coisas que a Bíblia nos revela
  23. 4 maneiras de enfrentar os nossos inimigos
  24. 10 Formas erradas de pensar sobre Deus
  25. Seis características de um Cristão Genuíno
  26. 13 Características de um Cristão Comprometido
  27. 10 Atitudes de Pessoas Generosas na Bíblia
  28.  7 Exemplos que Você Não Pode Seguir
  29. 7 Lugares para compartilhar o evangelho
  30. 5 Manifestações da Humanidade de Jesus
  31.  4 Estratégias de Satanás para enganar a humanidade
  32. 5 manifestações do Espírito Santo no Ministério de Cristo
  33. 7 Dicas de como Melhorar a Comunicação Provérbios 15:1-7
  34. 3 Segredos do Sucesso Espiritual de Esdras (Esdras 7:10)
  35. 40 Passagens Bíblicas que revelam Quem Foi Jesus.

👉 Especial Carnaval

    Publicidade

Ideias de Pregação

  1. Ame a Deus e todas as pessoas. Mateus 22: 37-39 
  2. Respondemos ao amor de Deus por nós, amando a Deus e uns aos outros.    (1 João 4: 7)
  3. A Bíblia nos diz como Deus deseja que vivamos.(2 Timóteo 3: 16-17)
  4. Ore a Deus continuamente. Filipenses 4: 6  
  5. Deus quer ter uma conversa constante conosco. (1 Tessalonicenses 5:17) 
  6. Fale com Deus sobre suas alegrias e preocupações. (Efésios 6:18)
  7. A presença de Jesus é especialmente evidente quando os crentes estão juntos. (Mateus 18:20)
  8. Conte a outros as boas novas sobre Jesus.1 Pedro 3:15  

Sugestões de Versículos de temas de pregação
  1. Crescendo em Semelhança com Cristo Efésios 4: 13b, 15b Colossenses 1:28 II Coríntios 3:18
  2. Desejo de nutrição espiritual 2 Coríntios 5:17 1 Pedro 2: 2 Jó 23:12
  3. Consuma a Palavra Salmo 119: 103 Jeremias 15:16
  4. A importância da comunhão com Deus I Tessalonicenses 5:17 João 15: 4-5 (Filipenses 3:10)
  5. Advertências contra negligência ao crescimento 1 Coríntios 3: 1-3 Gálatas 3: 3
  6. Venha ousadamente ao trono da graça. Hebreus 4:16
  7. Se Deus é por nós, quem será contra nós? Romanos 8:31
  8. Deixe a paz de Deus governar em seus corações. Colossenses 3:15
  9. Encontrareis descanso das vossas almas. Jeremias 6:16
  10. Tua palavra escondi no meu coração. Salmos 119: 11

Sugestões de aplicação e assuntos dos temas para pregação:

    - Estudos e pregações 
    Maneiras de como fazer uma boa pregação da Palavra
    Ideal a pregação estudo bíblico 
    - Sugeridas com estudos e pregações bíblicas 
    - Inspirar uma boa pregação 
    - Orientação de pregação cristã  
    - Enriquecer pregações bibicas 
    - Pregação fé
    - Modelo de pregação 
    - Fundamentos de pregação da bíblia sagrada 
    - Fontes de pregações diversas 
    - Pregação da Palavra
    - Escola Bíblica Dominical
    - Pregação o poder da oração na sua vida
    - Pregação intimidade com Deus
    -  Escolha um tema bíblico como temas de pregação
    - Tenha o hábito de ouvir pregação
    - Prepare pregações curtos e impactantes
    - Pregação forte pentecostal


    Sugestões de Títulos e Temas de Pregação

    1. O arrependimento envolve a admissão do pecado.2 Crônicas 7: 12-14; 1 João 1: 9; Mateus 3: 6-8 
    2. O arrependimento requer ação. Gálatas 2:20; Salmo 51; Atos 9: 2-22 
    3. A escuridão representa nosso pecado. (João 3:19) 
    4. O pecado é uma violação intencional da lei de Deus. (Romanos 8: 5-8) 
    5. Nosso pecado nos separa de Deus. (Isaías 59: 2)
    6. É sábio ganhar almas (Prov. 11:30 OT)
    7. É um motivo de alegria no céu ganhar almas(Lucas 15:20)
    8. O novo nascimento é uma nova criação (2 Coríntios 5:17).

    O que é uma Pregação Evangélica? 

    Uma Pregação evangélica é um discurso religioso que trata da interpretação da Bíblia. Destina-se a comunicar a verdade de Deus aos ouvintes, geralmente é baseada na Palavra de Deus.  A pregação bíblica é um ato espiritual. 

    Qual é a importância de uma Pregação Evangélica? 

    A importância é a Salvação de Almas. A primeira coisa que uma pregação evangélica deve abordar é a própria palavra de Deus. Em Atos 2, a mensagem da Bíblia sobre Jesus Cristo foi pregada aos judeus em Jerusalém  de Pedro e 3 mil pessoas se converteram!  Isso mostra que a pregação bíblica pode ser moralmente desafiadora às vezes

    Alguns ouvintes podem resistir ou rejeitar esta mensagem porque acreditam que ela contradiz seu comportamento. No entanto, isso não significa que toda pregação seja encerrada. Devemos cumprir nossa missão de pregar. Quando as pessoas virtuosas interpretam as palavras de Jesus corretamente, elas podem entregar uma mensagem sólida que aponta as pessoas para o céu.

    A principal virtude da pregação evangélica é a verdade, ou Seja, o evangelho de Cristo. os ouvintes devem crer sobre Deus e na |Salvação. Um sistema ético baseado nos ensinamentos cristãos define o comportamento virtuoso para com os outros e consigo mesmo. O comportamento virtuoso acontece quando internalizamos os ensinamentos cristãos em nossas vidas e agimos de acordo com eles. Buscar ativamente o crescimento espiritual através da oração e da leitura da Bíblia o ajudará a manter seu comportamento virtuoso em relação aos outros e ao próprio Deus! Você pode então ensinar, através da pregação, aos outros o que você aprendeu para que eles também possam se aproximar de Deus.

    A Importância das Pregações evangélicas Hoje


    Pode-se ouvir várias pregações sobre o pecado ao longo da vida. Uma mensagem popular se concentra em como o pecado afeta os relacionamentos dos indivíduos com Deus e outras pessoas. As pessoas se convertem quando acreditam que são incapazes de agradar seu criador ou viver de acordo com seus próprios padrões morais e decidem por aceitar a Cristo.

    Uma pregação evangélica comum relata como Jesus sofreu coisas terríveis nas mãos de seus semelhantes antes de finalmente morrer na cruz pelos pecados que eles mesmos cometeram. Esta mensagem nos encoraja a não negligenciar a mensagem da Cruz, porque isso afetará negativamente nossos relacionamentos com Deus implicando na salvação. As pessoas que sabem que são amadas por Deus vão procurá-lo quando se sentirem perturbadas ou sozinhas, porque Deus é Amor.

    Ao ouvir as pregações evangélicas muitos internalizaram boas lições de moral aplicáveis ​​à sua vida diária ao longo dos anos.  Embora alguns frequentadores possam ver certas mensagens pregadas hoje como diferentes em comparação com as do passado, as igrejas devem crescer juntas com base no que Cristo deseja para todos hoje (por exemplo, Atos 2:42; 4:4; 20:32) . 

    As pregações evangélicas ensinaram ao longo da história sobre como o pecado afeta nossas vidas, a menos que nos arrependamos e busquemos a Deus – se eles mesmos aplicam essas lições às suas circunstâncias atuais ou não. Várias pregações edificaram os irmãos. 

    A pregação Evangélica para preletor

    As Pregações Evangélicas plantam sementes do Evangelho, pré-evangelismo é cultivar o solo de sua mente e coração, preparando- os  pelo menos estarem dispostos a ouvir a Verdade.  (Marcos 2:22, 4: 8).

    Evangelizar e promover a pregação evangelica é contrariar a cultura do “eu” de nossos dias. Assim, a pregação evangelica significa honrar a Cristo e alcançar os “outros” em nossa vida. 

    Os temas para pregações evangelicas abordados visam auxiliar o ministério do evangelista nessa jornada, ajudar a formação de pregações bíblicas Edificantes.

    Três características essenciais que devem seguramente caracterizar a pregação evangélica em todas as gerações. Nossa pregação deve ser fundamentada na Escritura, centrada em Cristo e fortalecida pelo Espírito. As Escrituras, o Salvador e o Espírito – aqui temos um "cordão tríplice" que não pode ser quebrado. Sublinhando a importância da Bíblia para pregação contemporânea não estamos simplesmente sendo 'tradicionais'. Nós fundamentamos nossas pregações nas Escrituras porque encontramos Cristo nas Escrituras (Lc 24,27; Jo 5,40; 2 Tim.3:15). Não baseamos nossa pregação nas Escrituras simplesmente porque desejamos ser "biblistas". Pregamos a partir das Escrituras porque o Espírito nos aponta para o Filho através das Escrituras (Lc.24:2; Rm 10:17). Este "cordão tríplice", as Escrituras, o Salvador e o Espírito, devem ser preservadas para que a pregação contemporânea seja verdadeiramente evangélica.

    Pregação é a pregação que se concentra em Cristo, pregação que é fortalecida pelo Espírito, pregação que clama por uma fé que se enraíza profundamente no coração.

    A partir do I Cor 1,1-2,7 podemos chegar a alguns pontos salientes sobre o pregador e sua pregação:

    a. Faz parte da nossa vocação sacerdotal (ICor 1,1.17)
    b. A pregação é tão importante quanto a divulgação dos sacramentos (ICor 1,17)
    c. O pregador prega eficazmente com o poder de Deus (ICor 1,18; ITim 4,11-13;
    2Tm 4,2). Tempo para pregar não é tempo para louvor, canto e arrecadação de fundos.
    d. Um pregador não confia no poder e na sabedoria humana

    Assim, uma pregação é caracteristicamente, querigmática, na medida em que suscita fé porque é uma
    anúncio de Cristo ou do seu reino com o objetivo de evocar um assentimento na fé. Envolve a proclamação do evento salvífico da vida, morte e ressurreição de Jesus com um chamado à conversão (cf. a pregação de Pedro em At 2,14-38). A Bíblia diz que aqueles os que receberam sua palavra foram batizados. A palavra é para criar raízes nas almas e provocar conversão ou mudança de coração, uma metanóia diferenciada de metamellomai. O fruto da palavra continua mesmo depois da pregação (Atos
    2,42). A necessidade de continuidade na vida cristã exige a segunda fase da obra de pregação, a saber, didsaskalia (ensino).

    A pregação é doutrinária. Na instrução doutrinária, o crente é ainda mais instruído na fé, introduzida em outros sacramentos e trazida à maturidade cristã. 1Tim 1,10 chama isso instrução, 'sã doutrina' ou 'boa doutrina' em 1Tm 4,6. É uma doutrina segundo o evangelho (1Tm 1,11). Em razão do conteúdo e do compromisso contínuo que evoca, a doutrina compartilha da força da Palavra de Deus. Ainda faz parte da pregação da palavra de Deus, um chamado eficaz para compromisso e comunhão mais profunda na fé com o divino. Tanto o querigma quanto o didache são "o palavra da verdade" (2Cor 6,7), "palavra da fé" (Rm 10,8), "palavra da graça" (At 20,32), "palavra da fé" da vida' (Fl 2,16). Ambos são a palavra de Cristo (Cl 3,16). A pregação deve ser homilética.

    TENDÊNCIAS CONTEMPORÂNEAS NA PREGAÇÃO

    1. Popularidade da pregação "indutiva" em comparação com a tradicional "dedutiva" Pregação
    2. Aumento do uso de "narrativa" e "história" como método; aumento dos juros em "monólogo dramático"
    3. Ênfase renovada na pregação "expositiva"
    4. Adaptação ao fato de que muitos são biblicamente analfabetos (menos teológicos, "Profundidade doutrinária e histórica")
    5. Aumento do uso de imagens visuais e imagens de palavras
    6. Maior aceitação da pregação "confessional"
    7. Aumento do uso de ferramentas de outros campos (hermenêutica, análise literária, método científico)
    8. Maior ênfase nas estratégias e elementos "humanos" na pregação; ou seja, sobre o que Os pregadores podem fazer para moldar e proferir pregações de forma mais eficaz
    9. Ênfase nas questões "práticas" da vida em detrimento das "teóricas".
    10. Maior consciência social e política
    11. Maior uso e aceitação do humor
    12. Amplo uso do lecionário como ferramenta de pregação

    A pregação é a arte de comunicar a palavra de Deus para encorajar, exortar e corrigir (2Timóteo 4:2). É geralmente baseado nas Escrituras, embora em alguns casos sua base possa estar oculta(por exemplo, Atos 17:22-29). O objetivo final da pregação é unir-se a Jesus em seu ministério de trazer as pessoas para compartilhar a comunhão do Pai, do Filho e do Espírito. Como parte desse objetivo, a pregação deve ajudar as pessoas a ter fé em Cristo e a serem transformadas pela renovação de suas mentes (Rm 12:2). Deve apresentar o evangelho do que Cristo fez por nós, e como Ele quer que façamos e responda à sua graça. Deve ajudá-los a receber informações e exortações bíblicas, e implementá-las em suas vidas. Deveria atender às suas necessidades espirituais, incluindo aquelas que eles não tinham e sabem que tinham.

    A pregação não é uma forma de entretenimento, embora às vezes possa ser divertida como uma significa para o seu fim primordial. Não deve ser chato, pois isso atrapalharia seu propósito. Pode abordar questões contemporâneas, mas a pregação também deve abordar questões que a sociedade contemporânea  tende a negligenciar. Há duas maneiras principais de deixar que as Escrituras sejam a base para os tópicos de nossa pregação: Ou para seguir o ciclo lecionário, ou para pregar sistematicamente através de livros bíblicos.  

    Características de uma boa pregação evangélica


    Uma boa pregação possui várias características que a tornam eficaz e impactante para o público. Aqui estão algumas características importantes:
        1. Fundamentada na Palavra de Deus: Uma boa pregação é baseada na Bíblia como a autoridade final e fonte de ensinamento. Ela apresenta e explora fielmente os princípios e as verdades bíblicas relevantes para a vida e a fé dos ouvintes.
        2. Relevante e contextualizada: Uma pregação eficaz conecta a mensagem bíblica com a vida cotidiana das pessoas. Ela leva em consideração o contexto cultural, social e emocional dos ouvintes, tornando-se aplicável e significativa para suas realidades.
        3. Clareza e coerência: A mensagem deve ser comunicada de forma clara, concisa e compreensível. O pregador deve articular as ideias de maneira lógica e organizada, garantindo uma progressão natural e uma estrutura coesa.
        4. Apresentação envolvente: Uma pregação impactante envolve e cativa a atenção dos ouvintes. O pregador pode utilizar recursos como histórias, ilustrações, exemplos práticos e elementos visuais para tornar a mensagem mais interessante, relevante e memorável.
        5. Aplicação prática: Uma boa pregação não se limita apenas à teoria, mas busca fornecer orientações práticas sobre como os princípios bíblicos podem ser aplicados na vida diária. Ela desafia os ouvintes a agir e a buscar a transformação pessoal com base no que foi ensinado.
        6. Inspiração e encorajamento: A pregação deve ter o poder de inspirar e encorajar os ouvintes. Ela deve transmitir esperança, graça e amor, levando as pessoas a experimentarem a presença de Deus e a buscar uma maior intimidade com Ele.
        7. Foco em Jesus Cristo: Uma boa pregação coloca Jesus Cristo no centro. Ela revela e exalta a pessoa e a obra de Jesus, destacando Sua graça redentora, sacrifício na cruz e poder transformador. O pregador direciona os ouvintes para a salvação e a vida em Cristo.
    Essas são algumas das características essenciais de uma boa pregação. No entanto, é importante lembrar que diferentes pregadores podem ter estilos e abordagens diferentes, desde que esses princípios fundamentais sejam respeitados e aplicados.
    +1000 Temas para Pregações Evangélicas

    Aqui você encontra:

    • temas: pregação em grupo de oração
    • temas: pregações evangélica
    • temas: pregação pentecostal
    • temas: pregações curtas
    • temas: primeira pregação
    • temas: propósito de oração
    • temas: festividade de irmãs
    • temas: grupo de homens
    • temas interessantes
    • temas impactantes

    Temas para Pregações. Pregações Evangélicas, Gospel, Pentecostais, Expositivas, Motivacionais, Rápidas, avivadas,  temáticas, reformadas, diferentes, todos tipos de cultos. Pregação para Culto Campal. Culto de Celebração. Pregação para quarta-feira.

    Os temas de pregação para Igreja são gratuitos.




    👉 5 Livros sugeridos para leitura. Clique e Adquira!


    Compartilhe nas Redes Sociais!
    CompartilheCompartilhe Compartilhe


    Autor: Ronaldo G. Silva é Bacharel em Teologia e Professor de Homilética sendo Pós-Graduado em Educação pela UFF. Entusiasta do trabalho de evangelização e divulgação da Palavra de Deus.
     

    Sobre | Termos de Uso | Política de Cookies | Política de Privacidade

    Um Site para o Líder, Pregador, EBD, Seminário, Estudo Bíblico, Sermão, Palavra Introdutória, Saudação, Mensagem e Assuntos Bíblicos para pregar a Palavra de Deus. Versões utilizadas Almeida: ACF, ARA ou ARC (SBB) e Bíblia Livre (BLIVRE)